16 de junho de 2019, 18h58

O Campeão voltou!

Futsal

O Benfica bateu o Sporting no jogo 5 da final do play-off do Campeonato Nacional de futsal e concretizou a Reconquista!

O vencedor do Campeonato Nacional de futsal 2018/19 decidiu-se na "negra", no jogo 5 da final do play-off, com o Benfica a bater o Sporting por 4-3 no Pavilhão Fidelidade e a concretizar a Reconquista!

RESUMO DO JOGO

Um pontapé de Roncaglio no minuto inicial do dérbi, num 5x4 criado pelo guarda-redes do Benfica, provocou o primeiro bruaá no Pavilhão, onde era bem audível o cântico "Força, SLB!". Fernandinho e Robinho, em dois momentos aos 3' da partida, ameaçaram o golo, que só não aconteceu porque o guarda-redes Guitta fez duas defesas difíceis. Fábio Cecílio, num tiro de meia distância, esteve para ser bem-sucedido na tentativa de inaugurar o marcador aos 5', mas o ferro da baliza leonina foi um adversário suplementar.

Aposta de Joel Rocha para este desafio, Raúl Campos avançou pela esquerda do ataque do Benfica ao minuto 7 e disparou com o pé canhoto, com muito perigo, fazendo a bola passar rente ao poste. Aos 8', o internacional espanhol tornou a rematar e, na circunstância, não perdoou.

[GOLO: 1-0] Descaído para a esquerda, Raúl Campos recebeu e, com pouco ângulo, atirou a contar, batendo Guitta.

No mesmo minuto, dando expressão e cor à supremacia que evidenciava em ataque organizado, as águias puseram novamente as redes a dançar.

[GOLO: 2-0] Raúl Campos, com uma excelente picadinha sobre o guarda-redes Guitta, fortaleceu a vantagem dos encarnados.

Logo a seguir, Fábio Cecílio, isolado pela direita, quase apontou o 3-0: errou a conclusão por milímetros.

O Sporting respondeu numa ação rápida...

[GOLO: 2-1] Um passe vertical para o pivô Cardinal foi aproveitado por este, que atirou de primeira de pé esquerdo e reduziu a diferença no placard aos 9'.

Com felicidade na trajetória dada à bola, Léo igualou o dérbi...

[GOLO: 2-2] Na cobrança de um livre em posição frontal, Léo chutou de pé direito e acertou nas redes aos 13'.

Qualidade de passe e visão de jogo de Robinho foram meio golo no lance do 3-2 para o Benfica...

[GOLO: 3-2] Na marcação de um fora sobre o lado direito, em zona defensiva, Robinho viu a movimentação de Bruno Coelho na esquerda do ataque e colocou-lhe a bola à mercê com um passe de excelência. Depois, com discernimento e precisão, o capitão dos encarnados tratou do resto, batendo Guitta aos 14'.

De uma fantástica intervenção do persistente Raúl Campos resultou mais um golo para as águias...

[GOLO: 4-2] Raúl Campos pressionou a saída de bola do Sporting e, com uma interceção-remate, não deu hipótese ao guardião leonino. Um hat-trick do internacional espanhol!

Após um livre direto do Sporting, o Benfica procurou sair rápido, mas a bola escapou para os pés do adversário, que reduziu para 4-3...

[GOLO: 4-3] Rocha, na área de baliza, emendou um tiro exterior e marcou aos 18'.

Robinho, aos 19', ainda forçou o 5-3, mas Guitta susteve o remate: 4-3 para o Benfica ao intervalo.

RESUMO DA 1.ª PARTE

Num dos vários contra-ataques vistos no recomeço da partida, Chaguinha, aos 24', descaiu para a esquerda e tentou o golo, mas não acertou na baliza. Uma notável iniciativa de Chaguinha, aos 28', provocou um desequilíbrio na quadra, mas, depois, o passe de ligação para André Coelho não resultou perfeito e o lance gorou-se.

Ao minuto 30, de livre direto, André Coelho procurou visar com êxito a baliza verde e branca, mas Guitta sacudiu a bola por cima da trave. Fábio Cecílio, aos 31', pela direita, também teve espaço para enquadrar o disparo, mas a bola não levou a direção do golo. Seguro na defesa da sua baliza, Roncaglio, aos 32', arriscou uma subida seguida de pontapé, dando que fazer ao guarda-redes contrário.

Uma recuperação de bola de Robinho em zona ofensiva, ao minuto 36, proporcionou a Bruno Coelho um remate no espaço central, mas a bola esbarrou no corpo de um oponente.

A caminho dos derradeiros três minutos do encontro, as águias viram o Sporting arriscar o 5x4 com guarda-redes avançado. Os segundos finais foram intensos, emotivos, frenéticos, vibrantes. O Benfica defendeu com muita segurança, entrega e competência, fechando a baliza, guardando a vantagem e vencendo o título nacional! A Reconquista está feita!!!

Cinco inicial do Benfica: Roncaglio, Chaguinha, André Coelho, Robinho e Fernandinho.

Suplentes: André Correia (gr), Fábio Cecílio, Tiago Brito, Bruno Coelho, Miguel Ângelo, Afonso Jesus e Raúl Campos.

Benfica-Sporting

"Esta Reconquista é de toda a Família Benfiquista"

Domingos Almeida Lima (vice-presidente do Benfica): "A Reconquista também no futsal era um objetivo que tínhamos. Quero felicitar a equipa técnica, os atletas, toda a estrutura. Trabalharam muito durante o ano, merecem este título. Agradecer de uma forma muito especial ao nosso Presidente, que tudo nos deu para obtermos esta vitória. Os adeptos foram incansáveis, estiveram sempre presentes, mesmo nos momentos mais difíceis dos cinco jogos desta final do play-off. Muito obrigado aos nossos adeptos e parabéns a este grupo incansável. Este título é de toda a Família Benfiquista."

Benfica-Sporting

Gonçalo Alves (team manager): "Já queríamos este Campeonato há muito tempo. No ano passado perdemos em pormenores, em penáltis. Neste ano também foi em pormenores, mas caiu para o nosso lado. Quero dar os parabéns ao adversário, o Sporting esteve muito bem, o que dignifica ainda mais a vitória do Benfica. Estou muito feliz pelo jogo que foi. Tivemos aqui um grande público e três grandes equipas no dérbi, isto é que é futsal e não o que aconteceu na última quinta-feira."

Benfica-Sporting

Joel Rocha (treinador): "Trabalhámos muito e bem ao longo desta época, esta Reconquista é mais do que justa. Agradecer em primeiro lugar à pessoa que representa todo o nosso clube e universo, o nosso Presidente, que nos momentos difíceis disse: 'Nós vamos conseguir!' E conseguimos. Agradecimento também aos nossos jogadores e adeptos. Uma superação imensa. Estou grato, honrado e privilegiado por viver um momento destes. Foi uma recompensa para quem tanto trabalhou e acreditou na sua identidade, perante um grandíssimo Sporting. Cinco jogos dignos nesta final. Fantástico! O que fez a diferença foram sempre argumentos muito pequenos, há um grande equilíbrio nas duas equipas, que jogam a uma dimensão mundial."

Mário Silva (treinador adjunto): "Fez-se justiça. O Benfica foi melhor neste ano. Sabemos que nas finais nem sempre o melhor ganha, mas nós fomos melhores e mostrámo-lo dentro da quadra. Os adeptos foram incansáveis, apoiaram-nos sempre."

Benfica-Sporting

Bruno Coelho (capitão): "Há muitas emoções à mistura. Quero dar os parabéns à nossa equipa, porque os jogadores foram uns guerreiros durante toda a época, e hoje mais uma vez comprovámos isso. Fomos campeões, jogámos muito hoje, competimos muito. Agradecer aos nossos adeptos pelo ambiente fantástico. É mais um título para o Museu do Benfica, mais uma modalidade vencedora e hoje é dia de Reconquista."

Benfica-Sporting

Chaguinha (ala): "Batalhámos todo o ano para dar esta alegria a estes adeptos, que nunca nos abandonaram, sempre nos apoiaram. Este título é para eles e também para as nossas famílias, que sempre estão connosco. Passei quase dois anos sem jogar, voltei nestas finais. Superação, este título é para todos, é da nação benfiquista."

Benfica-Sporting

Roncaglio (guarda-redes): "Mostrámos a força desta equipa, é uma sensação maravilhosa. O que os nossos adeptos fazem, a forma como nos recebem e acarinham... É maravilhoso! Esta final foi espetacular, toda a gente a vibrar com o nosso Benfica nas bancadas. E os jogadores também não ficaram por baixo, mostraram a sua força."

Benfica-Sporting

Robinho (ala): "Este é o melhor presente que eu queria dar aos adeptos. O que tivemos hoje aqui é inexplicável. Foram o nosso jogador a mais para a vitória. Esse golo a mais foram eles que fizeram. Estou muito emocionado e feliz."

benfica-golo-1-new_thumbnail

Raúl Campos (ala/pivô): "Poder ganhar aqui com estes adeptos é fantástico. Trabalhámos todo o ano para vencer este Campeonato, confiámos até ao fim. Merecemos muito este Campeonato. O apoio dos nossos adeptos é incrível, estão sempre connosco."

Benfica-Sporting

André Coelho (fixo/ala): "Vencemos todos! A equipa, os adeptos... O que vimos aqui hoje foi brutal! Parabéns aos jogadores, ao staff, aos adeptos, às nossas famílias... É uma alegria enorme. O Clube merece."

Fits (pivô): "Nunca mais vou esquecer! Reconquistar o título nacional é muito especial. Sou grato por ter a oportunidade de vestir a camisola do Benfica, o Manto Sagrado. Ganhar aqui com estes adeptos é uma alegria sem explicação. Eles fazem um autêntico caldeirão do Benfica neste Pavilhão."

Benfica-Sporting

Tiago Brito (ala): "Este título sabe a muita coisa boa. É a minha primeira vez, mas foi para isto que vim para o Benfica, para ganhar. Estou muito feliz. Tivemos aqui um ambiente fantástico. Foi graças ao nosso sexto elemento que alcançámos esta vitória. Demos tudo dentro de campo, demos a vida pela Benfica, e hoje foi o resultado da nossa demonstração de entrega."

Marc Tolrà (fixo): "Primeiro ano no Benfica, primeiro título nacional no Benfica! Deixa-me sem palavras. O público foi incrível, empurrou-nos nos momentos finais. Quando faltavam sete segundos para terminar o jogo já eu estava a chorar..."

Benfica-Sporting

Henmi (ala): "É muito bom voltar às vitórias. Agradeço aos adeptos, que nos apoiaram do início ao fim, às pessoas que confiaram em nós e que nos ajudaram nesta reconquista. Este grupo é batalhador, merece muito o título. A Reconquista é nossa!"

Texto: João Sanches

Fotos: João Paulo Trindade / SL Benfica

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar