24 de agosto de 2018, 13h08

Rivalidade tão velha como o próprio dérbi

Futebol

O Benfica enfrenta o Sporting no grande jogo da 3.ª jornada da Liga NOS e um dos mais aguardados da competição. Neste sábado, pelas 19h00, o desafio que separa famílias.

Benfica-Sporting: o jogo que começa muito antes do apito inicial, até mesmo antes do próprio dia, já causou verdadeiras revoluções familiares. Desde picardias entre pais e filhos, entre irmãos e até entre amigos.

A verdade é que duas semanas antes do pontapé de saída, já os adeptos de ambos os clubes se defrontam com provocações saudáveis, fruto de uma rivalidade tão velha como o próprio dérbi.

Um Benfica-Sporting sempre foi, é e será o jogo mais aguardado pelos adeptos de ambos os emblemas e um dos mais apaixonantes do futebol mundial.

É assim, como lhe conta o Jornal O Benfica, desde o dia 1 de dezembro de 1907, data do primeiro confronto oficial entre as duas equipas, a contar para o Campeonato de Lisboa. Na altura o Sporting venceu, por 1-2, num encontro com várias peripécias. A primeira, o facto de oito antigos jogadores encarnados terem alinhado pelo adversário. Já a segunda prende-se com o facto de, devido à forte chuva que se fez sentir, os atletas verdes e brancos saírem do campo e voltarem depois de obrigados pelo árbitro, visivelmente contra a sua vontade.

Benfica-Sporting

Desde esse dia que, aquando desse confronto, Lisboa, Portugal e o mundo param para ver estes dois clubes jogarem. O encontro que mais separa pais e filhos, irmãos e amigos já se jogou 84 vezes no reduto dos encarnados para o Campeonato Nacional e já viu por 46 vezes o Benfica derrotar o seu arquirrival, o que dá 54,8% de triunfos.

A primeira delas aconteceu no dia 26 de abril de 1936, com um triunfo, por 3-1, com um hat-trick de Valadas. Isto depois de o primeiro confronto de sempre, a contar para o Campeonato Nacional, ter terminado empatado. No dia 10 de fevereiro
de 1935, no histórico Campo das Amoreiras, Torres marcou o golo encarnado, numa igualdade a uma bola.

Daí em diante, o Benfica venceu mais 45 duelos com o vizinho da 2.ª Circular. Algumas dessas vitórias figuram no livro de platina do Clube e até mesmo do futebol português. E há resultados e exibições para todos os gostos. Desde os mais folgados, como um 7-2 em 28 de abril de 1946, em partida em que Arsénio e Mário Rui carimbaram um hat-trick cada e Rogério apontou um tento, até a um fabuloso 5-1, na temporada 1970/71, com um hat-trick de Artur Jorge, um golo de Eusébio e outro de Nené, tendo José Carlos marcado para o Sporting. Sem esquecer ainda o lendário 5-0 de 1978, em que os golos foram todos apontados na primeira parte, por Reinaldo (2), João Alves (2) e Nené.

Nené

Depois existiram também aquelas vitórias que marcam pela sua intensidade. A exemplo disso, o 1-0 de 1992/93, em que Futre dá o golo da vitória a 25 minutos do fim. Ou a do ano seguinte, em que Yuran e Isaías escrevem a reviravolta após golo de Figo. E, claro, a inesquecível cabeçada de Luisão para o título de 2004/05. O hoje capitão do Benfica, a pouco mais de cinco minutos dos 90, responde a um livre de Petit e faz um golo decisivo para a quebra de um jejum de 11 anos.

Já a primeira de 15 vitórias leoninas remonta ao ano de 1939, quando, em 19 de março, se deslocaram às Amoreiras para vencer por 1-4, com dois tentos de Peyroteo, um de Cruz e outro de Mourão. Valadas marcou para o Benfica. Depois dessa pouco frequente vitória, os leões venceram por mais 14 vezes, sendo três golos a maior dilatação obtida, tal como no primeiro triunfo.

A última aconteceu em 2015, quando três golos na primeira parte, de Teo Gutiérrez, Slimani e Bryan Ruiz, gelaram a Luz. Sobre este encontro fica ainda a gigantesca mostra de amor dos Benfiquistas, que, mesmo perdendo 0-3 com o rival de sempre, cantaram a uma só voz “Eu amo o Benfica”. No final da temporada, as águias festejavam a conquista do Tricampeonato.

Bilhetes SL Benfica x Sporting CP Liga NOS

Texto: João André Silva

Fotos: SL Benfica

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar