11 de setembro de 2019, 17h22

Balanço: 12 ao serviço das seleções

Futebol

Rúben Dias, Pizzi, Rafa e Ferro (Portugal), Jota e Nuno Tavares (Portugal Sub-21), Tomás Tavares (Portugal Sub-19), Odysseas e Samaris (Grécia), Seferovic (Suíça), Svilar (Bélgica Sub-21) e Adel Taarabt (Marrocos) são os elementos do plantel principal do Benfica que estiveram fora.

RESUMO

Foram 12 os jogadores do plantel principal do Benfica que, na última semana e meia, estiveram em jogos oficiais e/ou particulares ao serviço das respetivas seleções. Numa altura em que já estão de regresso ao Clube, fazemos o balanço.

Rafa

RÚBEN DIAS, RAFA, PIZZI E FERRO

Por Portugal, Rúben Dias foi totalista, tendo sido opção de Fernando Santos para os dois jogos (Sérvia, 2-4 e Lituânia, 1-5) de apuramento para o Europeu 2020. Rafa e Pizzi entraram nas contas do segundo jogo, tendo o camisola 27 do Benfica subido ao relvado aos 56’ para assistir, 10 minutos depois, Cristiano Ronaldo para o 1-2. Pizzi foi chamado aos 89’ e Ferro – pela primeira vez na principal Seleção de Portugal – esteve no banco de suplentes no segundo compromisso dos Campeões Europeus.

Adel Taarabt

ADEL TAARABT

Um dos maiores destaques vai para Adel Taarabt. Depois de ter estado em campo nos últimos 28 minutos do particular com o Burkina Faso (1-1), num jogo que assinalou o regresso à seleção de Marrocos após mais de cinco anos de ausência, o médio, em novo particular, desta vez com o Níger (vitória de Marrocos por 1-0), não só foi titular como envergou a braçadeira de capitão, fazendo ainda a assistência para o golo. Saiu aos 76 minutos ovacionado pelo público.

Samaris

ODYSSEAS E SAMARIS

Na Grécia, Odysseas e Samaris também foram convocados, mas só o médio jogou. Fez os 90 minutos no empate (1-1) caseiro frente ao Lichtenstein na fase de qualificação para o Europeu 2020.

Seferovic

SEFEROVIC

Quem também alinhou como titular foi Seferovic, mas pela Suíça, em partida a contar para o Grupo D da fase de qualificação para o Euro 2020. Depois do jogo em Dublin, frente à República da Irlanda (1-1), o ponta de lança acabou por ser dispensado pelo técnico Petkovic para poder assistir, em Lisboa, ao nascimento do seu primeiro filho.

Svilar

SVILAR

Pelos Sub-21 da Bélgica estreou-se Mile Svilar. O guarda-redes encarnado foi titular nos jogos com o País de Gales (derrota por 1-0) e Bósnia-Herzegovina (0-0) de qualificação para o Europeu de 2021.

Sub-21

JOTA, NUNO TAVARES, NUNO SANTOS* E TOMÁS TAVARES

Também no escalão Sub-21, Portugal jogou duas vezes no início da Qualificação para o Campeonato da Europa Eslovénia/Hungria 2021. Na goleada por 4-0 sobre a congénere de Gibraltar, Rui Jorge fez entrar Nuno Santos (do Benfica B) ao intervalo, numa altura em que Portugal já vencia por 2-0. Na segunda partida, na Bielorrússia (0-2), os três jogadores do Benfica foram titulares: Jota, Nuno Tavares e Nuno Santos.

Nos Sub-19, o lateral-direito Tomás Tavares atuou nos amigáveis que a equipa nacional teve frente à Belgica (entrou aos 56') e à Holanda (titular, efetuou os 90 minutos).

DESEMPENHO 

Jogador Jogos Minutos
Rúben Dias 2 180
Pizzi 1 1
Rafa 1 34
Ferro 0 0
Jota 1 87
Nuno Tavares 1 45
Tomás Tavares 2 124
Odysseas 0 0
Samaris 1 90
Seferovic 1 90
Svilar 2 180
Adel Taarabt 2 104
Nuno Santos* 2 135

* Membro do plantel da equipa B do Benfica

Terminados os compromissos internacionais, o Benfica regressa à competição já no sábado (14 de setembro, às 19h00) com uma receção ao Gil Vicente FC a contar para a 5.ª jornada da Liga NOS.

Texto: Filipa Fernandes Garcia

Fotos: SL Benfica e UEFA.com

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar