Futebol

02 outubro 2018, 22h00

Seferovic

Saiu do pé esquerdo de Seferovic o 100.º golo do Benfica na fase de grupos da Liga dos Campeões (rondas preliminares excluídas). Uma marca redonda que os encarnados atingiram – e ultrapassaram! – esta noite, na Grécia, onde venceram o AEK (2-3). O percurso começou em Caniggia e Seferovic completou a história. 

27 minutos. Foi o tempo que se esperou para ver o Benfica marcar o primeiro golo na fase de grupos da Liga dos Campeões. A 28 de setembro de 1994, o Benfica recebia, no velhinho Estádio da Luz, o Anderlecht a quem venceu por 3-1. Aos 27’, Claudio Caniggia inaugurava o marcador, depois de uma assistência de Nelo. O avançado argentino voltou a marcar aos 40’ e Tavares fechou as contas aos 72’.

Liverpool-Benfica

Em 2005/06, em pleno Anfield Road, os encarnados somavam o 25.º golo na mesma fase da competição. Em Inglaterra, Miccoli fez aquele que é, ainda hoje, um dos melhores golos de sempre do Benfica no atual formato da Liga dos Campeões. Aos 89’, de pontapé de bicicleta, não deu hipótese a Pepe Reina e fez o 0-2 final (depois de um golo de Simão Sabrosa), num jogo em que a equipa de Koeman seguiu para os quartos de final, deixando pelo caminho o Liverpool, o detentor do troféu na altura.

Manchester United-Benfica

Em 2011/12 o Benfica chegou aos 50 golos. Em Old Trafford, logo aos 3’, Gaitán penetrou na grande área, cruzou e Phil Jones (central do Manchester United) introduziu a bola na baliza dos ingleses. Aimar marcou aos 60’ e, com um 2-2, os encarnados garantiram desde logo no Grupo C a qualificação para os oitavos de final.

Atlético de Madrid-Benfica

O golo 75 chegou em Madrid, na temporada 2015/16. No Vicente Calderón e já com Rui Vitória ao comando das águias, Gaitán foi figura de proa. Aos 36', Nélson Semedo cruzou para a área, houve um corte de cabeça e a bola sobrou para o argentino rematar forte, de primeira, para o fundo das redes de Oblak.

Oferta Badge Personalização Camisola Benfica

Nessa noite de 30 de setembro de 2015, o Benfica saiu de Madrid a sorrir e levando na bagagem o mais importante: a vitória (1-2) frente a um Atlético de Madrid que, com Diego Simeone no comando, nunca tinha perdido em casa para as competições europeias. O golo de Gonçalo Guedes valeu também na altura a liderança isolada do Grupo C.

AEK-Benfica

A centena de golos foi atingida – e ultrapassada! – esta noite, decorridos ainda apenas 6 minutos de jogo na Grécia. Grimaldo cruzou, a defensiva do AEK alivou, Gedson ficou com o ressalto, rematou e Barkas defendeu para a frente. Na recarga, Seferovic não perdoou e disparou um tiro de pé esquerdo à entrada da pequena área.

Seferovic

O avançado suíço já tinha, alias, marcado o 99.º do Benfica na fase de grupos da Liga dos Campeões. A 12 de setembro do ano passado, a formação de Rui Vitórira saía do Estádio da Luz com uma derrota frente ao CSKA pela margem mínima (1-2), num jogo onde foi Seferovic a inaugurar o marcador. Boa combinação entre Grimaldo e Zivkovic no corredor esquerdo a resultar no golo do camisola 14, que se antecipou a Aleksei Berezutski. 

Fotos: Isabel Cutileiro / SL Benfica

Texto: Filipa Fernandes Garcia

Última atualização: 7 de fevereiro de 2019

Patrocinadores principais do Futebol


Relacionadas

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar