17 de setembro de 2018, 20h00

Cacau: "Força dos adeptos é um trunfo do Benfica"

Futebol

Ex-internacional pela Alemanha (23 vezes), defrontou o Bayern em mais de 20 ocasiões e chegou a bater-se com as águias (até no Estádio da Luz) nas provas da UEFA. Em entrevista ao Site Oficial, faz a antevisão do duelo Champions de quarta-feira. E ainda fala de Odysseas e da Formação do Clube.

Atuou 16 épocas na Alemanha, enfrentou o Bayern Munique em 23 ocasiões e cruzou-se com o Benfica nas provas europeias (2004 e 2011). Em entrevista exclusiva ao Site Oficial, o ex-internacional alemão Cacau fala dos pontos fortes dos bávaros, destaca a capacidade das águias e a sua aposta na Formação, e ainda olha para Odysseas.

Tem a palavra o ex-atacante, já retirado dos relvados, que contabilizou seis golos em 23 internacionalizações pela seleção alemã e que ao longo da carreira somou mais de 300 jogos e cerca de 100 golos só na Bundesliga (campeão alemão em 2006/07). Atualmente, Cacau é funcionário da Federação Alemã de Futebol (DFB) com a tutela da integração de jogadores estrangeiros no país.

Cacau

Enfrentou o Benfica por duas vezes, uma delas no Estádio da Luz, e até marcou. Que diferenças consegue encontrar desse Benfica para este?

O Benfica sempre teve equipas competitivas. Essa equipa era assim, boa. Agora, neste momento, acho que o Benfica é uma equipa mais forte, mais organizada. É um Clube que não pára de crescer.

Uma das mudanças no Benfica é a aposta na Formação. Renato Sanches é um dos exemplos e está no Bayern…

O Renato é um jovem muito talentoso. Não tem jogado muito no Bayern, mas também não é fácil. Ele tem características para se impor na equipa. É forte, é rápido, tem técnica. Acho que pode vir a ter sucesso. Em relação ao Benfica, o Clube faz bem em apostar nos jovens. O caminho de clubes como o Benfica é apostar nos jovens, potenciá-los para que cheguem à equipa principal. Este é o caminho e o Benfica está a fazê-lo bem.

Bilhetes Benfica Bayern Liga dos Campeões

Na baliza do Benfica está um guarda-redes alemão que já representou as seleções jovens do país. Que opinião tem de Odysseas?

Ele estava na equipa B do Estugarda quando eu jogava no clube [2011/12 e 2012/13]. Por vezes, treinava connosco. É um jovem muito bom, muito elástico, forte entre os postes e no posicionamento. O Benfica é o clube ideal para evoluir e tornar-se ainda melhor. A escola alemã de guarda-redes é muito boa e lança sempre grandes talentos para a posição.

Niko Kovac é o novo treinador do Bayern. O que nos pode dizer dele?

Há uma elevada expectativa em torno dele na Alemanha. Acontece sempre com os treinadores do Bayern, mas ele é jovem e por isso há ainda mais expectativa. É bom treinador, fez um bom trabalho no Eintracht Frankfurt, já passou pela seleção da Croácia. Pode fazer um bom trabalho.

Cacau

O Bayern é sempre um dos grandes favoritos na Liga dos Campeões. Como é que lhe parece que vai jogar no Estádio da Luz?

O Bayern é uma equipa muito forte, tem sempre grandes jogadores. Está sempre em alta rotação, os seus jogadores correm muito com e sem bola, pressionam muito e não dão espaço. Não vai ser fácil para o Benfica, que, no entanto, por jogar em casa, tem as suas possibilidades de ganhar. Ter a força dos adeptos a favor pode ajudar no jogo. É um trunfo do Benfica.

Que avaliação faz ao Grupo E, que conta ainda com Ajax e AEK?

Para mim, Benfica e Bayern são favoritos, mas não é um grupo fácil. O Ajax, por exemplo, é uma boa equipa, com história e jovens com talento.

Texto: Marco Rebelo

Fotos: www.cacau.de

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar