8 de junho de 2019, 18h31

1.º quarto foi determinante e reação não chegou para a reviravolta

Basquetebol

Benfica perdeu o jogo 1 da final do play-off da LPB frente à UD Oliveirense. Jogo 2 disputa-se na segunda-feira, às 17h00, em Oliveira de Azeméis, e está tudo em aberto na eliminatória!

UD Oliveirense e SL Benfica iniciaram nesta tarde de sábado a grande final do play-off da Liga Portuguesa de Basquetebol. Triunfo no jogo 1, de uma eliminatória à melhor de cinco, para a formação de Oliveira de Azeméis (85-75), num desafio intenso e muito disputado, com o Pavilhão Dr. Salvador Machado ao rubro... Promete e está tudo em aberto!

RESUMO DO JOGO

Pavilhão completamente lotado, numa partida marcada por um começo com alguns problemas técnicos, com o cronómetro a teimar em não arrancar. Mas quando arrancou, arrancou em grande, com os artistas em quadra a mostrarem desde logo ao que vinham!

Triplo de Travante Williams, resposta do outro lado, com triplo de Cantero. Início muito equilibrado, com as duas equipas a equipararem-se, no entanto, a formação de Oliveira de Azeméis manteve a aposta no jogo exterior, com uma percentagem invejável de acerto (100%), e assim conseguir distanciar-se no marcador (18-7) ainda antes dos primeiros 5 minutos.

Carlos Lisboa pediu de imediato time out para reorganizar as tropas, mas a toada manteve-se, com a equipa comandada por Norberto Alves a ser mais eficaz, perante um Benfica que teimava em não se encontrar. Consequência? 33-15, no final do 1.º quarto!

RESUMO DO 1.º QUARTO

Era urgente reagir e Jaques Conceição, com um triplo espetacular, pareceu dar o mote… mas a equipa campeã em título não estava com meias-medidas e, com uma defesa muito agressiva e um ataque eficaz, conseguiu dilatar ainda mais a distância (42-18), obrigando novamente o técnico encarnado a parar o jogo.

Com seis minutos para se jogar, esboço de reação das águias, a reduzirem para 42-23, com Norberto Alves a pedir um tempo de desconto. Até ao intervalo, mais Benfica, com o marcador a ser sintomático: 47-32, ou seja, com as águias a vencerem o 2.º quarto (14-17). Fábio Lima, com dois tiros de 3 pontos concretizados no último minuto, foi determinante. E ainda há toda uma segunda parte para se jogar...

RESUMO DO 2.º QUARTO

Reinício de jogo, com um Benfica à Benfica! Cantero deu o mote e atirou a valer da linha dos 3 pontos; Fábio Lima imitou o colega de equipa e Gladness, com um afundanço espetacular, levou ao rubro os adeptos do Benfica no Pavilhão Dr. Salvador Machado, que mais ao rubro ficaram quando Micah Downs – também com um triplo – colocou as equipas separadas por apenas 8 pontos de diferença.

Intensidade máxima, rapidez, muita entrega, lances de verdadeira espetacularidade, com UD Oliveirense e SL Benfica a mostrarem  (se ainda era necessário fazê-lo!) por que motivo são as duas finalistas da LPB.

Do outro lado, veio a resposta, com a partida a ganhar ainda maior emoção e interesse! Ao cabo do 3.º quarto, 64-57, com um parcial de 17-25 (nova vitória encarnada).

RESUMO DO 3.º QUARTO

Tudo em aberto nos derradeiros dez minutos… e impróprio para cardíacos! Pavilhão lotado e lotado também de emoção e apoio às duas equipas. Espetacular, com os jogadores, a responderem em quadra.

Fábio Lima, com um triplo, abriu as hostilidades e quatro pontos de diferença apenas a separar as formações. Rafael Lisboa fez uma maldade e assistiu Micah Downs para um vibrante alley-oop, e bola cá, bola lá… tudo em aberto!

Defesas altas e agressivas qb, ataques eficazes, com os jogadores a mostrarem muita ambição e por vezes a jogarem mais com o coração do que com a cabeça. A dois minutos e 37 segundos do final, 78-73, com Micah em grande evidência no tiro exterior. Do outro lado, T. Williams respondeu da mesma moeda (83-75) e praticamente sentenciou o jogo. Carlos Lisboa ainda pediu um último time out, mas a marcha do marcador não se inverteu. Vitória, por 85-75, para os anfitriões!

Grande jogo de basquetebol, com o 1.º quarto a ser determinante. O Benfica reagiu, lutou sempre, venceu os 2.º e 3.º quartos, contudo, não chegou para inverter a larga vantagem conquistada pela UD Oliveirense nos primeiros dez minutos. Mas está tudo em aberto!

Cinco inicial do SL Benfica: Juan Pablo Cantero, Fábio Lima, Micah Downs,  Arnette Hallman e Mickell Gladness.

Marcaram pelo Benfica: Juan Pablo Cantero (8), Mickell Gladness (7), Arnette Hallman (14), Micah Downs (31), Jaques Conceição (3) e Fábio Lima (12).

O jogo 2 da final está marcado para as 17h00 da próxima segunda-feira, dia 10 de junho, com as equipas a medirem forças no mesmo palco. A eliminatória – à melhor de cinco – segue depois para a Luz…

Texto: Sónia Antunes

Fotos: SL Benfica

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar