11 de outubro de 2018, 21h42

Águias decisivas na vitória de Portugal

Futebol

Jogo da 2.ª jornada da Liga das Nações.

Rafa e Pizzi tiveram influência direta em dois dos três golos de Portugal na Polónia. A Seleção Nacional ultrapassou a equipa da casa, no Estádio Slaski, por 2-3 e lidera o grupo 3 da Liga das Nações. Rúben Dias também foi titular e atuou os 90'.

Onze de Portugal: Rui Patrício, João Cancelo, Pepe, Rúben Dias, Mário Rui, William, Rúben Neves, Rafa, Pizzi, André Silva e Bernardo Silva.

Suplentes: Cláudio Ramos, Beto, Luís Neto, Rodrigues, Renato Sanches, Éder, Danilo, Sérgio Oliveira, Bruno Fernandes, Cédric e Hélder Costa.

Logo aos 5', Rafa conduziu o esférico pela esquerda, combinou com Mário Rui, que ganhou um pontapé de canto. Este foi apontado de forma curta por Pizzi, Mário Rui cruzou e André Silva desviou com perigo (6'). 

O relógio assinalava os 14' quando um cruzamento de Bernardo Silva descobriu Rafa na área. O cabeceamento do benfiquista saiu fraco e Fabianski segurou. 

Polónia-Portugal

O primeiro golo da partida foi para os da casa aos 18'. Canto marcado e Piatek a saltar mais alto e a cabecear para o golo. Era o 1-0 para os polacos. Portugal tentou responder de seguida, aos 21'. Cruzamento-remate de João Cancelo e Rafa perto de desviar para a baliza dos da casa. 

André Silva fez o 1-1 aos 31' depois de uma assistência com conta, peso e medida de Pizzi.

Aos 33', transição rápida conduzida por Rafa. O extremo do Benfica serviu André Silva na área, que deixou para o remate de Pizzi. Fabianski encaixou bem. 

Aos 36', contra-ataque de Portugal concluído com um remate à meia-volta de Rafa já na área.

Reviravolta no marcador com a marca Benfica, aos 43'! Lançado em profundidade por Rúben Neves, Rafa ultrapassa o guarda-redes com uma receção orientada e quando ia rematar para o 1-2, o defesa-central polaco Glik desviou para a própria baliza.

No reatamento, o selecionador nacional, Fernando Santos, não mexeu na equipa que começava a segunda parte na frente do marcador, por 1-2.

Festejos

Aos 52', Portugal aumentou a contagem para 1-3 após excelente jogada individual de Bernardo Silva, outro jogador formado no Caixa Futebol Campus.

Fernando Santos começou a mexer na equipa. Pizzi foi o primeiro a sair, aos 74', para dar o seu lugar a Renato Sanches, outro talento criado no Seixal. 

A Polónia reduziu aos 77' por Błaszczykowski. O resultado passava a registar 2-3 no Estádio Slaski. 

O selecionador nacional retirou Rafa e colocou Danilo em campo, aos 84'. 

Portugal soma, agora, seis pontos na Liga das Nações.

Texto: Marco Rebelo 

Fotos: UEFA

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar