21 de novembro de 2018, 18h57

Rúben Dias: um pilar com números exclusivos na Seleção

Futebol

O central do Benfica é o jogador mais utilizado por Fernando Santos na equipa das Quinas no pós-Mundial, sendo ainda o único que atuou sempre como titular.

Único titular em todos os jogos da Seleção Nacional pós-Mundial 2018, Rúben Dias é também o jogador mais utilizado e superou um registo histórico de Humberto Coelho: aos 21 anos e seis meses, já é o central com mais jogos seguidos por Portugal com a sua idade.

Depois de se afirmar no eixo defensivo do Benfica, Rúben Dias tem sido também uma aposta constante de Fernando Santos no novo ciclo da equipa das Quinas. Além de ser o jogador mais utilizado no ciclo da Seleção pós-Campeonato do Mundo da Rússia – com um total de 507 minfutos –, foi ainda o único que alinhou de início nos seis encontros realizados (particulares frente a Croácia e Escócia e duplos confrontos com Itália e Polónia para a Liga das Nações).

Formado no Caixa Futebol Campus, Rúben Dias já fez melhor sequência de jogos do que havia feito o histórico benfiquista Humberto Coelho com a mesma idade, que até se estreou com apenas 18 anos na equipa das Quinas. Rúben Dias superou, no recente jogo em Itália, o agora vice-presidente da Federação Portuguesa de Futebol, que, até à idade de Rúben, só tinha quatro jogos consecutivos.

Sempre titular no percurso da Liga das Nações, completou a sexta internacionalização A em San Siro, frente à Itália, num jogo em que, com Pizzi também no onze titular, o nulo no marcador foi suficiente para garantir o objetivo de Portugal: a passagem à final four da competição.

pizzi-ruben-dias-portugal-italia-new_thumbnail

Titular absoluto na Seleção A desde o início da época, depois de um Mundial onde fez parte do lote dos eleitos, o central do Benfica tem sido alvo de muitos elogios e figura de destaque até na Imprensa internacional.

Na análise ao Itália-Portugal (1-1), o conceituado diário desportivo italiano "La Gazzetta dello Sport" elegeu Rúben Dias como o melhor jogador português em campo. Três dias depois, e garantido o passaporte para a final four da Liga das Nações, voltou a ser opção de Fernando Santos na receção à Polónia. Titular, completou a sétima internacionalização A e fez o sexto jogo consecutivo por Portugal.

"O Rúben é um excelente profissional, com muita capacidade. Estão a vir muitos centrais bons. Temos hoje um leque de jogadores com muita qualidade e ambição e, juntando o trabalho à qualidade, Portugal tem um futuro bastante risonho", elogiou Pepe, experiente central da Seleção Nacional.

Pelo Benfica, Rúben Dias totaliza nesta temporada 18 jogos – todos a titular – e 1575 minutos em campo.

Texto: Filipa Fernandes Garcia

Fotos: FPF

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar