Futebol

02 outubro 2019, 13h48

Equipa do Benfica festeja um dos golos

Com uma exibição arrasadora, o Benfica venceu o Zenit por 1-7 no Estádio Smena, em São Petersburgo, na 2.ª jornada do Grupo G da Youth League. Este é o segundo melhor resultado de sempre das águias fora de casa na competição, só batido pelo 1-11 em 2015/16 frente ao Galatasaray.

Entrada fortíssima e implacável da equipa encarnada, que pôs as redes russas a mexer ao minuto 2 num tiro de pé esquerdo de Umaro Embaló na grande área (0-1). O extremo das águias respondeu rapidamente a uma tentativa de alívio da defensiva do Zenit após cruzamento de Ronaldo Camará no flanco esquerdo.

Um mau atraso de bola de um defensor da equipa russa foi capitalizado por Tiago Gouveia, que, sobre a faixa esquerda, acelerou com o esférico e, perante o guarda-redes, chutou para o 0-2 aos 15'.

Uma fuga de Ronaldo Camará pela direita foi neutralizada em falta no interior da área de rigor pelo guarda-redes do Zenit (19'). Penálti para o Benfica! Tiago Dantas, na conversão do castigo máximo, rematou a direita e rubricou o 0-3 aos 20'.

Zenit-Benfica Youth League

A equipa do Zenit procurou rebater a supremacia benfiquista e, num par de lances até à meia hora, rondou a baliza de Celton Biai, dando que fazer ao guarda-redes. O impacto da reação foi nulo e depressa o comando da narrativa do jogo passou para os pés dos jogadores encarnados, que, com boa circulação de bola e ataques aguçados, apontavam ao quarto golo na partida.

Competente com bola, mas também muito intenso sem ela, pressionando alto, em cima da grande área do Zenit, o Benfica condicionou a construção de jogo do adversário, controlando por completo o duelo, cujo resultado ao intervalo espelhava a boa atuação das águias: 0-3.

As águias reentraram na partida com mais fogo no ataque. Ronaldo Camará abafou um defensor do Zenit, conquistou a posse de bola na grande área, rodou e atirou na direção das redes: 0-4 aos 48'.

O festival de golos conheceu novo episódio ao minuto 52. Tiago Gouveia invadiu a área pela direita, aguentou a pressão a rematou cruzado para o 0-5.

De um canto cobrado por Tiago Dantas à esquerda nasceu o 0-6, num cabeceamento de Gonçalo Ramos aos 56'.

O treinador Jorge Maciel fez três substituições de seguida na equipa encarnada. Rafael Brito, Ronaldo Camará e Gonçalo Ramos saíram para as entradas de Henrique Jocu (64'), Paulo Bernardo (65') e Henrique Araújo (65').

Knyazev, aos 73', apareceu caído na grande área do Benfica e o árbitro austríaco Alexander Harkam apontou para a marca de penálti. Simutenkov, na execução do castigo, reduziu para 1-6 aos 75'.

Zenit-Benfica Youth League

Nesta fase da partida já Tiago Araújo e Jair Tavares haviam rendido João Ferreira e Tiago Gouveia (74'). E foi o camisola 17, Jair Tavares, quem ampliou a contagem para 1-7 num remate de meia distância aos 81. O marcador não voltaria a registar alteração até ao apito final.

Os encarnados lideram o Grupo G com seis pontos (a par do Lyon); marcaram nove golos e sofreram dois.

Onze do Benfica: Celton Biai; João Ferreira, Pedro Álvaro, Morato, Fábio Baptista, Rafael Brito, Ronaldo Camará, Tiago Dantas, Umaro Embaló, Tiago Gouveia e Gonçalo Ramos.

Suplentes: Kokubo, Tomás Araújo, Henrique Jocu, Paulo Bernardo, Tiago Araújo, Jair Tavares e Henrique Araújo.

Zenit-Benfica Youth League

DECLARAÇÕES

Jorge Maciel (treinador do Benfica): "Há uma diferença de maturidade e de nível, individual e coletivo, entre estas equipas. Sabíamos que o jogo ia depender muito da forma como o abordássemos. Marcámos logo no início da partida e isso foi muito positivo. Aquilo que fez a diferença foi o Benfica entrar com uma postura de coletivo, que é a de ir sempre para jogar, impor um estilo e ganhar."

Texto: João Sanches 

Fotos: João Paulo Trindade / SL Benfica

Última atualização: 2 de outubro de 2019

Patrocinadores principais do Futebol


Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar