23 de novembro de 2019, 13h02

🎥 Cabeceamento nos últimos 15 minutos levou os pontos

Futebol

O Benfica perdeu, em casa, diante do Rio Ave por 2-3, na 16.ª jornada da Liga Revelação.

RESUMO DO JOGO

A equipa Sub-23 do Benfica recebeu, este sábado no Benfica Campus, o Rio Ave, que levou a melhor, por 2-3, na disputa da 16.ª jornada da Liga Revelação.

Os primeiros minutos da partida decorreram a um bom ritmo, com as duas formações a circularem bem a bola e a jogarem com intensidade.

A primeira oportunidade de perigo pertenceu ao Benfica e resultou em golo aos 10 minutos.

[GOLO: 1-0] Tiago Araújo recebeu um grande passe em profundidade no flanco esquerdo, ajeitou a bola, cruzou para a área do Rio Ave e Luís Lopes, à boca da baliza, encostou, de pé direito, para o primeiro golo dos encarnados.

Sub-23

O Rio Ave tentou reagir e seis minutos depois (16’) quase chegou ao empate. Valeu a grande intervenção do guardião Celton Biai, que saiu aos pés de Diogo Teixeira e travou a finalização.

Aos 22’, a equipa de Vila do Conde estabeleceu a igualdade no marcador.

[GOLO: 1-1] Na sequência de um contra-ataque rápido, Bruninho conduziu a bola até à área contrária, o jogador encarnado Gonçalo Loureiro até chegou no momento certo para o corte, mas o esférico ressaltou em Bruninho e acabou por entrar. Estava feito o 1-1.

Aos 31’, a equipa visitante surpreendeu novamente Celton Biai e chegou à vantagem no placard.

[GOLO: 1-2] Num curto espaço de terreno, o Rio Ave fez uma jogada pautada pela técnica, que resultou em golo pelos pés de Manuel Namora.

O jogo seguia frenético e volvidos apenas dois minutos (33’) os encarnados mostrarem que também estavam presentes.

Sub-23

[GOLO: 2-2] Mais uma vez a ligação da dupla Tiago Araújo e Luís Lopes a resultar em golo. O camisola 11 do Benfica cruzou do lado esquerdo e Luís Lopes aproveitou novamente para atirar o esférico para as redes de Carlos Alves e empatar o resultado.

Nos minutos finais da primeira parte, a equipa comandada por Jorge Maciel esteve muito perto de ir para o intervalo em vantagem. Aos 44’, o guarda-redes Carlos Alves impediu o hat-trick de Luís Lopes com uma estirada. As equipas saíram para os balneários empatadas a duas bolas.

O desafio recomeçou no Seixal e o equilíbrio fazia-se novamente notar dentro de campo. Tanto o Benfica como o Rio Ave tentavam chegar à superioridade com várias situações de contra-ataque.

Aos 63’, Jorge Maciel fez dupla substituição na equipa encarnada: Jair Tavares entrou para o lugar de Ronaldo Camará e Fábio Baptista fez a vez de Rafael Rodrigues.

Aos 73’, Bruninho foi travado em falta na grande área por Miguel Nobréga, que foi expulso por acumulação de amarelos, sendo assinalada grande penalidade a favor do Rio Ave. Celton Biai estava concentrado, esticou-se para o lado esquerdo e defendeu o remate do camisola 7 dos vila-condenses, impedindo a mudança no resultado.

Aos 75’, mais uma dupla substituição no xadrez encarnado: Paulo Bernardo saiu para dar entrada a Diogo Capitão e Tiago Dantas, que fez a sua estreia absoluta na Liga Revelação, deu lugar a Luís Montenegro.

Sub-23

Ainda no decorrer do minuto 75, o Rio Ave chegou à vantagem.

[GOLO: 2-3] Já dentro da área do Benfica, Rúben Gonçalves tentou o remate, a bola tocou na mão de Celton Biai, ressaltou e foi direta à cabeça de Manuel Namora, que bisou na partida e o fez o terceiro tento dos visitantes.

Mesmo a jogar com menos um, o Benfica não desistia e tentava procurar o golo da igualdade. Apesar das tentativas, as concretizações não surgiram e o desfecho do jogo foi favorável ao Rio Ave.

A equipa Sub-23 do Benfica mantém-se assim em 2.º lugar na tabela classificativa, com 34 pontos, fruto de dez vitórias, quatro empates e duas derrotas. Na próxima jornada, a 17.ª, os encarnados visitam o Belenenses, num jogo marcado para dia 29 de novembro.

Benfica-Rio Ave, 2-3

FICHA  
Local Benfica Campus 
Onze do Benfica Celton Biai, Miguel Nóbrega, Gonçalo Loureiro, Morato, Rafael Rodrigues, Tomás Azevedo, Paulo Bernardo, Tiago Dantas, Ronaldo Camará, Tiago Araújo e Luís Lopes
Suplentes Carlos Santos, Fábio Baptista, Vilius Armalas, Luís Montenegro, Diogo Capitão, Sérgio Andrade, Jair Tavares e João Borges
Ao intervalo 2-2
Golos do Benfica Luís Lopes (10', 33')
Marcha do marcador 1-0, 1-1, 1-2, 2-2, 2-3

Texto Márcia Dores

Fotos: Gonçalo Lopes / SL Benfica

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar