3 de dezembro de 2019, 15h59

Marcel Matz: "Aproveitar a fase de grupos para elevarmos o nosso nível"

Voleibol

A equipa do Benfica defronta o Perugia, em Itália, na 1.ª jornada do Grupo D da Liga dos Campeões de voleibol.

A equipa de voleibol masculino do Sport Lisboa e Benfica desloca-se a Itália para defrontar o Perugia, às 19h30 de quarta-feira (hora portuguesa), na 1.ª jornada do Grupo D da Liga dos Campeões. Verva Varsóvia (Polónia) e Tours VB (França) serão os outros adversários nesta fase.

Os encarnados conseguiram um feito histórico na modalidade com a presença entre os 20 melhores conjuntos da Europa. Na antevisão ao encontro diante do Perugia, Marcel Matz colocou a tónica na qualidade dos semifinalistas vencidos na edição do ano passado desta competição e ainda vice-campeões italianos.

“Têm jogadores de classe mundial e são muito fortes, especialmente os atacantes das extremidades. Temos identificadas algumas situações para tentar surpreendê-los e conseguirmos um resultado positivo. No entanto, sabemos que vai ser complicado, porque eles estão montados para vencer o campeonato italiano e para conseguirem títulos europeus. Vamos aproveitar este momento, na fase de grupos, para elevar o nível ainda mais”, explicou o técnico brasileiro em declarações à BTV.

“Temos consciência dos obstáculos que vamos ter pela frente em Itália e nos restantes desafios, mas estamos confiantes. Precisamos de estar mais soltos, porque considero que agora dividimos a responsabilidade com os outros coletivos. Já não é uma pressão tão grande como aquela que temos em Portugal e até mesmo a que tínhamos para nos qualificarmos para esta fase”, reforçou.

Marcel Matz

O primeiro classificado de cada grupo, num total de cinco, e os três melhores segundos apuram-se para os quartos de final. Marcel Matz optou por retirar a pressão sobre a qualificação, alertando que tem consciência que vai medir forças com conjuntos que fazem parte dos melhores campeonatos do mundo.

“Vamos ter oponentes muito fortes, com investimentos altos. Pretendemos equilibrar as partidas o mais possível e nos momentos decisivos conseguirmos surpreender estes grandes adversários. Jogam em ligas muito fortes, mas acredito que temos condições para equilibrar os desafios e conseguir vitórias principalmente em nossa casa”, perspetivou.

A cumprir a sua segunda temporada ao serviço do clube, explicou como tem sido a preparação do coletivo que tem jogado três vezes por semana. “O segredo está na diminuição do número de treinos, para que os atletas estejam sempre bem para jogar. Não é o ideal, mas é a solução que arranjámos. Andamos a fazer um jogo a cada três dias e esta série vai-se prolongar agora no mês de dezembro, com sete encontros, só terminando no dia 21 diante do Sporting de Espinho. É essencial estarmos em boas condições”, considerou.

O Perugia-SL Benfica está agendado para as 19h30 (20h30 em Itália) desta quarta-feira, dia 4 de dezembro, e marca o arranque histórico do Clube na fase de grupos da competição mais importante da modalidade.

Fotos: David Martins / SL Benfica

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar