22 de junho de 2019, 22h54

Miguel Ângelo abriu a baliza

Futsal

Ala do Benfica marcou o primeiro golo no triunfo de Portugal sobre a Noruega, em jogo de preparação da qualificação para o Mundial de futsal 2020.

Bruno Coelho, André Coelho, Fábio Cecílio, Tiago Brito e Miguel Ângelo (dois golos), cinco jogadores do Benfica, foram a jogo no particular em que Portugal bateu a Noruega por 4-1 no Multiusos de Fafe, preparando a qualificação para o Campeonato do Mundo de futsal 2020.

O campeão da Europa em título esticou-se na quadra na fase inicial do encontro e esteve perto de festejar o primeiro golo aos 2', num remate de pé esquerdo de Fábio Cecílio (após canto cobrado à direita por Bruno Coelho), mas o guarda-redes nórdico esticou a perna esquerda e desfez a oportunidade.

Ao minuto 10, numa fase do encontro em que Portugal alinhava com os benfiquistas André Coelho, Tiago Brito e Miguel Ângelo, este último armou um remate em boa posição, mas a bola não entrou.

Uma excelente arrancada de Fábio Cecílio, aos 13', resultou numa combinação rápida com Pedro Cary, cabendo depois o toque de finalização ao jogador do Benfica. Mais uma vez, o guardião da Noruega foi gigante na cobertura da baliza. Fábio Cecílio, ao minuto 15, voltou a estar cara a cara com Kenneth Rakvaag, mas este, reafirmando o protagonismo no desafio, tornou a suster o esférico.

A equipa das Quinas nunca baixou a intensidade nem renunciou à cobiça da baliza adversária, desbloqueando finalmente o resultado ao minuto 19, num lance com assinatura Miguel Ângelo, que concluiu ao segundo poste um passe feito por Ludgero a partir da ala direita. Foi com este golo do futsalista do Benfica que Portugal foi para intervalo a vencer por 1-0.

Bruno Coelho

Os lusitanos encontraram mais dificuldades para construir e explanar o seu jogo ofensivo no começo da segunda parte, vendo inclusivamente os noruegueses desaproveitarem duas ocasiões para igualar o marcador.

A pouco e pouco, Portugal puxou novamente o controlo dos acontecimentos para os pés dos seus jogadores. Aos 25', Bruno Coelho, num tiro de meia distância, pôs mais uma vez em evidência as qualidades do guardião Kenneth Rakvaag. E foi com disparos de zonas exteriores que a equipa das Quinas rubricou o 2-0 (por Pedro Cary) e o 3-0 (por Pauleta), tudo isto ao minuto 27.

Uma bola estratégia (canto à esquerda) levou Portugal ao 4-0, num remate portentoso de Miguel Ângelo aos 31'. O 5-0 esteve para ser uma realidade ao minuto 35, mas a barra da baliza norueguesa substituiu o guarda-redes num remate de André Coelho. Logo a seguir, a seleção visitante reduziu por Jonas Simonsen: 4-1, que seria o score final.

Às 21h15 de domingo, Portugal tem novo ensaio com a seleção da Noruega no Multiusos de Fafe.

Cinco inicial de Portugal: Rui Pedro, João Matos, Bruno Coelho, Pedro Cary e Fábio Cecílio

Suplentes: Gonçalo Portugal, Erick Mendonça, André Coelho, Márcio, Pany, Pauleta, Miguel Ângelo, Tiago Brito e Ludgero.

Texto: João Sanches

Fotos: FPF

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar