27 de maio de 2019, 17h51

“Ano de sonho” que ainda não terminou

Futsal Feminino

Com o Tricampeonato assegurado, numa época onde conquistou também a Taça de Portugal e a Supertaça, a equipa feminina de futsal ainda tem objetivos a cumprir em 2018/19.

A conquista do Tricampeonato por parte da equipa feminina de futsal do Benfica constitui o 15.º título nacional das encarnadas, que têm dominado o panorama da modalidade em Portugal. “Uma época de sonho” para Fifó e Janice, que correm agora pelo título de melhor marcadora da competição.

Foi uma época de sonho no feminino, conseguimos conquistar títulos e é disso que o Benfica é feito. No futsal feminino, e não só, em toda a secção das modalidades femininas, está a ser feito um bom trabalho. Isso é o mais importante. Há muito tempo que estamos à espera de ter competições oficiais, seria muito bom para projetar o futsal feminino. Nós lutamos para isso e acho que temos demonstrado o que queremos. Não há melhor resposta do que em três anos conseguir o Triplete, temos equipas muito fortes também e adversários que nos têm complicado a vida. Mas nós temos mostrado que estamos muito consistentes no que queremos”, assegurou Ana Gonçalves, mais conhecida por Fifó, no programa "Em Linha" da BTV.

É fruto de trabalho, esforço, dedicação, e não é fácil chegar a este patamar. Queremos continuar, queremos dar títulos ao Benfica e desfrutar de um momento único”, acrescentou Janice Silva.

Benfica-Quinta dos Lombos

São, ao todo, 15 títulos oficiais: 3 Campeonatos Nacionais, 5 Taças de Portugal, 3 Taças Nacionais e 4 Supertaças.  

O Benfica tem tantos títulos oficiais como todos os outros clubes no nosso Campeonato. É fruto do nosso trabalho e uma resposta para qualquer dúvida que haja sobre a nossa equipa, destacou a ala portuguesa de 18 anos.

Tem sido uma temporada 2018/19 brilhante, com apenas um empate no terreno do rival Sporting CP, logo na 1.ª jornada. Depois disso, foram 11 vitórias consecutivas, 44 golos marcados e apenas 9 sofridos de um Benfica que, quando faltam duas rondas para o fecho da competição, corre ainda atrás do estatuto de melhor ataque da prova.

“Melhor é sempre possível fazer, mas, por norma, somos sempre a equipa com melhor ataque e menos golos sofridos. Queremos sempre mais e vamos lutar para que a Janice [13 golos] ou eu fiquemos em primeiro lugar, sem esquecer que temos ainda dois jogos que queremos ganhar”, lembrou a futsalista, que leva, neste momento, uma dezena de golos marcados.

Benfica-Quinta dos Lombos

Faltam duas jornadas, mas a vitória por 0-6 no terreno do FC Vermoim faz das duas últimas rondas encontros para cumprir calendário. Com o título nacional assegurado, a formação orientada por Bruno Fernandes recebe ainda o Golpilheira e vai ao terreno do Santa Luzia.

O nosso foco é vencer os últimos dois jogos. O jogo com o Golpilheira vai ter um sabor especial porque é quando vamos receber a taça e as medalhas. Mesmo sendo já campeãs, esperamos conseguir as vitórias”, desejou ainda Fifó.

Dois jogos onde o Benfica conta ainda com o apoio dos adeptos. “O Benfica, nos últimos anos, tem apostado forte no feminino. Nos últimos anos sentimos um apoio fantástico dos adeptos do Benfica e isso transmite ao grupo uma energia fantástica. Eles são uma força do outro mundo”, garantiu Janice Silva.

Texto: Filipa Fernandes Garcia

Fotos: Arquivo / SL Benfica

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar