28 de julho de 2019, 00h36

🎥 Bruno Lage: "Continuar a evoluir"

Futebol

"Fazer melhor", numa linha de continuidade, é ideia-chave do treinador do Benfica para o duelo com AC Milan, às 20h00 de domingo, no encerramento da participação na ICC 2019.

Otimizar o rendimento da equipa do Benfica, que vem de vitórias sobre o Chivas e a Fiorentina na International Champions Cup, é um objetivo declarado pelo treinador Bruno Lage na antevisão do embate com o AC Milan, no fecho da participação neste torneio de pré-época.

Com seis pontos averbados nas duas partidas efetuadas nos Estados Unidos, o conjunto benfiquista encontra-se numa posição em que pode legitimamente pensar na conquista da ICC 2019. Um cenário que em nada mudará as ideias do técnico para o desafio com os rossoneri, agendado para este domingo às 15h00 locais (20h00 em Portugal Continental) no Gillette Stadium.

Como perspetiva o jogo com o AC Milan?

Além de tentarmos fazer um grande jogo, na sequência do que temos vindo a fazer, as expectativas são as melhores, porque é o último jogo de treino e queremos preparar-nos da melhor forma para o início da nova época, que arranca com a Supertaça. Queremos continuar a evoluir, olhar para aquilo que têm sido os nossos jogos e irmos ao encontro da nossa melhor performance, o nosso melhor posicionamento, as nossas melhores decisões, e simultaneamente proporcionarmos ritmo de jogo aos nossos atletas. É nesse sentido que vamos olhar para o jogo.

Que onze do Benfica é expectável para esta partida, a uma semana do jogo da Supertaça?

Se responder, vou abrir o jogo para o meu adversário, será tornar fácil a análise da nossa equipa, da nossa forma de jogar, e isso também é tirar trabalho ao adversário. O mais importante, e para que se perceba a lógica das nossas decisões, é sabermos que há jogadores e duplas que já conhecemos e que aqui, nestes jogos, também temos oportunidade de verificar que outros jogadores podem fazer duplas. Este é o momento certo. Eventualmente, iniciaremos o jogo com um onze que não será o da Supertaça. Tudo depende da resposta que, coletiva e individualmente, os jogadores forem dando. Estamos na quarta semana de pré-época. É prematuro falar de onze ideal, porque há jogadores que atingem a melhor performance mais rápido do que outros. Importante é nós, a partir do dia 4 de agosto até final da época, escolhermos o melhor onze para cada jogo em função do rendimento, do estado físico dos atletas e de questões estratégicas.

Conferência Antevisão Benfica-AC Milan

Nesta pré-época, há algum jogador que o tenha surpreendido?

Não vou responder em concreto, mas agradou-me ver que um ou outro jogador, que não conhecia tão bem, poderá fazer mais do que uma posição.

Em que percentagem tem definido o onze da Supertaça?

É difícil responder. Da mesma forma que estamos a preparar a nossa equipa, o Sporting também está a preparar a sua, e tem-no feito de forma semelhante: uns jogadores vão jogando 60 minutos, outros 78 minutos... Vão também trocando duplas, um ou outro jogador joga numa posição, depois noutra. O treinador também está a tentar conhecer isso, a adaptar os novos jogadores à sua ideia. Nos jogos mais importantes tem jogado com uma linha defensiva de quatro, mas também poderá jogar com uma linha de cinco. O lado estratégico também será considerado nas nossas decisões no dia 4, e acredito que no Sporting também.

No que é que a forma de jogar do AC Milan, nos seus posicionamentos defensivos e ofensivos, poderá ajudar o Benfica na preparação do jogo da Supertaça?

O posicionamento do Milan é completamente diferente. É uma equipa que tem jogado em losango e tem dinâmicas diferentes daquelas que o Sporting tem apresentado. Serão dois jogos completamente diferentes.

Conferência Antevisão Benfica-AC Milan

Samaris disse que o plantel tem soluções de luxo em todas as posições. E o Benfica ainda quer mais...

Quem treina o Benfica, e tendo este conjunto de jogadores, tem de estar muito satisfeito, mas, quando olhamos para outras equipas, há a ambição de nos querermos aproximar ainda mais e ter um nível alto. A minha ambição é evoluir enquanto treinador e, nesse contexto, proporcionar a evolução individual dos meus jogadores. Se simultaneamente tivermos a oportunidade de fortalecer e diversificar para criar um ambiente competitivo e saudável, estaremos a proporcionar a evolução dos nossos jogadores. E isto é para os mais novos e para os mais velhos. Samaris disse que foi um exemplo de paciência... Além de saber esperar pela oportunidade, eu senti a evolução e aprendizagem que teve a jogar num sistema diferente e em duas posições. A minha forma de estar na vida é de aprender, evoluir, querer sempre ser melhor. Aos jogadores tenho de criar um ambiente competitivo para toda a gente estar pronta para treinar, jogar e evoluir.

Pensando no jogo com o AC Milan: em que aspetos é que gostava que o Benfica fosse melhor do que aquilo que mostrou no desafio anterior frente à Fiorentina?

Em todos. O que está bom deve ser mantido, e depois melhorar um ou outro detalhe, como referi após o último jogo. Também devemos pensar em evoluir no que fazemos bem, porque os adversários são diferentes, as competências individuais também. A jogar de três em três dias, o que hoje fazemos bem, amanhã podemos já não fazer tão bem. Frente ao Milan quero ver a equipa continuar a fazer o que fez de bom, e ainda mais tempo de jogo a um ritmo bom, e ter oportunidade de fazer melhor o que fizemos menos bem.

O Benfica pode ganhar a ICC 2019. Em que medida é que este fator pode condicionar as suas escolhas para o jogo com o Milan?

Faço minhas as palavras de Pizzi, que foi o capitão no último jogo. Antes de entrarmos em campo, as últimas palavras são sempre do capitão, e ele disse basicamente isto: depois de tudo o que míster já nos disse para fazermos em campo, é um jogo de treino e quem joga pelo Benfica tem de se preparar a vencer todos os jogos. É o que vamos fazer. Depois do plano estratégico estar definido, é olharmos para o jogo. Quem veste esta camisola e joga por este Clube tem de entrar em campo para vencer.

Texto: João Sanches e Marco Rebelo

Fotos: Tânia Paulo / SL Benfica

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar