25 de maio de 2019, 12h42

Goleada no clássico cimenta liderança

Futebol

Os Juvenis do Benfica triunfaram no terreno do FC Porto.

A equipa de Juvenis do Benfica foi ao Olival derrotar o FC Porto por 0-3, em jogo da 5.ª jornada da 3.ª fase de apuramento de campeão do Campeonato Nacional da categoria. Recorde-se que a prova esteve parada desde 20 de abril devido ao Europeu de Sub-17.

RESUMO DO JOGO

Entrada forte e personalizada do Benfica no Olival, com várias oportunidades de golo e as linhas subidas no terreno de jogo nos 15 minutos iniciais. Da ameaça ao golo foi um instante. Aos 16’, após saída rápida pela esquerda, Gerson Sousa trabalhou bem à entrada da área e rematou de forma imparável para o 0-1.

Quando o FC Porto se tentava recompor, aos 23’, o guarda-redes Ivan Cardoso foi expulso ao defender com mãos fora da área um lance gizado por Henrique Araújo, que estava isolado e pronto para fazer o 0-2. Mesmo a vencer, as águias continuavam a carregar e aos 29’, após boa jogada de envolvimento na área, Diogo Nascimento rematou perto da baliza portista.

O Benfica continuava a ameaçar o 0-2 e aos 38’, após passe açucarado de Diogo Nascimento, Gerson Sousa fez um chapéu demasiado alto. Ao intervalo, 0-1 para os encarnados.

O FC Porto veio mais concentrado e pressionante dos balneários, mas foi o Benfica que fez o 0-2 aos 49’. Jogada de envolvimento da direita, Jeremy Sarmiento cruzou atrasado e Diogo Nascimento, de primeira, a bater Tiago Estevão.

Aos 57’, oportunidade clamorosa para o Benfica. Remate de Filipe Cruz, Tiago Estevão afastou, Henrique Araújo recolheu o esférico e o guarda-redes portista derrubou-o dentro da grande área. O árbitro assinalou grande penalidade que Filipe Cruz não desperdiçou. 0-3 no Olival.

À passagem dos 61’, Adrian Bajrami, defesa-central das águias, foi expulso por derrubar um adversário quando ele se esgueirava para a baliza. As duas formações com 10 elementos para os derradeiros 19’ da partida.

A partir daqui o treinador do Benfica, Luís Araújo, refrescou a equipa com as substituições, lançando na partida Diogo Cardoso, Henrique Pereira e Renato Matos, mas o resultado não se alterou, fixando-se no 0-3 final.

O Benfica passa a somar 13 pontos na tabela classificativa e na próxima ronda – a primeira da 2.ª volta – desloca-se ao reduto do Belenenses.

Festejos

CLASSIFICAÇÃO 3.ª FASE – APURAMENTO DE CAMPEÃO

Posição Equipa Jogos Pontos Golos
1.º SL Benfica 5 13 13-3
2.º SC Braga 4 7 6-5
2.º Sporting CP 4 7 6-3
4.º FC Porto 5 6 6-11
5.º CF Os Belenenses 4 4 6-5
6.º V. Guimarães 4 0 5-14

Texto: Marco Rebelo

Fotos: Arquivo / SL Benfica

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar