14 de dezembro de 2019, 15h34

🎥 Vitória na raça com bis de Robinho e de Fits

Futsal

O Benfica derrotou o Eléctrico FC em jogo da 14.ª jornada da Liga Placard.

RESUMO DO JOGO

A equipa de futsal do Benfica, comandada por Joel Rocha, enfrentou e venceu o conjunto do Eléctrico FC por 5-3, num desafio de emoções fortes relativo à 14.ª jornada da 1.ª fase da Liga Placard. Robinho e Fits (ambos fizeram um bis) abrilhantaram o triunfo encarnado.

O jogo começou bastante movimentado na Luz e o primeiro sinal de perigo surgiu do pé direito de André Coelho. Uma jogada muito bem executada pelos encarnados. André Correia saiu da baliza, passou por dois jogadores e assistiu o camisola 4 das águias. André Coelho disparou, mas a bola saiu ligeiramente ao lado do poste direito.

Aos 6', e contra a corrente de jogo, o Eléctrico FC inaugurou o marcador. Renan fez um excelente passe a meia altura que encontrou a cabeça de Milton (jogador emprestado pelo Benfica). O jogador da turma forasteira só teve de encostar (0-1).

Golo: 0-1

O Benfica continuava a pressionar na tentativa de igualar o resultado, mas as jogadas dos comandados de Joel Rocha não estavam a resultar.

Robinho quis contrariar a tendência e fez mesmo o golo do Clube da Luz. O camisola 10 aplicou todo o seu virtuosismo, nunca desistiu do lance e fez o tento aos 14'. Depois da jogada individual, deu em Chaguinha e o ala devolveu o esférico. Com classe, Robinho colocou a bola fora do alcance de Diogo Basílio (1-1).

Golo: 1-1

O Eléctrico FC não se intimidou com o golo das águias, não recuou e fez o segundo golo. André Correia tentou aliviar, contudo, o esférico foi ter com Renan. O n.º 88 não se fez rogado e aplicou uma "chapelada" para o 1-2, aos 16'.

Golo: 1-2

O Benfica continuava a sentir dificuldades em sair a jogar, não estava a conseguir colocar o guardião adversário à prova e até ao fim da primeira parte não surgiram mais oportunidades de verdadeiro perigo. Ao intervalo: 1-2.

RESUMO DA 1.ª PARTE

O início da segunda parte foi um pouco confuso e com poucos espaços para explorar, mas, aos 22', Fits encontrou o caminho do golo. Drasler executou um passe longo e o pivot respondeu com um cabeceamento de costas para a baliza (2-2).

Golo: 2-2

As águias estavam mais rápidas na quadra, mais intensas e Fits estava com a corda toda. O pivot brasileiro trabalhou muito bem de costas para a baliza, virou-se e fuzilou a baliza à guarda de Diogo Basílio aos 25' (3-2).

Golo: 3-2

Aos 27' o árbitro assinalou falta de Drasler sobre Wendell dentro da grande área. Um lance algo duvidoso, mas o árbitro apontou para a marca de grande penalidade e mostrou o segundo cartão amarelo ao camisola 17, que viria assim a ser expulso. Quem também viu o cartão vermelho foi Wendell. O atleta do Eléctrico FC pegou-se com Drasler e foi castigado com o cartão.

Rodriguinho ficou encarregue de bater a falta, atirou para o lado contrário de André Sousa e empatou novamente o desafio (3-3).

Golo: 3-3

No lance seguinte houve novo cartão para o Eléctrico FC. Renan levou vermelho direto após falta sobre Fits. Os encarnados ficaram a jogar contra dois jogadores de campo e quem aproveitou foi Bruno Coelho. Aos 29' o capitão das águias só teve de encostar.

Golo: 4-3

Golo: 5-3

De seguida, momento de pura magia patrocinado por Robinho! 5-3 aos 30'. Chaguinha assistiu, Robinho recebeu e com um toque subtil fez um chapéu incrível!

A cinco minutos do final do jogo começou a ver-se o futsal de alta qualidade a que os adeptos do Benfica estão habituados a assistir. Os atletas benfiquistas cobriam praticamente toda a largura da quadra, jogavam a um ou dois toques e baralhavam as marcações do conjunto alentejano. Resultado final: 5-3.

Com este triunfo as águias continuam na liderança da Liga Placard com 38 pontos, fruto de 13 vitórias e dois empates, com 73 golos marcados e 27 sofridos.

No jogo da próxima jornada (15.ª), que se vai jogar no dia 4 de janeiro às 16h00, o Benfica desloca-se ao norte do País para defrontar o SC Braga.

Benfica-Eléctrico, 5-3

FICHA  
Local Pavilhão n.º 2 da Luz
Cinco inicial André Correia, André Coelho, Bruno Coelho, Robinho e Fits
Suplentes André Sousa, Chaguinha, Afonso Jesus, Tiago Brito, Rafael Henmi, Miguel Ângelo, Célio Coque e Fernando Drasler
Ao intervalo 1-2
Marcadores do Benfica Robinho (14' e 30'), Fits (22' e 25') e Bruno Coelho (29')
Marcha do marcador 0-1, 1-1, 1-2, 2-2, 3-2, 3-3, 4-3 e 5-3

Texto: Diogo Nascimento

Fotos: Gonçalo Lopes / SL Benfica

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar