Futebol

26 outubro 2018, 10h00

Salvio

Há oito épocas com o Manto Sagrado (2010-11 e desde 2012), Salvio apontou 60 golos, celebrou a conquista de 13 troféus (4 Ligas, 2 Taças de Portugal, 3 Supertaças e 4 Taças da Liga) e acaba de completar 250 jogos no Benfica.

Olhando para as competições europeias, na Liga dos Campeões foram 37 as ocasiões em que o extremo envergou a camisola das águias, somando mais 20 na Liga Europa. No que toca às competições internas: 157 jogos no Campeonato Nacional, 19 na Taça de Portugal, 14 na Taça da Liga e 3 na Supertaça.

Quanto aos totais por época, o quadro é este39 jogos em 2010/11, 51 em 2012/13, 22 em 2013/14, 38 em 2014/15, 12 em 2015/16, 42 em 2016/17 e 34 em 2017/18. Na temporada atual, até à data, o internacional argentino conta com 12 presenças.

Em declarações exclusivas, Salvio recorda alguns dos marcos do trajeto de águia ao peito desde o ponto de partida até ao desafio do passado dia 23 de outubro, em Amesterdão.

Salvio

A estreia | Benfica-V. Setúbal, 3-0 | 28 de agosto de 2010

"No meu primeiro jogo pelo Benfica, sentia uma felicidade enorme pela estreia. Fazer parte de um clube tão grande como o Benfica já era o máximo. Lembro-me muito bem desse jogo. Pude jogar apenas uns minutos porque o guarda-redes Júlio César foi expulso, o Roberto teve de entrar e eu saí. Mas a recordação foi muito boa, porque tive uma estreia com o Estádio cheio. Foi um momento muito bonito para mim. Tinha muitos sonhos para conquistar, muitas metas. Por vezes gostaria de voltar atrás e aproveitar de novo todos os momentos."

Jogo 25 | FC Porto-Benfica, 0-2 | Taça de Portugal | 2 de fevereiro de 2011

"Era um jogo de Taça, difícil como são todos os duelos com o FC Porto. Começámos a ganhar e lembro-me de festejar com o Javi García o seu grande golo de meia distância. Foi um dos jogos mais bonitos que fizemos no meu primeiro ano no Benfica. Jogar com o FC Porto era sempre muito especial, por se tratar de um clássico. Ganhar ali foi muito bonito."

Jogo 50 | Época em que voltou do At. Madrid | Benfica-V. Guimarães, 3-0 | 3 de novembro de 2012

"Eu tinha possibilidades de continuar no Atlético de Madrid. Falei com Simeone, o treinador, e ele queria que eu ficasse lá. Mas a minha primeira época no Benfica, por empréstimo [2010/11], tinha sido muito boa. Recebi um carinho incrível de muita gente, fiquei encantado com o Clube e tudo o que o rodeava. Queria voltar ao Benfica! Houve essa hipótese a meio da época, mas não aconteceu. Quando o meu agente me comunicou que o Benfica queria que eu voltasse, disse-lhe para fazer tudo o que fosse possível para eu regressar. Fiz a primeira época com a camisola 8. Quando voltei quis a 8, mas era do Bruno César. Escolhi então a 18, dia do nascimento do meu filho. Depois de o Bruno sair, tive a possibilidade de voltar à 8, mas não quis mudar."

Salvio

Jogo 75 | Benfica-Gil Vicente, 5-0 | 10 de março de 2013

"Recordo-me de ter feito um golo com o pé esquerdo, um golo bonito pela jogada individual. Ao rever estas imagens, lembro-me bem da assistência que fiz para o Nico [Gaitán] depois de um passe de Aimar, de quem tenho muito boas recordações."

Jogo 100 | Benfica-Académica, 3-0 | 23 de março de 2014

"Entrei na segunda parte e destaco um remate ao poste. Como sempre digo, o mais importante para a equipa é a vitória, por isso fiquei feliz. Pelo que vínhamos fazendo, tínhamos o sonho de ser campeões. As possibilidades eram muitas e foi com todas as forças que lutámos pelo título, que conseguimos."

Jogo 125 | Benfica-Rio Ave, 1-0 | 31 de outubro de 2014

"Sabemos que o Rio Ave é sempre uma equipa que procura jogar bom futebol, complicar, tanto em casa como quando é visitante. Era mais um jogo de luta para nós. Em casa, tínhamos de ganhar e continuar com as nossas aspirações. Vencemos, que era o que queríamos, e assim continuámos na luta pelo nosso objetivo."

Salvio

Jogo 150 | Benfica-Marítimo, 4-1 | 23 de maio de 2015

"Jogo da festa de Campeão. Era para se festejar, mas pessoalmente acabou por não correr tudo bem, por causa da lesão grave que sofri. É um momento pelo qual por vezes os jogadores têm de passar nas suas carreiras. Aconteceu-me duas vezes, mas eu cuido de ser muito forte mentalmente, sempre. Uma lesão não me tira o sonho, vou continuar sempre a lutar. Quero sempre mostrar a força de vontade que tenho, para que sirva de exemplo a outros jogadores mais jovens. Não é uma lesão ou uma dificuldade que nos pode desviar dos objetivos e dos sonhos. É preciso trabalhar, porque com dedicação podemos conseguir tudo. Eu consegui ultrapassar tudo isso, ser Tetracampeão, jogar um Mundial pela Argentina, isto porque nunca me dou por vencido."

Jogo 175 | Benfica-P. Ferreira, 3-0 | 28 de outubro de 2016

"Fizemos um grande jogo, toda a equipa. Fui um dos que marcaram golos, numa partida de muita qualidade que serviu para nos mantermos na luta pelo Tetra, que era algo que todos sonhávamos."

Jogo 200 | Sporting-Benfica, 1-1 | 22 de abril de 2017

"Era um dos grandes jogos que tínhamos, queríamos ganhar. Obtivemos um empate com um grande golo do Victor Lindelöf. Fizemos um belo jogo. Estar nos dérbis e nos clássicos é muito bonito, ver a festa dos adeptos... São sempre dias especiais. Estar dentro é mais do que bonito. Marquei ao FC Porto e ao Sporting. Festeja-se o dobro pelo que significa um dérbi ou um clássico."

Salvio

Jogo 225 | Benfica-Portimonense 2-2 | 20 de dezembro de 2017

"Esse foi um jogo que fizemos antes do Natal. Não estávamos numa boa fase, mas serviu para colocar um ponto final num momento menos bom e para começar um período positivo, que nos colocava na luta pelo título."

Jogo 250 | Ajax-Benfica, 1-0 | 23 de outubro de 2018

"Fazer 250 jogos pelo Benfica é uma felicidade enorme, um privilégio. Não são todos que conseguem fazer 250 jogos por este Clube. Todos sabemos a dimensão do Benfica, é um dos maiores da Europa. Sobre o jogo, como todos sabem, tivemos as nossas oportunidades de fazer golo. Em geral, fizemos um jogo muito bom, competimos, estivemos à altura do que a partida pedia, mas no final a sorte não esteve do nosso lado e não conseguimos manter o empate, que era o desfecho que o jogo merecia. Estamos tranquilos porque sabemos que fizemos um grande trabalho. Temos de continuar com a cabeça erguida e olhar para o que vem a seguir. Não tivemos um bom resultado, mas sabemos que estamos a fazer bem as coisas para dar resposta já no próximo jogo."

Salvio

3 jogos especiais

"Um foi o primeiro jogo em Alvalade contra o Sporting. Marquei um golo e o Nico [Gaitán] outro. Também recordo uma partida contra o FC Porto para a Taça de Portugal, no Estádio da Luz. Ganhámos 3-1. Marquei o primeiro golo e, na segunda parte, o André Gomes fez um golaço. Lembro-me bem desse clássico porque era contra o FC Porto e a dada altura ficámos em inferioridade numérica. Com espírito ganhador, ultrapassámos todas as adversidades que se nos apresentaram nessa partida. Por último, o jogo da Taça de Portugal que ganhámos ao V. Guimarães. Marquei um golo de cabeça e pudemos festejar muito. Foi um jogo bonito, de muita luta, com um ambiente espetacular. Fizemos uma grande época [2016/17]."

Salvio

Obrigado, família! Obrigado, Presidente! Obrigado, adeptos!

"Estou grato a toda a minha família que me acompanha a todo o momento, ao Presidente, por me dar confiança desde o primeiro dia em que cheguei. Ele foi muito importante para eu voltar. Agradeço também aos dois corpos técnicos que tive no Benfica, que sempre me deram confiança, e aos adeptos, que me apoiam e me fazem sentir feliz desde o primeiro dia. Sem o carinho deles, em todo o lado, se calhar hoje não estaria aqui sentado. Graças a esse carinho, sou muito feliz aqui. Estou imensamente agradecido."

Salvio é um dos jogadores estrangeiros com mais jogos pelo Clube, o 5.º mais concretamente, numa lista liderada por Luisão (538).

Texto: João Sanches e Sónia Antunes

Fotos: Tânia Paulo / SL Benfica

Última atualização: 7 de fevereiro de 2019

Patrocinadores principais do Futebol


Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar