30 de novembro de 2019, 22h38

🎥 Bruno Lage: "Completamente satisfeito por aquilo que produzimos"

Futebol

O treinador analisou o triunfo do Benfica sobre o Marítimo na 12.ª jornada da Liga NOS.

CONFERÊNCIA DE IMPRENSA

A equipa do Benfica goleou o Marítimo por 4-0 na 12.ª jornada da Liga NOS. Bruno Lage analisou o triunfo em conferência de Imprensa, tendo ficado satisfeito com o futebol apresentado.

O treinador benfiquista fez o jogo 50 ao leme da equipa principal, levando, neste Campeonato, um registo de nove triunfos consecutivos. Bruno Lage foi perentório ao abordar o assunto e preferiu valorizar o facto de ver o conjunto encarnado a render: "A minha satisfação é ver a minha equipa a jogar bem e a oferecer estas exibições aos sócios." 

Bruno Lage Benfica

Análise ao 11.º triunfo na Liga NOS 2019/20

"Foi um jogo bem conseguido. O mais importante era oferecer uma grande exibição aos Sócios e aos adeptos que vieram de todo o lado, às Casas do Benfica, que vieram para nos apoiar. Fizemos isso durante 60 minutos, fomos a melhor equipa em campo, criámos várias oportunidades, chegámos a um resultado que nos estava a agradar e estou completamente satisfeito por aquilo que produzimos. Há que saber correr e ocupar bem os espaços. Os meus jogadores trabalham a uma intensidade muito alta, e tendo em conta aquilo que foi o último jogo, sentimos que a equipa merecia seguir em frente, por isso, optei por escolher o mesmo onze [de Leipzig] neste dia onde era muito importante oferecer uma vitória aos nossos adeptos."

Benfica-Marítimo

As diferentes dinâmicas

"Temos de tentar sempre encontrar as melhores soluções a cada momento e há que perceber também qual é o momento de cada jogador. Não gosto de fazer duplas porque qualquer jogador pode fazer dupla com outro jogador. O Adel oferece coisas diferentes de qualquer um dos médios, e um bom exemplo é o passe que antecede a assistência de Pizzi para Vinícius no segundo golo. O Pizzi, com os seus movimentos interiores, vai alternando entre ele e Chiquinho, está sempre perto do golo e isso é que é o grande desafio de treinar jogadores de qualidade. Há que entender cada momento, e depois é tentar fazer com que o coletivo funcione e, claro, se o coletivo funcionar, as duplas funcionam, a equipa funciona e cria oportunidades de golo."

Benfica-Marítimo

A expulsão de Gabriel

"Assim que houvesse uma paragem ia sair o Gabriel; colocava o Chiquinho ao lado do Adel e entrava mais um avançado, neste caso o Raul de Tomas. O jogo estava controlado, do nosso lado, e o Raul precisa de entrar num ambiente confortável e depois poder também chegar aos seus golos. Fiquei chateado porque as coisas estavam planeadas e há que ter noção daquilo que está a acontecer a cada momento. É um episódio, aconteceu, mas não vamos fazer um caso disto."

Benfica-Marítimo

A gestão dos jogadores de ataque

"O mais importante é que todos os avançados oferecem coisas diferentes. O Vinícius tem situações interessantes, dá uma maior ligação entre linhas e pode tabelar, também porque tem diagonais curtas. Seferovic faz diagonais mais longas e é muito forte na pressão. O Raul tem outra forma de jogar, procura mais corredores, mais jogo de apoio para também poder entrar em profundidade e isso também é importante. Também já podemos utilizar o Jota, o Rafa, o Chiquinho... Há uma coisa fundamental na nossa vida que é manter o equilíbrio, porque o futebol é o momento. Os adeptos têm sido fantásticos principalmente no último mês e meio, têm percebido o momento da equipa, têm-nos apoiado durante o jogo e no final cá estaremos para sermos julgados."

Benfica-Marítimo

O melhor registo de Pizzi

"Chegou aos 250 jogos, está a fazer o seu melhor arranque de sempre e é um jogador muito importante para a nossa equipa."

Benfica-Marítimo

A entrada de Tomás Tavares

"O André sentiu uma pequena dor, mas depois ficou tudo ultrapassado. A vencermos por 3-0 optámos por fazer a substituição [ao intervalo] para não agravar qualquer problema. As indicações que temos é que não é nada de especial."

Benfica-Marítimo

Novo relvado... qual o veredito?

"Esta equipa merecia um bom relvado e, por aquilo que se viu, a bola rola com outra facilidade, outra qualidade e, se quisermos perceber a riqueza que um bom relvado nos oferece, é olhar novamente para o segundo golo e verificar a forma com o Adel desmarca o Pizzi e o Pizzi oferece o golo ao Vinícius. Os jogadores sentem-se seguros, a relva não levanta, não escorrega, dá segurança, qualidade de jogo, e depois o estado físico é muito importante. O outro relvado retirou-nos, infelizmente, dois jogadores com lesões raras, primeiro o Chiquinho e depois o Rafa."

Black Friday Benfica

Texto: Diogo Nascimento

Fotos: David Martins e Isabel Cutileiro / SL Benfica

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar