22 de abril de 2019, 23h10

Meia dúzia e mais por somar

Futebol

A fundo e sempre objetivo nas manobras em campo, o Benfica bateu o Marítimo na 30.ª jornada da Liga NOS, prova que comanda com 75 pontos averbados e 87 golos marcados. Faltam quatro finais!

Indomável, focado na baliza e nos ataques bem elaborados e variados, o Benfica venceu o Marítimo por 6-0 na 30.ª jornada da Liga NOS e prossegue na liderança (75 pontos). Melhor ataque da prova, a equipa já tem 87 golos marcados, 56 dos quais (64,4%) sob a liderança técnica de Bruno Lage (15 jogos, com 14 vitórias e um empate). Faltam quatro finais para o grande objetivo!

RESUMO DO JOGO

Com os sentidos orientados para a baliza do Marítimo, a equipa do Benfica procurou as redes guardadas por Charles na primeira oportunidade, com Samaris a disparar de fora da área e a bola a espirrar num defensor. Do canto conquistado nasceria o primeiro momento de festejo coletivo no Estádio da Luz.

[GOLO: 1-0] Num lance pensado ao pormenor e superiormente interpretado pelos jogadores, Pizzi, do lado direito, cobrou o canto com um passe rasteiro para a zona central da área, ao jeito da movimentação e do remate de João Félix, que arrancara estrategicamente de uma posição no exterior da grande área. Pizzi assinava a 17.ª assistência no Campeonato e João Félix apontava o seu 12.º golo nesta edição da prova.

Dominando e controlando o jogo, o Benfica fechou a etapa inicial com 64 por cento de posse de bola e 12 remates efetuados (contra apenas um do Marítimo). Seferovic, aos 14' e aos 34', soltou-se na área, correspondendo a passes de Grimaldo e João Félix, mas não conseguiu acertar em cheio na baliza. Samaris (16'), Pizzi (20' e 41') e Cervi (24') também arriscaram remates, mas as tentativas foram sustidas pela muralha insular e pelo seu guarda-redes.

Mantendo a qualidade de jogo, com uma circulação de bola objetiva e incisiva, o Benfica apontou o 2-0 ao quarto minuto do segundo tempo.

[GOLO: 2-0] Após um canto, a bola ficou ao dispor de André Almeida, que estava descaído para a esquerda. O lateral cruzou, o esférico pingou no lado direito da área, Pizzi recebeu e disparou para as malhas (49'), faturando o seu 10.º golo no Campeonato.

Muito forte com e sem bola, o Benfica criou rapidamente três oportunidades para dilatar a diferença, com Seferovic (58'), João Félix (59') e Pizzi (60') no último toque.

[GOLO: 3-0] Aos 64', André Almeida conquistou espaço no lado direito do ataque e cruzou para o desvio certeiro de João Félix ao primeiro poste. O lateral assinava a 10.ª assistência na Liga NOS e o avançado apontava o seu 13.º golo neste Campeonato, subindo à segunda posição dos melhores marcadores da equipa, apenas superado por Seferovic, o homem-golo da prova (19).

Com tração à frente, variando o seu futebol e perfurando na área contrária, o Benfica avançou no resultado.

[GOLO: 4-0] João Félix, agora no papel de assistente, fez um passe de morte para Cervi, que, na área perante Charles, não facilitou, picando a bola com classe sobre o guarda-redes (71'). Félix fez a sétima assistência na Liga NOS e Cervi alcançou o seu terceiro golo na prova.

Já com Jonas no lugar de João Félix (substituição operada aos 71') e Taarabt também em campo (saiu Rúben Dias aos 78', recuando Samaris para central). Pizzi também seria rendido (por Salvio, aos 80'), em mais um momento de gestão da equipa idealizado por Bruno Lage.

[GOLO: 5-0] Cervi, expedito a atacar uma bola que a defensiva insular não conseguiu tirar da grande área, usou o pé esquerdo para rematar cruzado e fortalecer a goleada das águias (88'). O camisola 11 aumentou para quatro golos o pecúlio pessoal no Campeonato.

Insaciáveis, explorando com competência os três corredores e desequilibrando com variações rápidas, os encarnados cavaram uma diferença ainda maior.

[GOLO: 6-0] Grimaldo, aos 90', deslizou na esquerda para cruzar a preceito para o golpe de cabeça de Salvio no centro da área. O lateral canhoto fez a sua nona assistência, enquanto o extremo marcou o segundo golo neste Campeonato.

Texto: João Sanches

Fotos: Isabel Cutileiro e João Paulo Trindade / SL Benfica

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar