Futebol

27 novembro 2019, 22h35

Pizzi

Pizzi não escondeu a desilusão no final do jogo na Alemanha (2-2) que ditou a despedida do Benfica da Liga dos Campeões 2019/20. O internacional português fala em “resultado injusto” e lembra que há “um jogo no sábado para dar resposta”.

“Os últimos 5/10 minutos ditaram o resultado, um resultado injusto. Sabíamos que íamos encontrar pela frente uma equipa complicada, que gasta de ter a bola, de jogar, e nós, com a nossa postura – muito bem defensivamente e no ataque, a saber onde tínhamos de explorar os pontos fracos do adversário – conseguimos chegar ao 0-2. Infelizmente, na parte final, não conseguimos segurar essa vantagem, o que é para nós uma desilusão autêntica. No geral, merecíamos esta vitória e, obviamente, agora estamos todos muito tristes, mas há que realçar o espírito de grupo que tivemos. Jogámos num campo difícil, tivemos oportunidades para fazer o 0-3, mas agora há que levantar a cabeça”, analisou o médio que abriu a contagem frente ao Leipzig, naquele que foi o 14.º golo da conta pessoal nesta época.

“Agora é ganhar o último jogo [Zenit] porque aqui no Benfica jogamos sempre para ganhar, para conquistar os três pontos. É esse o nosso objetivo. É isso que vamos fazer no último jogo. Entrámos com tudo desde o primeiro minuto, no próximo jogo temos de fazer o mesmo e depois fazer as contas. Tínhamos tudo na mão e deixámos fugir”, admitiu.

Temos já um jogo no sábado [receção ao Marítimo para a Liga NOS] para dar resposta”, lembrou.

Texto: Filipa Fernandes Garcia e Marco Rebelo

Fotos: João Paulo Trindade / SL Benfica

Última atualização: 28 de novembro de 2019

Patrocinadores principais do Futebol


Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar