26 de agosto de 2018, 19h28

"Parabéns, Campeão!"

Canoagem

O Presidente Luís Filipe Vieira felicitou Fernando Pimenta, canoísta do Benfica que revalidou o título mundial em K1 5000 metros em Montemor-o-Velho.

Mais uma medalha de ouro para Fernando Pimenta! Com uma impressionante prova, o canoísta do Benfica pulverizou a concorrência na final de K1 5000 metros e renovou neste domingo o título mundial na disciplina no Campeonato do Mundo em Montemor-o-Velho.

O Presidente Luís Filipe Vieira felicitou Fernando Pimenta por ter acrescentando outro grande sucesso ao seu currículo. "Parabéns, Campeão! Se há atleta que não engana na qualidade do trabalho e na consistência dos resultados é claramente o nosso Fernando Pimenta. Nosso: de Ponte de Lima, expoente máximo da canoagem portuguesa, e da Seleção Nacional, motivo de enorme orgulho para a nação Benfiquista.

É com particular sentimento de pertença que digo que és nosso, Fernando, porque concilias a alta performance competitiva à mística do Benfica com que nos orgulhas e, bem sei, da qual também te orgulhas.

Muito em breve espero que haja oportunidade de voltarmos a estar em família e aí será momento para sublinhar a convicção do nosso Clube no Benfica Olímpico. Projeto que não se esgota na canoagem, mas terá obviamente elevadas expectativas de muito mais alegrias associadas a esta modalidade, com particular ambição para Tóquio 2020.

Todo o País está hoje feliz com mais esta conquista, mas ninguém estará mais do que eu neste momento. Obrigado, Fernando, estamos contigo!", enfatizou o líder do Sport Lisboa e Benfica.

Fernando Pimenta

Super-Pimenta amealhou mais uma brilhante conquista, com o tempo de 21:42.196, à frente do dinamarquês René Poulsen (+1.527) e do espanhol Javier Hernanz (+4.369). "Este título é para as pessoas que nos apoiam no dia a dia, nos momentos mais pesados", reagiu o canoísta do Benfica.

"O meu treinador [Hélio Lucas] disse que era possível e eu acreditei. Foi uma prova muito nevosa, ninguém queria assumir. Fui deixando os mais fortes para trás, coloquei um bom ritmo logo no início", contou Pimenta.

"Fui gerindo as energias e quando o meu treinador disse para atacar, eu fui. Ainda tinha forças para mais, estava na expectativa dos ataques dos outros, mas não aconteceram. Isto é fruto de muito trabalho, nunca estou satisfeito", disse ainda Fernando Pimenta, nas primeiras declarações após o êxito.

No sábado, lembre-se, o tricampeão europeu Fernando Pimenta já tinha sido o melhor do mundo em K1 1000 metros, ao completar a prova em 3.27,666 minutos, sagrando-se pela primeira vez campeão mundial na disciplina.

Fotos: SL Benfica / Arquivo

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar