4 de agosto de 2019, 22h58

🎥 Goleada de régua e esquadro e 8.ª Supertaça no Museu

Futebol

O Benfica bateu o Sporting por 5-0, no Estádio do Algarve.

Aí está a 8.ª Supertaça do palmarés do Benfica! No Estádio Algarve, as águias foram superiores ao Sporting, venceram por 5-0, através dos golos de Pizzi (2), Rafa, Grimaldo e Chiquinho, e enriquecem ainda mais as vitrinas do Museu Benfica – Cosme Damião.

No Estádio Algarve, o Sporting começou melhor, com uma oportunidade aos 3’. Mathieu descobriu Bruno Fernandes na meia esquerda. O médio cruzou na direção de Bas Dost, Ferro antecipou-se, mas ao cortar ia introduzindo a bola na própria baliza. Odysseas evitou com uma grande estirada.

Esta oportunidade foi sol de pouca dura. À forte pressão exercida pelas águias, o Sporting sentia dificuldade na construção desde trás em ataque apoiado. Para ultrapassar a primeira zona de pressão, os comandados por Marcel Keizer utilizavam Raphinha na ala direita e Bruno Fernandes entrelinhas ou na ala esquerda; o Benfica, com maior posse de bola nos minutos iniciais, construiu pelos três corredores, usando, ainda, o jogo entrelinhas.

Porém, o primeiro grande sinal de perigo encarnado até saiu num contra-ataque, aos 16’. Em superioridade numérica, o Benfica, através de Seferovic, ficou perto de finalizar. O defesa-direito Thierry Correia cortou na hora exata.

O dérbi foi jogado a bom ritmo nos primeiros 45 minutos, mas com a bola a marcar presença mais forte no meio-campo e não tanto nas áreas. O perigo regressou aos 28’ e depois aos 38’, ambas oportunidades para os leões e por intermédio de Bruno Fernandes. Perto da meia hora, Bas Dost descobriu Bruno Fernandes, o 8 rematou na passada para intervenção de nível superior por parte de Odysseas; volvidos 10 minutos foi Acuña a lançar o internacional português, mas, uma vez mais, Bruno Fernandes perdeu no um-para-um com o guarda-redes benfiquista.

Benfica-Sporting Supertaça

[GOLO: 1-0] Quem não marca, sofre. A velha máxima do futebol veio ao de cima aos 40’ através de Rafa. Pizzi, com um cruzamento com conta, peso e medida, descobriu o 27 ao segundo poste. O atacante, nas costas de Thierry Correia, rematou de primeira, com o pé esquerdo, sem hipóteses para Renan.

A segunda parte começou sob o signo do cartão amarelo. Três cartões mostrados pelo árbitro Nuno Almeida em cinco minutos. O jogo assentou e aos 51’, Raphinha, ao primeiro poste, a desviar, com a bola a sair a centímetros da baliza encarnada.

A partir daqui só deu Benfica, com os comandados por Bruno Lage a construírem um resultado mais avolumado.

[GOLO: 2-0] Recuperação de bola de Rafa à entrada da área leonina, com o 27 a assistir Pizzi para o golo (60’). Erro clamoroso da defesa do Sporting na tentativa de sair a jogar para o ataque.

Benfica-Sporting Supertaça

No minuto seguinte, aos 61’, Rafa foi lançado, esgueirou-se para a área e tentou assistir Pizzi, mas o passe não saiu da melhor maneira e o remate do 21 saiu ao lado.

[GOLO: 3-0] Não foi aos 61’, foi aos 64’. Livre direto superlativamente apontado por Grimaldo para o terceiro das águias. Renan ainda toca no esférico, mas não evitou que ele se aninhasse nas redes.

Jogo de sentido único no Estádio Algarve e aos 67’, Florentino recuperou a bola em zona adiantada, deixou para Raul de Tomas, que descobriu Seferovic na profundidade. Já na área, o remate do suíço encontrou o guarda-redes do Sporting. O 4-0 ficou perto!

O Sporting sacudiu a pressão encarnada aos 73’ pelo inevitável Bruno Fernandes. Na área, o médio verde e branco rematou forte para defesa de Odysseas; aos 74’, Acuña só não criou mais perigo porque Grimaldo cortou no momento certo.

[GOLO: 4-0] Uma vez mais, quem não marca, sofre. Aos 75’, Rafa trabalhou na esquerda, deixou para Pizzi que ultrapassou Neto e, de pé esquerdo, bateu Renan.

Mesmo na frente no marcador, o Benfica não tirava o pé do acelerador. Nuno Tavares recuperou o esférico, saiu que nem uma flecha para o contra-ataque, deixou a bola para Raul de Tomas, o espanhol cruzou para Seferovic, que só não fez golo porque Renan estava atento (81’).

Benfica-Sporting Supertaça

[GOLO: 5-0] Saída rápida do Benfica para o ataque, com grande envolvimento coletivo. Grimaldo cruzou para a área, onde estavam Seferovic e Chiquinho sozinhos. Renan ainda evitou o tento ao suíço, mas já nada conseguiu fazer na recarga do camisola 19 que entretanto entrara na partida (90’).

O Benfica venceu o dérbi, conquistou a 8.ª Supertaça Cândido de Oliveira e no próximo dia 10 de agosto, as 21h30, no Estádio da Luz, recebe o Paços de Ferreira para a ronda inaugural da Liga NOS.

Texto: Marco Rebelo

Fotos: Cátia Luís / SL Benfica

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar