Futebol

27 novembro 2019, 17h33

Jorge Maciel fechou um ciclo no Benfica

O jogo na Alemanha diante do RB Leipzig, a contar para a UEFA Youth League, marcou o final da presente ligação de Jorge Maciel ao SL Benfica.

Na sequência do convite do Lille, o técnico demonstrou vontade e motivação em aceitar os desafios do projeto apresentado pelo clube francês, chegando a acordo com os responsáveis benfiquistas para a sua saída.

No momento em que ruma a França, fica o balanço de cerca de cinco meses de trabalho de águia ao peito, nos quais deu um contributo de grande qualidade e profissionalismo para o desenvolvimento de todos os jovens jogadores que treinou e liderou.

A nível competitivo, comandou as equipas do SL Benfica na Liga Revelação e UEFA Youth League, com resultados que deixam o Clube bem posicionado para seguir para a fase seguinte da prova de Sub-23 e já qualificado para os oitavos de final na competição europeia, mas, acima de tudo, com um registo de futebol com selo de qualidade "Made in Benfica".

Integrado num contexto de transição para o futebol profissional, em constante articulação com os Juniores e a Equipa B, o técnico deu oportunidade de jogo a um total de 47 jogadores.

Jorge Maciel demonstrou ainda uma grande capacidade de adaptação à estrutura do Futebol de Formação benfiquista, não só no que diz respeito à compreensão e aplicação prática do projeto desportivo do SL Benfica, como também na ligação profissional e pessoal a todos os elementos que com ele trabalharam.

Por todos estes motivos, o SL Benfica endereça um sentido agradecimento e votos de sucesso para este novo desafio.

O nome do novo treinador dos Sub-23 benfiquistas será anunciado nas próximas horas.

Em Leipzig, assegurada a vitória e a passagem aos oitavos de final da Youth League, Jorge Maciel fechou publicamente este ciclo.

"Foi uma despedida ao nível do Benfica. Se tivesse de escolher, teria de ser assim. Uma das missões que tínhamos em mãos era a Youth League. Num grupo extremamente exigente, conseguir ficar em primeiro lugar é fantástico. O dia tornou-se especial, foi duro para os jogadores, que já sabiam da minha decisão, mas houve uma energia da parte deles, a quererem corresponder. Mais do que o resultado, levamos a marca que cada um deixa, e eles deixaram uma marca em mim e eu neles", comentou o treinador.

"Levo uma felicidade grande. Poder trabalhar todos os dias naquilo que gostamos é um privilégio que pouca gente tem, e fazê-lo num clube como Benfica, e a ganhar, ainda mais. Saio com um sentimento de alguma tristeza, mas claramente com o sentido de dever cumprido. Foram cinco meses altamente intensos e prazerosos. O Benfica proporcionou-me um espaço de visibilidade enorme, eu dei algumas coisas ao Benfica, mas o Benfica deu-me muitas mais a mim", observou Jorge Maciel.

"Quando vim para o Benfica percebi que os treinadores dependem muito dos jogadores, são eles que fazem os treinadores, por isso, tenho de lhes agradecer", rematou.

Fotos: João Paulo Trindade / SL Benfica

Última atualização: 27 de novembro de 2019

Patrocinadores principais do Futebol


Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar