17 de dezembro de 2019, 17h20

"O ano de 2020 vai ser de superação"

Judo

Jorge Gonçalves, treinador da equipa de judo do Benfica, analisou os resultados de 2019 e lançou objetivos para um futuro próximo que inclui a participação nos Jogos Olímpicos em Tóquio.

Com o ano 2019 a chegar ao fim, o treinador da equipa de judo do Benfica analisou, na BTV, o trabalho realizado e projetou os desafios e os objetivos para 2020.

Estamos a conseguir apurar os nossos atletas para os Jogos Olímpicos, próximos de uma boa classificação, o que significa terminarmos no top 8, que permite encarar os Jogos da melhorar forma, já conhecendo previamente o que poderá ser o sorteio e assim preparar melhor os combates”, afirmou Jorge Gonçalves.

“A qualificação termina em maio, ainda há muitas competições, como Grand Prixs, Grand Slams, Campeonato da Europa e ainda um Masters. Já temos tudo planeado para cada um dos atletas de forma a fazerem as suas competições e pontuarem, em alguns casos conseguirem aproximar-se ou mesmo entrar no top 8, noutros casos qualificarem-se diretamente para Tóquio”, acrescentou.

Telma Monteiro

O Benfica conta com seis atletas – Telma Monteiro, Bárbara Timo, Rochele Nunes, Anri Egutidze, Rodrigo Lopes e Djamila Silva – em apuramento para os Jogos Olímpicos, facto que Jorge Gonçalves relembrou que é histórico para o judo português.

“Os nossos atletas foram-se preparando para as competições, as coisas foram correndo bem e conseguimos ter seis atletas em apuramento para os Jogos Olímpicos, e isso é sem dúvida histórico para o judo nacional. Só mostra a qualidade dos atletas do Benfica”, referiu.

Em jeito de balanço sobre o trabalho realizado até ao momento, Jorge Gonçalves confessou estar muito satisfeito.

Jorge Goncalves

“Foi um ano estrondosamente satisfatório. Evidenciámo-nos por termos sido o clube com mais campeões nacionais individuais e fomos campeões nacionais de clubes em todos os escalões. Depois, em termos internacionais o facto de termos medalhado tanto em Grand Prix como em Grand Slam, Campeonato da Europa, Campeonato do Mundo e Masters só nos pode deixar muito satisfeitos com o que fizemos”, enfatizou.

Para 2020, ano em que se realizam os Jogos Olímpicos em Tóquio, o treinador da equipa de judo do Benfica mostrou ter os objetivos bem definidos: “Vai ser um ano de superação. Para além do objetivo de termos vários atletas nos Jogos, temos a ambição, e é realista, de ter uma medalha, porque temos condições para tal. Além disso, temos outro objetivo, que é o Campeonato da Europa de Clubes.”

Medalhas em 2019

Categoria Prova e atleta
Ouro (1) Grand Prix Tbilissi (Bárbara Timo)
Prata (1) Mundial (Bárbara Timo)
Bronze (9) Europeu (Telma Monteiro), Masters (Telma Monteiro), Grand Slam Paris (Bárbara Timo), Grand Slam Ecaterimburgo (Rochele Nunes), Grand Slam Brasília (Anri Egutidze e Rochele Nunes), Grand Prix Telavive (Rochele Nunes), Grand Prix Tbilissi (Rochele Nunes), Grand Prix Perth (Rochele Nunes)

Texto: Márcia Dores

Fotos: SL Benfica

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar