Futebol

04 agosto 2019, 22h58

Festejos do Benfica no final da Supertaça

Aí está a 8.ª Supertaça do palmarés do Benfica! No Estádio Algarve, as águias foram superiores ao Sporting, venceram por 5-0, através dos golos de Pizzi (2), Rafa, Grimaldo e Chiquinho, e enriquecem ainda mais as vitrinas do Museu Benfica – Cosme Damião.

No Estádio Algarve, o Sporting começou melhor, com uma oportunidade aos 3’. Mathieu descobriu Bruno Fernandes na meia esquerda. O médio cruzou na direção de Bas Dost, Ferro antecipou-se, mas ao cortar ia introduzindo a bola na própria baliza. Odysseas evitou com uma grande estirada.

Esta oportunidade foi sol de pouca dura. À forte pressão exercida pelas águias, o Sporting sentia dificuldade na construção desde trás em ataque apoiado. Para ultrapassar a primeira zona de pressão, os comandados por Marcel Keizer utilizavam Raphinha na ala direita e Bruno Fernandes entrelinhas ou na ala esquerda; o Benfica, com maior posse de bola nos minutos iniciais, construiu pelos três corredores, usando, ainda, o jogo entrelinhas.

Porém, o primeiro grande sinal de perigo encarnado até saiu num contra-ataque, aos 16’. Em superioridade numérica, o Benfica, através de Seferovic, ficou perto de finalizar. O defesa-direito Thierry Correia cortou na hora exata.

O dérbi foi jogado a bom ritmo nos primeiros 45 minutos, mas com a bola a marcar presença mais forte no meio-campo e não tanto nas áreas. O perigo regressou aos 28’ e depois aos 38’, ambas oportunidades para os leões e por intermédio de Bruno Fernandes. Perto da meia hora, Bas Dost descobriu Bruno Fernandes, o 8 rematou na passada para intervenção de nível superior por parte de Odysseas; volvidos 10 minutos foi Acuña a lançar o internacional português, mas, uma vez mais, Bruno Fernandes perdeu no um-para-um com o guarda-redes benfiquista.

Benfica-Sporting Supertaça

[GOLO: 1-0] Quem não marca, sofre. A velha máxima do futebol veio ao de cima aos 40’ através de Rafa. Pizzi, com um cruzamento com conta, peso e medida, descobriu o 27 ao segundo poste. O atacante, nas costas de Thierry Correia, rematou de primeira, com o pé esquerdo, sem hipóteses para Renan.

A segunda parte começou sob o signo do cartão amarelo. Três cartões mostrados pelo árbitro Nuno Almeida em cinco minutos. O jogo assentou e aos 51’, Raphinha, ao primeiro poste, a desviar, com a bola a sair a centímetros da baliza encarnada.

A partir daqui só deu Benfica, com os comandados por Bruno Lage a construírem um resultado mais avolumado.

[GOLO: 2-0] Recuperação de bola de Rafa à entrada da área leonina, com o 27 a assistir Pizzi para o golo (60’). Erro clamoroso da defesa do Sporting na tentativa de sair a jogar para o ataque.

Benfica-Sporting Supertaça

No minuto seguinte, aos 61’, Rafa foi lançado, esgueirou-se para a área e tentou assistir Pizzi, mas o passe não saiu da melhor maneira e o remate do 21 saiu ao lado.

[GOLO: 3-0] Não foi aos 61’, foi aos 64’. Livre direto superlativamente apontado por Grimaldo para o terceiro das águias. Renan ainda toca no esférico, mas não evitou que ele se aninhasse nas redes.

Jogo de sentido único no Estádio Algarve e aos 67’, Florentino recuperou a bola em zona adiantada, deixou para Raul de Tomas, que descobriu Seferovic na profundidade. Já na área, o remate do suíço encontrou o guarda-redes do Sporting. O 4-0 ficou perto!

O Sporting sacudiu a pressão encarnada aos 73’ pelo inevitável Bruno Fernandes. Na área, o médio verde e branco rematou forte para defesa de Odysseas; aos 74’, Acuña só não criou mais perigo porque Grimaldo cortou no momento certo.

[GOLO: 4-0] Uma vez mais, quem não marca, sofre. Aos 75’, Rafa trabalhou na esquerda, deixou para Pizzi que ultrapassou Neto e, de pé esquerdo, bateu Renan.

Mesmo na frente no marcador, o Benfica não tirava o pé do acelerador. Nuno Tavares recuperou o esférico, saiu que nem uma flecha para o contra-ataque, deixou a bola para Raul de Tomas, o espanhol cruzou para Seferovic, que só não fez golo porque Renan estava atento (81’).

Benfica-Sporting Supertaça

[GOLO: 5-0] Saída rápida do Benfica para o ataque, com grande envolvimento coletivo. Grimaldo cruzou para a área, onde estavam Seferovic e Chiquinho sozinhos. Renan ainda evitou o tento ao suíço, mas já nada conseguiu fazer na recarga do camisola 19 que entretanto entrara na partida (90’).

O Benfica venceu o dérbi, conquistou a 8.ª Supertaça Cândido de Oliveira e no próximo dia 10 de agosto, as 21h30, no Estádio da Luz, recebe o Paços de Ferreira para a ronda inaugural da Liga NOS.

Texto: Marco Rebelo

Fotos: Cátia Luís / SL Benfica

Última atualização: 5 de agosto de 2019

Patrocinadores principais do Futebol


Relacionadas

Futebol

Treino em dia de aniversário

O líder Benfica defronta o Vitória de Guimarães no próximo sábado, dia 25 de setembro, numa partida relativa à 7.ª jornada da Liga Bwin, com pontapé inicial marcado para as 18h00. Tendo em vista a deslocação à Cidade-Berço, e em dia do 15.º Aniversário do Benfica Campus, a formação comandada por Jorge Jesus treinou no local...

Futebol

Por dentro da vitória frente ao Boavista

O Benfica soma e segue na Liga Bwin, desta feita venceu o Boavista, na segunda-feira, 20 de setembro, no Estádio da Luz. O 3-1 registado coloca os comandados de Jorge Jesus como o melhor ataque da competição, com 16 golos, no topo isolado da geral. Veja os bastidores de mais um triunfo na Catedral...

Futebol

Vertonghen "muito feliz" pelos 50 jogos de águia ao peito

Jan Vertonghen foi titular no eixo defensivo do Benfica no encontro da 6.ª jornada da Liga Bwin, frente ao Boavista, no Estádio da Luz, este dia 20 de setembro, tendo alcançado um marco na sua carreira com o Manto Sagrado vestido. "Estou muito feliz pelos 50 jogos de águia ao peito!", partilhou o internacional belga em português.

Futebol

Diogo Gonçalves assinala 50 jogos na equipa principal

Diogo Gonçalves alinhou no onze inicial do Benfica perante o Boavista, numa partida realizada no Estádio da Luz, referente à 6.ª jornada da Liga Bwin. Num encontro em que atingiu os 50 jogos pela equipa principal das águias, foi dele a assistência para o golo do Darwin, tento que abriu caminho para o triunfo por 3-1. "Estou muito feliz por ter completado 50 jogos pela equipa principal do Benfica. Que venham mais 50, junto com todos vocês! Obrigado pelo apoio", partilhou o defesa, dirigindo-se aos Benfiquistas.

Futebol

Benfica-Boavista em imagens

Seis jornadas, seis vitórias... há 39 anos que o Benfica não tinha um arranque como este no Campeonato Nacional. No Estádio da Luz, nesta noite de segunda-feira, dia 20 de setembro, a formação comandada por Jorge Jesus venceu o Boavista, por 3-1, numa partida intensa e bem disputada. Contas feitas, 18 pontos e a liderança invicta da Liga Bwin.

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar