9 de junho de 2019, 23h58

Falsas acusações

Clube

Comunicado do SL Benfica.

O Sport Lisboa e Benfica lamenta as acusações feitas esta noite pelo diretor-geral das modalidades do Sporting Clube de Portugal, Miguel Albuquerque, relativamente a alegadas tentativas de agressão de adeptos do Clube a jogadores do Sporting.

O Sport Lisboa e Benfica foi informado pela Polícia de Segurança Pública de que esta desconhece qualquer ocorrência no perímetro do Pavilhão João Rocha entre adeptos do SL Benfica e atletas do Sporting. Estas acusações são extremamente graves e não podem ficar impunes, até porque poderão incendiar o clima para o jogo 4 da final do Campeonato de futsal, ao contrário daquilo que se deseja para a modalidade.

Miguel Albuquerque escreve que “o que se tem vindo a passar desde esse primeiro jogo ultrapassa qualquer limite que julgamos ser aceitável”. Ora, o que não é aceitável é a pressão – a época anterior foi apenas um exemplo disso – exercida quando o Sporting Clube de Portugal sente que pode estar comprometida uma determinada conquista desportiva, neste caso o Campeonato Nacional de futsal.

Tendo o próprio diretor-geral das modalidades já sido suspenso por ter agredido um atleta do Sport Lisboa e Benfica, é no mínimo de estranhar esta tomada de posição. Depois são referidos determinados lances ocorridos neste último dérbi, sublinhando que todo o País teve acesso aos mesmos. Fala-se em perdão de amarelos, quando o problema se calhar tem mais a ver com memória seletiva. O jogador Erick, por exemplo, teria hoje terminado o jogo?

O Sport Lisboa e Benfica tem tido uma postura exemplar na divulgação da modalidade e relembra que o jogo de hoje decorreu sem incidentes, quer para os adeptos do Sporting Clube de Portugal, quer para os jogadores e respetivo staff.

O Sport Lisboa e Benfica espera que todas as entidades envolvidas não se deixem condicionar e apela a que sejam reunidas todas as condições para que o próximo dérbi seja bem disputado como foram os anteriores, ganhando quem for melhor em campo, tal como o treinador do Sporting reconheceu no final dos jogos 2 e 3, que terminaram com a vitória encarnada.

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar