Clube

24 setembro 2019, 23h24

Luís Filipe Vieira

RESUMO DA ENTREVISTA

Luís Filipe Vieira, Presidente do Sport Lisboa e Benfica, concedeu na noite de terça-feira uma grande entrevista à TVI e à TVI24.

Projeto desportivo, finanças do Clube, mercado de transferências, renovações de contratos, relações com os rivais, planos para o futuro muitos foram os temas abordados... 

Luis Filipe Vieira

Estabilidade nas contas

"O meu grande sonho é continuar o trajeto que temos estado a fazer! Chegar hoje ao Benfica e ter capitais próprios, ou seja, os capitais próprios da SAD superiores ao que existe. Temos um ativo de 500 milhões de euros e um passivo de 384 milhões de euros, daí teremos de deduzir 124 milhões de euros, que foi o desconto que fizemos do contrato da NOS para pagar dívida. Nos últimos quatro anos o Benfica pagou ao sistema financeiro, aos bancos, 250 milhões de euros. Poucas empresas neste País o conseguiram fazer. O ativo do Benfica são 500 milhões de euros, e neles está quantificada uma cifra de 80 milhões, que é o plantel do Benfica. Só para dar um exemplo, a 30 de junho, o Benfica vendeu um jogador [João Félix] por 126 milhões de euros, tirando os juros e as comissões… são cerca de 108 milhões de euros. Num jogador só, o Benfica ultrapassou o ativo que tinha. Neste momento o Benfica tem a dívida completamente controlada. O Benfica tem outras prioridades, que têm a ver com as suas infraestruturas. Ainda não acabaram, queremos fazer a expansão do Seixal – e tudo o que está no Seixal está liquidado! O Benfica tem hoje uma situação invejável."

Luís Filipe Vieira em entrevista à TVI

O sonho europeu

"Gosto de ter os pés bem assentes no chão. Nos últimos 10 anos, o Benfica ganhou 17 títulos, os nossos rivais ganharam 17 títulos; nos últimos seis anos, o Benfica ganhou 13 títulos e os nossos rivais ganharam oito. Aqueles que andaram atrás de nós estão no estado em que estão. O Benfica não pode entrar na destruição. Se estivesse aqui um demagogo qualquer queria investir para apresentar uma superequipa, mas imagine que não resultava… a queda era grande. O Benfica tem um projeto, não abdica desse projeto e foi assim que chegou a esta posição. E vamos continuar nesta posição."

"O meu sonho Europeu não morre. Nós vamos lá chegar! Isto não vai com planos de investimento, vai com aquilo que temos estado a fazer. O Benfica hoje tem jogadores no plantel principal com o ADN do Benfica, jogadores da Formação. São nove jogadores, possivelmente para o ano terá mais um ou outro. Se o Benfica tiver de ir ao mercado, se não se puder abastecer no Seixal, vai ao mercado."

"Acredito naquilo que fazemos diariamente e o tempo tem-me dado razão. Não chegámos aqui de qualquer maneira, chegámos aqui com uma estratégia e um planeamento. Tudo foi pensado para ser executado, e está a sê-lo. Há hoje muita gente a dizer que o Benfica é um caso de estudo. É impensável no futebol fazer o que nós fizemos. Quando eu cheguei ao Benfica, o clube não tinha nada. Nem a marca era do Benfica, estava penhorada a um banco. Nada era nosso. Hoje, temos o património que temos… Pago. Temos ativos, feitos no Seixal e outros que contratamos... Uma tesouraria invejável, não nos podemos esquecer disto. O Benfica é emoção, é paixão, mas também sei que qualquer benfiquista deve estar orgulhoso de como está o Clube."

João Félix

Transferência de João Félix e Jorge Mendes

"Jorge Mendes é sempre muito badalado, e curiosamente há outros que querem trabalhar com ele, mas ele não aceita. Jorge Mendes tem um preço, é um profissional, cobra 10 por cento de comissão, toda a gente sabe disso. Jorge Mendes aparece na negociação porque, quando passámos a cláusula de rescisão de João Félix de 60 para 120 milhões, ficou acordado que ele e Moreira de Sá, com quem fez uma parceria, teriam direito a 10 por cento se o jogador fosse transferido pelos 120 milhões de euros da cláusula de rescisão, a pronto. O Benfica já recebeu o dinheiro da venda, mas Jorge Mendes ainda não tem a comissão. Há de recebê-la lentamente."

RDT

Rendimento de Raul de Tomas

"O jogador tem um passado, toda a gente sabe que ele é um goleador. O scouting do Benfica foi unânime na exigência da contratação deste jogador. Havia uma feridazita entre o Benfica e o Real Madrid, mas já está tudo sanado. Não me preocupa nada que não esteja a marcar golos. Há de marcá-los. Já aprendi uma lição no Benfica: se compro por 15 milhões de euros é caro, se vendo por 15 milhões é barato."

Vinicius

Contratação de Vinícius e a antecipação aos rivais

"Em junho, estive em Nápoles para contratar Vinícius. Ofereci 12 milhões de euros e o presidente do clube não aceitou. Houve mais dois clubes portugueses e um clube inglês interessados nele. O Benfica antecipou-se. FC Porto e Sporting estiveram interessados nele, não podem desmentir. Se calhar não tiveram pedalada para ele, queriam-no por empréstimo. Contratá-lo foi uma decisão praticamente minha. Graças ao crédito do Clube também sabemos comprar. O principal título que o Benfica tem é o da credibilidade. O jogador não tem nada a ver com Jorge Mendes. Quem representa Vinícius é António Teixeira e um agente brasileiro. A eles foi paga a comissão. Vinícius é um nome que também foi indicado pelo scouting do Benfica."

Luís Filipe Vieira em entrevista à TVI

O empréstimo de Cádiz

"Não custou três milhões de euros, foram 2,5 milhões. Um jogador para emprestar? Sim! Deixe chegar ao final da época ou daqui a um ano e depois logo vê a lógica que tem. Garanto-lhe que o Benfica não vai perder dinheiro. E se calhar também vamos fazer outra operação em Portugal assim. Há determinadas situações que encaro como um negócio puro, há que ganhar dinheiro. É puro!"

Ederson

Aquisição de Ederson mesmo contra as críticas

"Quando comprei o Ederson, comprei dois jogadores ao Rio Ave dentro de um avião… Se me perguntasse se o Ederson iria ser o que foi, garanto-lhe que nem eu nem ninguém dentro do Benfica seria capaz de dizer isso! Aliás, criticaram-me por comprar o jogador! Eu comprei o Ederson porque era um jogador que tinha passado pelo Benfica… Diziam-me que ele era um bocado desviado da cabeça, lá se foi, perdemos-lhe o rasto e, depois, viemos a encontrá-lo no Rio Ave. Comprámo-lo por 500 mil euros."

Luís Filipe Vieira

O processo Perin

"Foi uma situação que nunca nos tinha sucedido. Fomos a Itália [no mercado de verão], acertámos com a Juventus, depois negociámos com o empresário dele quando chegámos a Portugal – tínhamos acordado cinco anos de contrato – e nesse mesmo dia, quando estava a fazer exames médicos, aconteceu o que aconteceu. Não vale a pena especular. Foi mau para nós e para o jogador. Toda a nossa equipa técnica gostava muito do Perín, mas infelizmente não conseguimos. Dificilmente, depois da lesão, poderemos pensar nele de novo."

Taarabt

Taarabt

"Como é que este jogador deixou passar uma carreira por ele com a qualidade que tem? Não conhecia o Taarabt desta maneira. Lembro-me como é que o negociámos e, dois ou três anos depois, como foi o passado dele no Benfica. Com Bruno Lage tudo mudou. É outra realidade. O treinador disse que o queria e ficou cá, e agora está a provar que merece."

Luís Filipe Vieira em entrevista à TVI

Limite máximo a pagar por um jogador

"Depende... Se for um avançado, um defesa... Já chegámos a 20 milhões de euros por um avançado. 40 milhões? Não, isso não pagava. Se houver necessidade de investir num jogador que não tenha no Benfica Futebol Campus, o Clube tem de ter capacidade para investir. Quem trata do scouting do Benfica sabe que, quando o nosso treinador precisar de um jogador para uma determinada posição e ele não existir dentro de casa, facilmente haverá soluções. Temos um departamento profissionalizado. Quando há necessidade, apresenta soluções e depois o treinador decide. Se houver um pedido expresso do treinador e existir um parecer positivo do scouting, avançamos para a contratação."

Luís Filipe Vieira em entrevista à TVI

A credibilidade e os craques da casa

"São todos do Benfica! Se os deixasse sair seria muito mais criticado. É credibilidade! É muito importante o Benfica poder cumprir com toda a gente, como tem feito… Não vamos inventar mais dinheiro, não queremos ter mais dívida no Benfica. Agora, se o Benfica avançar rapidamente para o projeto europeu, o orçamento terá de subir muito mais… Se vou fazê-lo? Não! Vou continuar na mesma linha de orientação. Quem está no Benfica sabe a cobiça que os jogadores têm, os craques que o Benfica tem! Não acha que um David Tavares é craque? Um Rúben Dias, um Florentino… Se o Benfica tiver dentro de sua casa, não vai fora, isso posso garantir. Porque é que me vou desfazer daquilo que é meu? Têm anos e anos de Benfica, choram pelo Clube… Hoje está tudo equilibrado. Pensa que é fácil bater uma cláusula de rescisão? Eu sei perfeitamente o que estou a fazer!"

Luís Filipe Vieira em entrevista à TVI

Jota e Grimaldo: renovações para breve

"Penso que dentro de dias esse assunto estará resolvido. Falta-nos renovar somente com dois jogadores e o Jota é um deles. O outro? É Grimaldo. Estamos a conversar com ele. Penso que também iremos renovar brevemente. Está praticamente negociado e vai subir o ordenado."

Jonas

O adeus de Jonas

"Há jogadores que nos marcam, pela sua personalidade, pela sua maneira de ser. Ninguém o esquece, também pelos golos que marcava. Deixou muitos amigos no Benfica. Quando terminou a última época disse-me que não queria continuar a jogar futebol. Ele disse-me claramente que tinha acabado, que não tinha condições para jogar futebol. Queria que as pessoas se lembrassem dele como alguém que marcava golos."

Líderes do balneário

"Os líderes são os capitães, o Jardel, o André Almeida e o Pizzi."

Bruno Lage

Bruno Lage, o treinador do Benfica

"É o treinador do Benfica. Já lhe fiz uma abordagem para negociarmos a renovação dele. Acho que a grande maioria dos benfiquistas revê-se neste projeto. Nas eleições vou bater-me por este projeto e depois são os Sócios do Benfica que vão votar se querem este ou um alternativo. Se querem um projeto de carregar num botão, não será comigo de certeza absoluta. Se querem um projeto que é de sucesso desportivo e financeiro, continuarei disponível para servir o Benfica."

Na sucessão em janeiro: a par de tudo

"Quando Rui Vitória se foi embora, disse a Bruno Lage que seria ele o treinador se José Mourinho não viesse. Aliás, Bruno Lage até fez um comentário engraçado, na altura... Disse-me que se José Mourinho viesse para o Benfica, ele próprio iria buscá-lo ao aeroporto. Tive algumas conversas com Mourinho, mas o assunto não evoluiu. No regresso a Lisboa após o jogo com o Santa Clara nos Açores, disse a Bruno Lage que iria ser ele o treinador do Benfica em definitivo."

Luis Filipe Vieira

Relação com os rivais

"Eu penso no Benfica, só. Às vezes falamos uns com os outros, quando há uma reunião na Liga. Mas, em termos estratégicos, pensamos muito em nós. Não há condições, neste momento, no futebol português – o que eu lastimo – para pensar em estratégias conjuntas. Isso é muito mau para a indústria. Se as pessoas estiverem disponíveis para dialogar, não é preciso eu aparecer. Há canais próprios para falar com o Sporting e com o FC Porto. Poderei falar com o presidente do Sporting, mas com o FC Porto não há condições, por motivos óbvios."

Crise no Sporting

"É muito mau para o negócio. Quem elegeu o presidente Frederico Varandas foram os Sócios do Sporting num período muito complicado na vida do clube. No futebol, ou há uma liderança muito forte ou nada funciona. Eu já vivi problemas no Benfica assim, mas sou muito determinado e não vale a pena estar num processo onde não vou acrescentar valor. A prioridade que o Sporting deverá ter é criar estabilidade, se não é mau para o Sporting e para o futebol português. O Sporting devia estar a competir com o Benfica e com o FC Porto."

Luís Filipe Vieira

Aumento da lotação do Estádio da Luz

"Houve uma conversa com Mário Dias e com António Ferreira, a pessoa que está à frente do património do Clube, por causa do projeto deste Estádio. Vamos aumentar a capacidade, mas não me pergunte em quantos lugares. Ainda não está decidido, ficará até ao final do mandato. Estamos a falar com os projetistas, ainda não está decidido, mas quase que lhe posso garantir que vamos por essa via."

Naming do Estádio? Não é barato

"O Benfica já foi confrontado com duas situações diferentes. Numa, havia um determinado 'cliente' que reunia as condições financeiras para o Benfica, mas a marca não era apetecível. Já tivemos a marca, mas não quiseram pagar-nos os valores que pretendíamos. Quanto estamos a pedir? Isso é negócio, não vou revelar. Mas não é barato. Só vale a pena vender o naming se faturarmos bem."

Adeptos

O emblema e eventuais modificações

"Há uma proposta do nosso departamento de marketing que tem muito a ver com a nossa internacionalização. Mas ainda não foi devidamente escalpelizada. Quem vai decidir não somos nós, serão os Sócios. Vamos ser claros: será proposto que o símbolo seja mais comercial, mas serão os Sócios a dar a última palavra. Ninguém vai fazer nada à revelia."

Luis Filipe Vieira

Candidatura para novo mandato

"Ainda me falta um ano… Mas vou-me candidatar novamente! Há promessas que fiz aos Benfiquistas, e não vou falhar. Prometi, e sempre disse, que queria devolver o Benfica aos Benfiquistas, ainda não o consegui, mas estou perto de o conseguir. Garanto-lhe que, no dia em que sair do Benfica, é algo de que poderei ficar muito orgulhoso – eu, as direções que trabalharam comigo, os profissionais do Benfica, Sócios, adeptos, simpatizantes… Foi um trabalho de todos! É uma obra de todos! Entregar o Benfica aos Benfiquistas, com todo o património completamente liquidado, que já está, e entregar o Benfica sem dívidas… Esse é um sonho que eu tenho e penso que estou perto de o conseguir. Depois, nesse dia poderemos conversar."

Limitação dos mandatos

"Não concordo! Se um clube não tiver estabilidade suficiente, se o Benfica tivesse limitação de mandatos, posso garantir que não tinha chegado onde chegou hoje!"

Luis Filipe Vieira

A vida sem as rotinas Benfica…

"Não vale a pena pensar nisso ainda, honestamente ainda não penso. Curiosamente, e isso aconteceu com uma empresa que vendi, passaram-se meses e eu dava por mim a caminhar para lá… depois voltava para trás quando percebia que aquilo que já não era meu. Não sei o que se vai passar com o Benfica, mas é lógico que tenho uma ligação muito forte e há rotinas… Tenho o sentimento de que há um timing para eu sair e penso que nunca sairei no final de um mandato… devo sair a meio, ao final de um ano. Eu conheço-me e quando eu disser que acabou, que já fiz o que tinha de fazer e é altura de parar, eu paro! Por todo o meu trajeto no Clube, quero sair numa altura em que seja recordado, que não esteja a ser julgado por resultados… que tenha a minha marca. Tenho muito orgulho em tudo o que fiz e essa seria também a única forma de justificar à minha família a minha ausência em casa. Mas vou fazer mais um mandato porque ainda tenho muita coisa para fazer!"

Luis Filipe Vieira

Clube vivido intensamente... e a família

"Não fui a Moreira de Cónegos neste último jogo porque o meu neto fazia anos. Tenho cinco netos e há qualquer coisa que tenho de lhes dar… Há coisas que temos de começar a viver. Não sei há quantos anos não tinha férias... Tive este ano, e a minha mulher não acreditava e não tinha as malas feitas. Os meus netos estiveram cerca de 15 dias comigo… Havia demasiado para fazer no Benfica e só estou a conseguir fazer isto agora! Hoje, o Benfica tem quadros à altura e a minha importância no Benfica tem a ver com o meu estilo de liderança e determinação. Ainda temos muita obra para fazer… Para o ano queremos começar com o colégio e com o hotel junto ao Benfica Futebol Campus."

Luís Filipe Vieira

Processo e-toupeira

"Vivemos num estado de Direito. Sou daqueles que acreditam cegamente na Justiça. Há justiça neste País e o que foi feito foi ilibar o Benfica do que quer que seja. Como deve imaginar, durante um ano de certeza que nos andaram a vigiar para chegarem à conclusão de que o Benfica não estava envolvido em nada daquilo. Sobre o Paulo Gonçalves: sou amigo dele. Era um excelente profissional e deu muito ao Benfica. Neste momento, vai enfrentar julgamento, e eu estou convencido de que não será penalizado. Daquilo que eu vi, não pôs em causa o bom-nome do Benfica. Quando ele chegar a julgamento, deixem-no defender-se. Isto é um estado de Direito, a Justiça vai funcionar. Vamos aguardar. Ele não foi julgado ainda."

"O Benfica ganhou dentro do campo a alguns combatentes que, para nos combaterem, jogaram fora das quatro linhas. Na nossa casa todos temos a consciência tranquila. Continuem assim, que mais força nos dão." 

Luís Filipe Vieira

José Eduardo Moniz e José Nuno Martins: troca de palavras

"O Benfica é um clube democrático! Pessoalmente, eu e o José Eduardo Moniz não temos problemas, damo-nos muito bem. Quando divergimos, divergimos lá dentro, porque cá fora, e ambos temos provas disso, há lealdade. Não se concorda, não se concorda, mas, no fim, alguém tem de decidir. Até poderia ir por um caminho que não fosse o melhor, mas felizmente, até hoje, a grande maioria das decisões foi sempre pelo melhor do Benfica. Não tenho nada contra o José Eduardo Moniz, e ele também não tem nada contra mim. Que me lembre, nunca intervim em editoriais do Benfica, nem em conteúdos do Benfica ou programas do Benfica… Tive o cuidado de ligar ao José Nuno Martins e dizer-lhe: 'Cuidado, não sei o que existe entre ti e o José Eduardo Moniz, mas têm de clarificar isso; é importante porque quem está a levar por tabela sou eu, parece que é um recado que eu te dei, mas sabes perfeitamente que não o faço, não dou recados. O que tenho a dizer, digo-o frontalmente."

Texto: Sónia Antunes, João Sanches e Filipa Fernandes Garcia  

Fotos: Cátia Luís / SL Benfica

Última atualização: 25 de setembro de 2019

Relacionadas

Futebol

V. Guimarães-Benfica em imagens

Melhor ataque da Liga Bwin (agora com 19 golos), o Benfica partiu para um triunfo seguro (1-3) no terreno do Vitória de Guimarães. São sete vitórias em sete jornadas, 21 pontos que sustentam a liderança isolada num arranque perfeito no Campeonato. Yaremchuk (2) e João Mário marcaram os golos do Glorioso.

Andebol

Adeptos convidados para jogo decisivo

Às 19h45 de terça-feira, 28 de setembro, joga-se uma partida decisiva no Pavilhão n.º 2 da Luz, com o Benfica a receber o Rhein-Neckar Löwen na 2.ª mão da 2.ª ronda de acesso à EHF European League. O apoio dos Benfiquistas será vital, e os andebolistas Carlos Martins e Rogério Moraes convidam-nos a marcar presença. O intervalo do duelo de hóquei deste sábado no Pavilhão Fidelidade foi aproveitado para uma abordagem direta. Na Alemanha registou-se um empate (31-31).

Basquetebol Feminino

Está conquistada a 1.ª Supertaça do palmarés!

Numa exibição forte, com garra e ambição, ante o V. Guimarães, neste sábado, 25 de setembro, o Benfica foi superior (77-75) e conquistou a 1.ª Supertaça do seu palmarés. Para a equipa feminina de basquetebol do Clube, a história continua a escrever-se, com triunfos inéditos! Raphaella Monteiro, extrema e reforço das águias, esteve em grande destaque no seu primeiro jogo oficial pelo Benfica, tendo sido titulada de MVP da partida. Veja aqui as melhores imagens da final...

Futebol

Jonas a "torcer por títulos"

O Pistolas não esquece os seus e com quem partilhou "muitos momentos bonitos", como deu conta em entrevista à BTV. Em Lisboa para resolver assuntos pessoais, Jonas esteve com os amigos do "clube que ama", no Benfica Campus, e viu quem tem "acompanhado". Sobre o início de época do Benfica foi eloquente: "Tem sido muito bonito, espero que continue assim. Torço para conseguir títulos". E quando foi desafiado a olhar para os avançados às ordens de Jorge Jesus não teve dúvidas em ver "muita qualidade".

Futebol

Jonas pistolas voltou!

Uma visita especial no Benfica Campus! Jonas reencontrou velhos amigos e antigos colegas na manhã desta sexta-feira, dia 24 de setembro. O antigo goleador internacional brasileiro esteve no treino, conviveu com o treinador Jorge Jesus, o Presidente Rui Costa e recordou memórias com quem partilhou muitas alegrias, que o diga Luisão! As imagens falam por si...

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar