21 de dezembro de 2019, 18h43

🎥 Triunfo com direito a hat-trick de Diogo Rafael

Hóquei em Patins

O Benfica venceu o Paço de Arcos na 11.ª jornada do Campeonato Nacional de hóquei em patins.

RESUMO DO JOGO

A equipa de hóquei em patins do Benfica, comandada por Alejandro Domínguez, enfrentou e venceu o conjunto do CD Paço de Arcos (4-5) em jogo da 11.ª jornada do Campeonato Nacional. Diogo Rafael esteve em evidência ao apontar três golos!

O jogo começou bastante agitado e o golo das águias surgiu logo ao segundo minuto da partida. Valter Neves foi o autor do tento inaugural depois de uma boa jogada coletiva. Lucas Ordoñez deu em Diogo Rafael, o n.º 4 passou de primeira para o capitão das águias, e este não se fez rogado, tendo sido o primeiro a balançar as redes (0-1 aos 1'). 

A turma do Paço de Arcos não se intimidou pelo golo madrugador e conseguiu a igualdade aos 5'. Filipe Rodrigues fez o primeiro dos da casa ao converter um livre direto. Pedro Henriques defendeu o primeiro remate, mas não conseguiu contrariar a recarga do jogador português (1-1).

Jogo de parada e resposta no Gimnodesportivo de Paço de Arcos! Aos 8' foi a vez de Diogo Rafael colocar o seu nome na lista dos marcadores. Lucas Ordoñez fez um passe de costa a costa e o camisola 4 das águias não desperdiçou. Um excelente remate a repor a vantagem encarnada (1-2).

A equipa liderada por Alejandro Domínguez continuava mais rápida em rinque e chegou ao 1-3 por intermédio de Jordi Adroher. Diogo Rafael intercetou um passe longo, avançou alguns metros, colocou na área, mas Gonçalo Pinto não conseguiu converter. Adroher aproveitou, fez a emenda e bateu Diogo Rodrigues (1-3).

A cinco minutos do final da primeira parte, Rafael Lourenço conseguiu bater o guardião Pedro Henriques através de um golo de livre direto. O jogador do Paço de Arcos não encarou o guardião, apenas "stickou" violentamente para o fundo das redes (2-3). 

Até ao intervalo o Benfica circundou a baliza adversária, contudo, sem sucesso, pois não conseguiu dilatar a vantagem. Ao intervalo: 2-3.

RESUMO DA 1.ª PARTE

A segunda parte começou tal como tinha terminado a primeira, ou seja, com o Benfica a pressionar bastante e a estar perto do golo. Diogo Rafael foi o primeiro a causar o perigo neste segundo tempo depois do seu disparo ter batido com estrondo no poste direito da baliza adversária.

Aos 34' foi a vez de Pedro Henriques brilhar na baliza encarnada! O guardião cometeu uma falta no interior da área que originou uma grande penalidade. Rafael Lourenço tentou fazer o golo da igualdade, todavia, um Pedro Henriques inspirado e em grande estilo afastou o perigo.

Não marcou o Paço de Arcos, marcou o Benfica! Diogo Rafael a fazer o bis! O defesa do Clube da Luz apareceu no sítio certo para concluir o passe efetuado por Carlos Nicolía (2-4 aos 35').

Os encarnados continuavam a carregar e foi uma questão de segundos até o quinto golo surgir. Diogo Rafael tinha o stick concretizador e fez o hat-trick na partida (35'). Um excelente remate a entrar no ângulo morto (entre o ombro e a cabeça) do guarda-redes Diogo Rodrigues (2-5).

Aos 36' a equipa da casa esteve perto de reduzir. Filipe Fernandes ficou encarregue de bater a grande penalidade, mas a trave negou o terceiro golo do Paço de Arcos. Não converteu Filipe Fernandes, mas conseguiu faturar Rafael Lourenço na marcação de um novo penálti. Um remate forte que entrou junto ao poste esquerdo da baliza à guarda de Pedro Henriques (3-5). 

A cinco segundos do final, o CD Paço de Arcos voltou a marcar. Pedro Henriques defendeu mais uma grande penalidade, mas, na insistência, Rafael Lourenço concretizou.

Jogo de parada e resposta do início ao fim, mas com o marcador a sorrir para a equipa mais consistente. Resultado: 4-5.

Com este triunfo as águias chegam aos 28 pontos e mantêm-se na liderança da competição. No jogo da próxima jornada (12.ª), que se realiza a 5 de janeiro às 15h00, vai haver dérbi! O Benfica recebe o Sporting no Pavilhão Fidelidade.

Paço d'Arcos-Benfica, 4-5

FICHA  
Local  Pavilhão Gimnodesportivo de Paço de Arcos
Cinco do Benfica Pedro Henriques, Valter Neves, Diogo Rafael, Carlos Nicolía e Lucas Ordonez
Suplentes Edu Lamas, Gonçalo Pinto, Jordi Adroher, Miguel Vieira e Marco Barros
Ao intervalo 2-3
Marcadores do Benfica Valter Neves (1'), Diogo Rafael (8', 35' e 35'), Jordi Adroher (12')
Marcha do marcador 0-1, 1-1, 1-2, 1-3, 2-3, 2-4, 2-5, 3-5 e 4-5

Texto: Diogo Nascimento

Fotos: SL Benfica

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar