29 de setembro de 2019, 21h26

Pichardo ficou a apenas quatro centímetros do bronze

Atletismo

O atleta encarnado esteve sempre em posição de medalhas desde o início de uma final de triplo salto de altíssimo nível nos Mundiais de atletismo, mas a última ronda alterou o cenário.

O português Pedro Pichardo esteve muito perto de conquistar neste domingo a medalha de bronze na final do triplo salto nos Mundiais de atletismo, em Doha (Catar). 

O atleta do Sport Lisboa e Benfica saltou 17,62 metros numa final com nível altíssimo e ficou a apenas quatro centímetros do 3.º lugar. Foi o melhor 4.º classificado de sempre; pela primeira vez na história um salto superior a 17,60 metros não deu medalha.

Pichardo, que havia sido o primeiro triplo-saltista a qualificar-se para a final, conseguiu melhorar a sua marca do ano.

Christian Taylor alcançou o 1.º lugar (17,92 metros), Will Claye ficou em 2.º (17,74 metros) e Hugues Fabrice Zango (Burkina Faso) fechou o pódio, tendo saltado 17,66 metros.

Texto: Diogo Nascimento

Fotos: Arquivo 

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar