14 de setembro de 2019, 21h29

🎥 Paciência e insistência recompensadas

Futebol

O Benfica superou o Gil Vicente no Estádio da Luz, na 5.ª jornada da Liga NOS.

RESUMO DO JOGO

Bater até furar! De volta à competição após duas semanas de paragem, o Benfica soube ser insistente e competente nas manobras de perfuração da defensiva do (bem estruturado) Gil Vicente e fabricou uma vitória por 2-0 no Estádio da Luz, na 5.ª jornada da Liga NOS.

Com vontade de fazer mexer o marcador rapidamente, o Benfica lançou-se na construção e, com a bola a correr, criou as primeiras dificuldades à defensiva gilista num lance ao minuto 3 em que Pizzi tentou isolar Seferovic, e foi por pouco que o passe não deixou o camisola 14 em posição de atirar para as redes.

Em nova aproximação à baliza da equipa minhota, num canto cobrado à direita por Pizzi, Ferro saltou mais alto na área e cabeceou com convicção, mas o esférico passou por cima da trave (8').

No ataque seguinte, Pizzi perfurou a linha defensiva do Gil Vicente e, já no interior da grande área, foi derrubado por Nogueira. Penálti para o Benfica aos 9'! Da marca dos onze metros, o camisola 21 atirou colocado, para a esquerda, mas Denis, o guarda-redes adversário, estirou-se e conseguiu suster o esférico (10').

De bola parada, as águias voltaram a desenhar uma chance para inaugurar o marcador: Pizzi, na esquerda, executou o canto ao minuto 32; Seferovic, na área, bateu os centrais e cabeceou para defesa vistosa de Denis.

O Benfica, com Taarabt e Fejsa no coração do meio-campo, elaborava ofensivas, atraía, virava o centro do jogo, forçava desequilíbrios e, ao minuto 39, na sequência de um cruzamento de Rafa sobre a ala esquerda, Pizzi viu-se numa excelente posição para bater Denis, mas este, com a perna direita, evitou por instinto o 1-0.

Perante um adversário organizado e pertinente quando tinha hipótese de contra-atacar (como aconteceu aos 40' com Baraye no remate para intervenção de Odysseas), a equipa benfiquista não desistiu de se colocar em vantagem ainda antes do intervalo.

Ao minuto 45, André Almeida, muito bem servido por um passe primoroso de Taarabt, voltou a esticar o jogo pela direita, cruzou... e Nogueira, numa tentativa de corte, inviabilizou a chegada do esférico aos pés de Raul de Tomas (que estava prontíssimo para faturar), mas tocou-o para dentro da própria baliza: 1-0. Autogolo!

Benfica-Gil Vicente

Os gilistas, com uma alteração no onze no reatamento (saiu Samuel Lino, entrou Romário Baldé), ensaiaram uma movimentação perigosa aos 49', com Kraev a rematar ao lado.

O Benfica subiu, abeirou-se da grande área do Gil, André Almeida cruzou da direita e Pizzi cabeceou à avançado, fazendo a bola beijar a malha lateral da baliza, mas pelo lado exterior. As águias rondavam o segundo golo.

Ao minuto 53, mais um canto para os encarnados, no lado direito. Grimaldo assumiu a cobrança e cruzou largo para Pizzi encostar ao segundo poste. Era o 2-0 para o Benfica no Estádio da Luz, que nesta tarde/noite registou uma assistência de 54 706 espectadores. E Pizzi apontava o seu sexto golo nesta Liga NOS, onde surge como líder dos marcadores, enquanto Grimaldo anotava mais uma assistência no currículo.

Posse de bola, controlo do jogo para o Benfica... mas o Gil Vicente, em contragolpe, disse "presente". Kraev, aos 70', escapou e atirou para defesa de Odysseas; ainda tentou a recarga, mas não enquadrou o remate.

Bruno Lage promoveu uma troca na equipa aos 71': saiu Rafa, entrou Caio Lucas. A segunda ocorreu aos 77': Raul de Tomas cedeu o lugar a Jota.

Caio, aos 81', numa incursão pelo corredor central, arriscou um pontapé de meia distância, mas a bola subiu um pouco e sobrevoou a baliza do conjunto visitante.

Numa jogada de insistência, Pizzi procurou romper pelo eixo, um defensor cortou, mas o esférico ficou à mercê da ação de Seferovic, que tentou a conclusão, mas acertou nas redes laterais. Isto aconteceu aos 85'.

Tomás Tavares, mais um produto da formação do Benfica, esteve pronto para entrar e estrear-se pela primeira equipa, mas o curso do jogo, sem paragens na ponta final, adiou o momento para futura ocasião.

Texto: João Sanches

Fotos: João Paulo Trindade / SL Benfica

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar