23 de dezembro de 2018, 20h59

Rui Vitória: “Exibição de grande categoria”

Futebol

Goleada ao SC Braga a fechar 2018. O segredo? “A equipa soube quando e como atacar e, ao mesmo tempo, defender”, revelou o treinador das águias.

Era preciso um SL Benfica muito forte para derrotar um SC Braga muito forte também! Foram estas as palavras de Rui Vitória na antevisão ao desafio da 14.ª jornada da Liga NOS. A equipa cumpriu e interpretou na perfeição, e a consequência foi uma goleada, por 6-2, com uma exibição de “tremenda alma”, analisou o treinador após o encontro.

O trunfo para a goleada

Foi uma excelente partida da nossa parte, uma excelente exibição, com os nossos jogadores a saberem aquilo que tínhamos de fazer para derrotar este excelente Braga. Quero dar os parabéns aos meus jogadores, foi uma exibição de grande categoria. Acima de tudo soubemos muito bem os tempos que tínhamos de atacar e soubemos muito bem como controlar a força que o Braga tem. Uma palavra ao Braga, é uma excelente equipa, está muito bem trabalhada pelo Abel e hoje o que se passou aqui não é a realidade do que tem sido o campeonato do Braga. É uma equipa que tem muita qualidade, mas nós hoje fomos fortes e soubemos muito bem quando atacar, como atacar e ao, mesmo tempo, como defender e esse foi, de facto, o nosso grande trunfo.”

Benfica-Braga

Eficácia ofensiva vs. reação à perda de bola

“Gostei de tudo. É evidente que os dois golos sofridos foram aquilo que não queríamos, mas também, quem marca seis golos e cria as situações que nós criámos, golos bonitos, tenho de ser, de certa forma, condescendente com os meus jogadores. Os meus jogadores interpretaram tudo na perfeição, tiveram uma alma tremenda, à Benfica. A equipa jogou muito solta, muito determinada e começámos desde muito cedo a ir para uma grande exibição. Fomos muito fortes em muitos aspetos!”

Benfica-Braga

A retoma e os objetivos

“O trabalho é feito desta forma. Temos de continuar com os pés bem assentes na terra! Evidentemente que temos muto trabalho pela frente. Ganhámos um jogo, sabemos muito bem aquilo que estamos a fazer, vamos somando vitórias, somando pontos e é isso que queremos. Agora, é saborear esta vitória, festejar com os jogadores e passar o Natal bem. Desejo um bom Natal a todos e, em particular aos Benfiquistas, umas excelentes festas.”

Benfica-Braga

Orgulho dos Benfiquistas

“Foi uma exibição de gala, de grande categoria! Naturalmente, os benfiquistas irão para casa contentes, mais confiantes e orgulhosos com aquilo que a equipa fez. Queríamos a vitória para somar mais três pontos e conseguimos isso com brilhantismo. Não era uma questão de fazer as pazes, era uma questão de vencer e vencemos justamente. Este triunfo traz três pontos, os mesmo três pontos que trouxemos da Madeira, de Setúbal e dos últimos jogos que fizemos. Traz-nos um sentimento de satisfação e confiança. Fomos poderosos, fortes e dominámos praticamente todos os momentos jogo.”

Benfica-Braga

Conhecimento profundo do adversário e a exibição de gala

“É uma consequência do trabalho. As alterações que fizemos no jogo em Montalegre eram já a preparar este e, depois, não o preparámos só do ponto de vista de alguns jogadores que tinham de recuperar ou descansar, mas também na forma como olhámos para o jogo em si e para o adversário. Estávamos muito cientes do Braga que ia aparecer na Luz. Soubemos controlar o jogo dos dois pontas de lança, bem como a saída a três e, ao mesmo tempo, fomos pressionantes e controladores do espaço interior. Com bola, evitámos sempre as parelhas, 3x2, 4x3… criando pequenas dinâmicas e causando assim mossa na equipa do Braga. Para além de controlarmos praticamente todos os momentos do jogo, os jogadores também estiveram inspirados para fazerem os golos que fizeram.”

Texto: Sónia Antunes

Fotos: João Paulo Trindade e Isabel Cutileiro / SL Benfica

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar