21 de dezembro de 2019, 17h32

🎥 Ajustes foram decisivos para embalar

Andebol

Triunfo do Benfica sobre o V. Setúbal na 20.ª jornada da 1.ª fase do Campeonato Nacional de andebol.

RESUMO DO JOGO

O Benfica soube resolver os problemas iniciais e embalar para um triunfo sobre o Vitória de Setúbal na 20.ª jornada da 1.ª fase do Campeonato Nacional de andebol. O resultado de 28-14 no Pavilhão n.º 2 da Luz permitiu aos encarnados a angariação dos três pontos em causa.

A resistência do conjunto sadino durou alguns (poucos) minutos. Assim que, aos 10 minutos, o treinador Carlos Resende acertou detalhes, a equipa benfiquista saiu de uma situação de desvantagem (2-3) e partiu, golo a golo, para uma atuação que deixou evidente a sua superioridade nos mais diferentes parâmetros de jogo. Ao intervalo as águias já ganhavam por uma dezena de golos de diferença (15-5).

Davide Carvalho

Controlando os momentos ofensivos e defensivos, o Benfica manteve um bom ritmo na segunda parte e fechou a tarde de andebol na Luz com uma vitória por 28-14 perante os setubalenses.

As águias só voltam a competir no Campeonato no início do mês de fevereiro do novo ano, com a receção ao Belenenses na 21.ª jornada. A pausa na principal prova do calendário da modalidade acontece em virtude dos compromissos da Seleção Nacional.

Benfica-Vitória de Setúbal, 28-14

FICHA  
Local Pavilhão n.º 2 da Luz
Formação do Benfica Gustavo Capdeville, João Pais, Petar Djordjic, Bélone Moreira, Nyokas, Davide Carvalho e Paulo Moreno
Suplentes Borko Ristovski, Miguel Espinha, Romé Hebo, Pedro Marques, Ricardo Pesqueira, Carlos Molina, Carlos Martins, Nuno Grilo, Fábio Vidrago
Ao intervalo 15-5
Marcadores dos golos do Benfica Petar Djordjic (6), Paulo Moreno (5), Ricardo Pesqueira (2), João Pais (3), Nyokas (3), Nuno Grilo (2), Pedro Marques (1), Carlos Molina (2), Carlos Martins (2), Fábio Vidrago (2)

Equipa Benfica

DECLARAÇÕES

Carlos Resende (treinador do Benfica): "Foi uma boa vitória. Demorámos dez minutos a entrar no jogo, havia algumas coisas na finalização que não estávamos a fazer bem. Necessitávamos de aumentar o ritmo e foi o que fizemos. Estamos na luta pelas três competições: Campeonato, Taça de Portugal e Taça EHF. Falando do Campeonato, perder quatro vezes não é bom, mas, dado o modelo competitivo da prova, estamos na luta, porque os pontos ainda vão ser divididos em 50 por cento e depois jogaremos entre todos."

João Pais (ponta-esquerda do Benfica): "Não temos de justificar a entrada neste jogo, mas sim corrigi-la para que no próximo ano civil sejamos capazes de entrar nos jogos a matar. Na fase final, nos jogos com os rivais diretos, temos de fazer da nossa casa uma verdadeira muralha."

Fotos: Gonçalo Lopes

PATROCINADORES MODALIDADES


Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar