23 de novembro de 2019, 23h38

🎥 Dupla RDT-Vinícius no caminho para os oitavos

Futebol

Benfica ultrapassou o Vizela, com reviravolta no marcador, na 4.ª eliminatória da Taça de Portugal.

RESUMO DO JOGO

O Benfica, com persistência, decisão e dedo do treinador Bruno Lage, contornou a réplica oferecida pelo Vizela na 4.ª eliminatória da Taça de Portugal e apurou-se de virada para os oitavos com os golos de Raul de Tomas e Vinícius (1-2) no Estádio do Futebol Clube Vizela.

Atrevido e com tudo a ganhar, o anfitrião, líder da Série A do Campeonato de Portugal, fez por mostrar o seu futebol e aproveitou o primeiro espaço concedido pelo Benfica, emergindo então Samu ao minuto 6 num remate de pé esquerdo, à entrada da grande área, a bater Zlobin (1-0), a quem Bruno Lage confiou a defesa da baliza das águias nesta partida.

A equipa benfiquista sentiu algumas dificuldades para romper a organização defensiva da equipa vizelense, que aos 26' perdeu uma unidade por reincidência de faltas: Ericson viu o segundo cartão amarelo e foi expulso.

As águias apresentaram-se para a segunda parte com uma alteração no onze: Samaris foi rendido por Vinícius. O brasileiro juntou-se a Raul de Tomas no centro do ataque, ficando Pizzi sobre a direita, Jota na esquerda e Chiquinho, mais recuado, a acompanhar Gabriel no centro do terreno.

Um grande pontapé de Chiquinho ao minuto 51 merecia melhor sorte: a bola saiu rente ao ângulo superior esquerdo da baliza.

Entrando mais vezes no espaço defensivo do conjunto minhoto, sobretudo a partir da hora de jogo, o Benfica foi passando a impressão de que o golo do empate poderia acontecer a qualquer momento.

Caio Lucas rendeu Gabriel aos 67' e o figurino das águias transformou-se: o camisola 7 posicionou-se sobre a esquerda, Jota derivou para a direita e Pizzi e Chiquinho ocuparam-se da faixa central do meio-campo.

Aos 70' Jota, superior no um contra um na direita, centrou rasteiro (assistência!) a solicitar o aparecimento de Raul de Tomas ao segundo poste, e o espanhol foi mortífero (1-1).

O Vizela não descurava hipóteses para lançar contragolpes, mas o Benfica mandava e forçava o 1-2. Poderia ter acontecido num tiro de Grimaldo aos 72', mas a bola acertou na barra.

Após diversas tentativas de diferentes elementos, os encarnados viraram o resultado aos 86'. Vinícius esgueirou-se no momento certo e fugiu à linha defensiva do Vizela para captar o esférico lançado para a profundidade por Caio Lucas (assistência!).

No frente a frente com o guarda-redes Cajó, o avançado das águias finalizou com calma, de pé esquerdo, fazendo mexer as malhas pela segunda vez (1-2) a favor do Campeão Nacional.

Estava vencido mais um obstáculo na caminhada do Benfica em 2019/20, tendo como consequência o apuramento para os oitavos de final da Taça de Portugal.

Texto: João Sanches

Fotos: David Martins / SL Benfica

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar