6 de outubro de 2019, 16h42

🎥 Ainda mais fortes depois do intervalo!

Futsal

O Benfica bateu o Portimonense por 7-0, no jogo da 18.ª jornada da Liga Placard de futsal.

RESUMO DO JOGO

A equipa de futsal do Benfica recebeu e venceu (7-0) o Portimonense, neste domingo no Pavilhão Fidelidade, em jogo referente à 18.ª jornada da Liga Placard.

O Benfica entrou melhor na partida e a chegar mais vezes à baliza do Portimonense. Aos 7’, o perigo traduziu-se no primeiro golo encarnado.

[GOLO: 1-0] Após uma saída rápida das águias, Bruno Coelho conduziu a bola até ao meio campo, passou para a desmarcação de Fábio Cecílio, que estava no corredor esquerdo e de pé direito não teve dificuldades em colocar a bola dentro da baliza adversária. Estava feito o 1-0.

A formação comandada por Joel Rocha não dava descanso à equipa de Portimão e dois minutos depois (9’) surgiu o segundo tento.

[GOLO: 2-0] Uma combinação entre Fits e Robinho resultou numa jogada de muita qualidade técnica, finalizada por Robinho, que conseguiu ser mais forte e rematar antes de o guarda-redes intervir.

RESUMO DA 1.ª PARTE

O Portimonense tentava reagir, mas o Benfica continuava atento e a impedir que os adversários causassem problemas na baliza de André Sousa. As formações foram para o balneário com a equipa da casa a vencer por 2-0 ao intervalo.

Na segunda parte do desafio, o Clube da Luz manteve-se pressionante, mas a defensiva da equipa do Algarve regressou das cabinas mais atenta e mais fechada.

Aos 30' houve uma grande ocasião para o Portimonense, pelos pés de André Rochate, onde o guardião do Benfica foi posto à prova e passou com distinção. Defesa de André Sousa a impedir o sucesso na finalização do adversário.

No minuto a seguir, aos 31', os encarnados foram certeiros e dilataram o resultado.

[GOLO: 3-0] Na sequência de um pontapé de canto batido por Robinho, o esférico sobrou para Chaguinha, que fora da área e de primeira rematou diretamente para as redes de João Silva, não dando hipóteses de defesa.

Os golos não paravam de surgir no Pavilhão Fidelidade e Chaguinha bisou na partida!

[GOLO:4-0] Nova combinação entre os futsalistas Robinho e Chaguinha, com este último a aparecer outra vez fora de área e a rematar para o quarto golo da tarde.

O Benfica dominava por completo a partida na Luz.

[GOLO: 5-0] Aos 35', Henmi deixou a bola nos pés do pivot Fits, que, à entrada da área, colocou o esférico no ângulo da baliza adversária, aumentando a vantagem do Benfica no placard.

O ambiente estava frenético e o Benfica mais certeiro que nunca neste jogo.

[GOLO: 6-0] Aos 37', André Sousa lançou a bola para a frente e Fernandinho, que estava no sítio certo, recebeu, rodou e com classe fez o 6-0.

Estava quase a acabar o desafio (38'), mas as águias ainda tiveram tempo para reforçar a superioridade.

[GOLO: 7-0] Depois de uma perda de bola do guarda-redes do Portimonense, Fernandinho aproveitou e bisou na partida. Estava feito o 7-0 e o resultado final do jogo da 18.ª jornada (invertida).

Cinco inicial do Benfica: André Sousa, André Coelho, Chaguinha, Robinho e Fernandinho.

Suplentes: André Correia, Fábio Cecílio, Tiago Brito, Bruno Coelho, Rafael Henmi, Célio Coque, Fernando Drasler e Fits.

A equipa de futsal do Benfica segue no 1.º lugar na tabela classificativa, com 16 pontos. Na próxima jornada (7.ª), marcada para o dia 18 de outubro, os encarnados enfrentam o Futsal Azeméis.

DECLARAÇÕES

Joel Rocha (treinador do Benfica): "A nossa preparação não tem olhos na classificação independentemente contra quem jogamos. Analisámos o adversário e há que reconhecer que este Portimonense, independentemente do lugar da classificação que ocupa, subiu este ano à Liga Placard e teve 40 minutos brilhantes, de intensidade em todos os duelos e isso é uma palavra de elogio para o desempenho que tiveram aqui. Nós acabámos por vencer de forma justa, mas foi preciso trabalhar muito, a nossa consistência acabou por se traduzir na diferença no marcador. Foi uma grande exibição que nos deixa satisfeitos."

André Sousa (guarda-redes do Benfica): "Foi um jogo difícil frente a um Portimonense muito competitivo, que nunca deu o duelo por perdido. O resultado parece muito volumoso para o que o Portimonense produziu, mas felizmente o Benfica conseguiu mais um objetivo e não sofreu golos."

Texto: Márcia Dores

Fotos: Isabel Cutileiro e Gonçalo Lopes / SL Benfica

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar