17 de dezembro de 2018, 19h36

Vencer dentro e fora de campo

Modalidades

As equipas de andebol e voleibol do Sport Lisboa e Benfica uniram-se e vão levar a cabo ações solidárias antes dos seus jogos.

A equipa de voleibol do Benfica recebe, às 20h30 de terça-feira, o Municipal Zalau, em jogo dos oitavos de final da Challenge Cup. Na quarta, às 18h30, é a vez de o andebol defrontar o Madeira SAD para a 15.ª jornada do Campeonato. Em comum, ações solidárias na antecâmara das partidas no Pavilhão n.º 2 da Luz.

 Solidariedade

Para ambas as partidas, o valor monetário dos bilhetes será substituído por entrega de brinquedos e roupa, no caso do voleibol, e por bens alimentares, no caso do andebol.

Em conferência de Imprensa conjunta, Marcel Matz, Marc Honoré, Pedro Vieira e Arthur Patrianova fizeram a antevisão dos respetivos encontros e também abordaram a iniciativa solidária.

“Esta equipa é mais forte do que as anteriores que defrontámos. Neste momento o Zalau é mais forte do que a equipa grega que enfrentámos. Mostram-se mais compactos e têm uma estrutura de equipa mais forte”, começou por dizer Marcel Matz sobre o adversário romeno, concordando posteriormente com a troca de brinquedos e roupa por bilhetes para assistir à partida.

“É muito importante sempre que conseguimos fazer ações para ajudar as outras pessoas. Sou muito favorável a este tipo de atitudes, acho que é importante para o Clube, é importante para nós. Faz bem para quem faz, faz bem para quem recebe”, afirmou o treinador da equipa de voleibol.

Marc Honoré, por sua vez, relembrou o confronto da temporada transata. “Já jogámos contra o Zalau no ano passado, não foi fácil, mas passámos e a nossa equipa está preparada para este jogo”, referiu o tobaguenho.

Solidariedade

Na quarta-feira é dia de o andebol entrar em campo, também no Pavilhão n.º 2, frente ao Madeira SAD.

“Tem sido uma equipa sempre perigosa e na sua casa são muito perigosos, mas fora também colocam muitos problemas. É uma equipa que nos merece muito respeito e toda a atenção do mundo”, analisou Pedro Vieira, adjunto de Carlos Resende no comando técnico da equipa encarnada.

Por fim, também Arthur Patrianova fez questão de reiterar o apoio em iniciativas de carácter social.

“É uma excelente iniciativa, acho que são dois bons motivos para vir assistir tanto ao voleibol como ao andebol. Vão ser dois bons jogos, boa qualidade para os adeptos que vierem e ao mesmo tempo vão estar a ajudar o próximo com uma ação solidária. O desporto tem de ter este papel social e solidário, convido todos a virem”, disse o brasileiro.

Solidariedade

Texto: Luís Afonso Guerreiro

Fotos: João Paulo Trindade / SL Benfica

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar