17 de novembro de 2018, 19h26

Benfica vence HC Montreux e lidera Grupo D

Hóquei em Patins

Jogo referente à 2.ª jornada da Liga Europeia.

O SL Benfica venceu, neste sábado, o HC Montreux, por 3-8, em partida referente à 2.ª jornada do Grupo D da Liga Europeia de Hóquei em PatinsA formação encarnada segue na liderança do agrupamento, com 6 pontos.

Na pista dos suíços do Montreux Hockey-Club – crónico campeão helvético –, boa entrada dos encarnados sob os cânticos dos (muitos) Benfiquistas que se faziam ouvir no pavilhão. Debaixo de uma enorme onda de apoio, Jordi Adroher teve a primeira ocasião de perigo do encontro. O espanhol de 33 anos rematou fortíssimo, mas a bola acabou por ir ao encontro do guarda-redes Jean-Pierre Vizio. 

As oportunidades iam surgindo – com o Benfica a ameaçar várias vezes a baliza dos suíços – e Carlos Nicolía inaugurou o placard

Numa altura em que Pedro Nunes ia promovendo mais rotatividade na equipa, fez entrar a dupla de Miguéis: Miguel Vieira e Miguel Rocha. Duas entradas que resultaram no aumento das contas: primeiro foi Miguel Rocha a atirar para o 0-2 e depois Vieirinha não deu hipótese a Jean-Pierre Vizio (0-3).

Mas a resposta chegou e rapidamente os suíços reduziram a desvantagem (1-3), frente a um Benfica que não baixou os braços e que chegou ao 1-4 através de Albert Casanovas. As equipas saíam para os balneários com a formação de Pedro Nunes na frente. 

HC Montreux-Benfica

No segundo tempo, um bis de Miguel Rocha colocava o Benfica mais distante da formação suíça (1-5), que não se conformava com uma desvantagem de quatro golos. Correu atrás do prejuízo e chegou aos 2-5.

A resposta foi pronta e muito clara. Com uma exibição convincente, atitude competitiva, empenho e dedicação totais, o conjunto orientado por Pedro Nunes ia fazendo – com competência – o seu trabalho e os golos iam surgindo com naturalidade. Miguel Rocha voltou a atirar com precisão – duas vezes! – e, com um póquer, colocava o Benfica a cinco golos do adversário (2-7).

Num momento em que se caminhava para o final do encontro, imparável e diante de um Montreux sem grandes oportunidades, o Benfica chegou ao 2-8 por Miguel Vieira. 

Os encarnados atingiram a décima falta e os árbitros ditaram livre direto a favor dos suíços. Na conversão, não desperdiçaram a oportunidade de reduzir para o 3-8 final.  

Cinco inicial: Pedro Henriques, Valter Neves, Diogo Rafael, Carlos Nicolía e Jordi Adroher. 

A formação da Luz segue na liderança do Grupo D, com 6 pontos, e na próxima jornada (1 de dezembro) visita o CE Noia.

Texto: Filipa Fernandes Garcia

Fotos: SL Benfica

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar