Futebol

01 setembro 2018, 16h23

Alex Pinto e Willock voltaram a festejar um golo do Benfica B

Invencível na II Liga, o Benfica B empatou 1-1 com a Académica no Estádio Cidade de Coimbra. Debaixo de intenso calor (mais de 30 graus), a equipa de Bruno Lage esteve na frente e até podia ter aberto uma diferença que lhe daria outro conforto.

Contas feitas: 10 pontos amealhados (em 12 possíveis) ao fim de quatro jornadas, números que valem às jovens águias um lugar no topo da tabela.

A primeira parte foi praticamente toda do Benfica B, que se colocou em vantagem no marcador (0-1) ainda antes de se atingir o 10.º minuto de jogo. Solicitado por um passe rasteiro de Keaton Parks, Willock fugiu nas costas da linha defensiva da Briosa, derivou um pouco para a esquerda e, já no interior da grande área, chutou cruzado para o interior da baliza da Académica. O esférico ainda tocou no poste direito antes de se acomodar nas malhas (9').

Sólida na zona defensiva e diligente no espaço de ataque, a equipa B das águias rondou as redes da Briosa em diversos momentos até ao intervalo e podia mesmo ter desenhado uma diferença maior no score: Benny assinou três remates ameaçadores e, depois de uma queda suspeita de Willock na grande área do anfitrião (num lance de finalização), Jota, na cobrança de um livre direto, acertou na barra, com o guardião Peçanha batido (41').

O curso da história do encontro mudou um pouco no segundo tempo. A Académica reapareceu com Ki no lugar de Dias e começou a ser capaz de levar a bola para junto da área do Benfica B e procurar cruzamentos para a referência Hugo Almeida.

Num último fôlego (89'), a Briosa alcançou a igualdade: servido a partir da esquerda, Marinho, na direita da área, levantou de pronto para a zona do segundo poste, onde Hugo Almeida, encostado a Kalaica, tocou na bola em cima da linha de baliza e empurrou-a com o peito (não se percebeu se a meias com um braço...) para lá do risco (1-1).

SL Benfica-CD Mafra

Bruno Lage: "Primeira parte fantástica"

O treinador do Benfica B realçou a qualidade apresentada pelos seus jogadores no Estádio Cidade de Coimbra, principalmente na etapa inicial do desafio. "Tivemos qualidade de jogo ao longo dos 90 minutos, mas a primeira parte foi muito boa, fantástica, talvez a nossa melhor primeira parte nesta II Liga. Tivemos cinco/seis oportunidades de golo que nos podiam ter dado outro resultado ao intervalo", analisou Bruno Lage na entrevista rápida à Sport TV.

"Depois, a Académica também mostrou os seus argumentos. A nossa segunda parte foi menos boa devido à qualidade do adversário", vincou o treinador.

O médio Benny também lamentou que a bola só tivesse entrado uma vez na baliza da Académica no primeiro tempo, período em que o Benfica B apresentou "bom futebol" e criou "várias oportunidades". "Até mandámos uma bola à barra", recordou o centrocampista das águias.

Texto: João Sanches

Fotos: Arquivo / SL Benfica

Última atualização: 7 de fevereiro de 2019

Patrocinadores principais do Futebol


Relacionadas

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar