31 de dezembro de 2019, 11h57

2019: glorioso ano em revista

Futebol

Recordes, registos históricos coletivos e individuais, curiosidades… e dois destaques acima de todos no futebol profissional do Benfica: as conquistas do 37.º Campeonato Nacional e da 7.ª Supertaça Cândido de Oliveira.

Entre janeiro e dezembro, no futebol como na vida, muita coisa acontece. A transformação faz parte, umas vezes para melhor, outras nem tanto. No caso da equipa principal de futebol do Sport Lisboa e Benfica, 2019 foi um ano muito rico.

Entre recordes, números ímpares e registos históricos, há duas conquistas que suplantam e dão ainda mais sentido a tudo: o 37.º Campeonato Nacional e a 7.ª Supertaça Cândido de Oliveira.

Na resenha do ano, o Site Oficial recorda-lhe factos e momentos memoráveis – coletivos e individuais – que ficam para a história e que foram fundamentais na construção do quadro de 2019.

No cair do pano contam-se 2 títulos, 57 jogos, 42 vitórias (74% de aproveitamento), 148 golos marcados (2,6 por jogo) e 50 sofridos (0,88). Agora vem aí 2020, com o Benfica a abraçá-lo na condição para a qual nasceu em 1904: no lugar mais alto da tabela classificativa.

JANEIRO

Ano de 2019 em revista

A 6 de janeiro, no Estádio da Luz, Bruno Lage estreou-se como treinador da equipa principal do Benfica. Antes do apito inicial do 1.º jogo fez questão de se dirigir ao centro do terreno para sentir a pulsação dos adeptos e preparar-se para o novo desafio.

  • 4-2 AO RIO AVE. As águias até começaram mal na 16.ª jornada da Liga NOS e viram os vila-condenses chegar ao 0-2. Porém, nesse dia, Bruno Lage, em estreia no banco, decidira lançar João Félix de início e alterar o sistema tático para 4x4x2. Nada seria como dantes… Seferovic e João Félix empataram ainda na primeira metade e deram a machadada final na etapa complementar, virando o jogo para 4-2. Era o 1.º episódio de uma história que tem sido recheada de títulos e recordes.

FEVEREIRO

Rescaldo de 2019

Ao dia 10 do 2.º mês de 2019, o Benfica presenteou o Nacional com uma goleada, por 10-0. Desde 1964, há 55 anos, que os encarnados não venciam com tanta diferença de golos no Campeonato Nacional. Grimaldo descobriu o caminho para a dezena ao primeiro minuto. Seguiram-lhe as pisadas Seferovic (2), João Félix, Pizzi, Ferro, Rúben, Jonas (2) e Rafa.

  • 4 ASSISTÊNCIAS DE PIZZI NUM JOGO. Frente ao Nacional, o médio português – especialista na arte de assistir os colegas – fez quatro passes para golo. Através da contribuição do 21, João Félix, Ferro, Rúben e Rafa entraram na lista de marcadores deste 10-0 histórico.
  • 2-4 EM ALVALADE. Neste mês, o Benfica visitou o reduto do eterno rival no primeiro dérbi de Bruno Lage como treinador. Sempre por cima na partida, as águias venceram por 2-4, através dos remates certeiros de Seferovic, João Félix, Rúben e Pizzi.

  • 6 VITÓRIAS. No ano que agora finda, Bruno Lage obteve 42 vitórias à frente do Benfica. De todos os meses, fevereiro foi o mais triunfal, com seis em sete partidas jogadas (a exceção foi o empate com o Galatasaray). Das seis, destaque para o 10-0 ao Nacional e o 2-4 no dérbi com o Sporting.

MARÇO

Rescaldo de 2019

No início de março, o Benfica deslocou-se ao Estádio do Dragão para disputar a 24.ª jornada. Em caso de triunfo, as águias alcançavam a liderança da Liga NOS, e não se fizeram de rogadas. A equipa da casa até começou melhor e inaugurou o marcador aos 18' por Adrián López, mas João Félix repôs o empate na 1.ª parte. No reinício, uma boa combinação entre Pizzi e Rafa não deu hipóteses a Casillas. O resultado de 1-2 deu os três pontos fulcrais aos encarnados.

  • 59 PONTOS E NOVO LÍDER NA CLASSIFICAÇÃO. Com o triunfo na casa do FC Porto, o Benfica ultrapassou o rival e fixou-se na liderança, com 59 pontos. Nas derradeiras 10 jornadas, os comandados por Bruno Lage agarraram-se ao topo com unhas e dentes, alcançaram nove vitórias, cederam apenas um empate e lograram a Reconquista!

ABRIL

Ano de 2019 em revista

O 6-0 com que o Benfica venceu o Marítimo a 22 de abril foi o culminar de um mês com muitos golos marcados (22) por parte do Campeão Nacional em todas as provas. Os "bis" de João Félix e de Cervi e os tentos de Pizzi e de Salvio fizeram o resultado.

  • SOB O SIGNO DO 4. No mês quatro do ano, o Benfica teve a curiosidade de ter apontado quatro golos em quatro jogos, sendo que dois deles resultaram em goleada. Começou com o 1-4 ao Feirense e continuou com os 4-2 ao Eintracht Frankfurt e V. Setúbal e fechou com o 0-4 ao SC Braga.

MAIO

Ano de 2019 em revista

A 18 de maio, o Benfica ultrapassou o Santa Clara na 34.ª e última jornada da Liga NOS (4-1), sagrando-se Campeão Nacional pela 37.ª vez no palmarés. Foi a época da Reconquista... que se tornou uma realidade com os golos de Seferovic (2), João Félix e Rafa na partida. No Estádio da Luz, no Marquês de Pombal, um pouco por todo o País e mesmos noutras latitudes do globo, o vermelho invadiu as ruas em momentos de festa que ficam para a posteridade.

  • 103 GOLOS NO CAMPEONATO. À entrada para o jogo com o Santa Clara, o Benfica tinha 99 golos marcados (igualara 1946/47), mas os pupilos às ordens de Bruno Lage queriam ficar na história. Para além da mítica marca da centena, havia os 101 tentos do Benfica orientado por Jimmy Hagan e os 103 alcançados em 1963/64. Os quatro remates certeiros diante dos açorianos colocaram os encarnados na marca dos 103, igualando 1963/64. A temporada terminou com a média de 3,03 por jogo, registos que são recorde entre os Campeões das principais ligas da Europa.

  • 23 GOLOS DO "REI" SEFEROVIC. O avançado suíço do Benfica foi o Melhor Marcador da Liga NOS em 2018/19, com 23 tiros em 29 partidas e sem qualquer golo através de grande penalidade. O início de temporada foi tímido, mas convém não olvidar o golo marcado ao FC Porto na Luz (1-0). Porém, em janeiro tudo mudou. Bruno Lage pegou na batuta da equipa, orquestrou um 4x4x2 que trouxe à tona o melhor do talento do camisola 14. Foram golos atrás de golos, com o melhor registo a aparecer em janeiro e fevereiro, meses em que faturou em oito rondas seguidas.
  • 2.ª VOLTA DE LUXO COM 49 PONTOS. Este é o número que redunda na melhor 2.ª volta de sempre do Benfica no Campeonato Nacional. Em 17 jogos conseguiu 16 vitórias e um empate (diante do Belenenses SAD). No total: 66 golos marcados e 14 sofridos.

  • 300 GOLOS DE JONAS NA CARREIRA. Um número redondo e ao alcance de poucos. Jonas fez, diante do Portimonense (32.ª jornada da Liga NOS), o tento 300 enquanto sénior (clubes e seleção). Diante dos algarvios, o 10 entrou aos 61’ e fechou o resultado de 5-1 com um oportuno golpe de cabeça após cruzamento de André Almeida. O defesa-direito, aliás, ajudou Jonas a registar o feito no festejo do golo.
  • 250 JOGOS DE ANDRÉ ALMEIDA. A partida com o Santa Clara, a encerrar a Liga NOS 2018/19, no dia 18 de maio, não foi especial apenas pela conquista do 37. Para o defesa português teve um sabor especial: foi o jogo 250 de André Almeida ao serviço do Benfica, decompostos em 151 no Campeonato Nacional, 40 na Liga dos Campeões, 16 na Liga Europa, 20 na Taça de Portugal, 22 na Taça da Liga e 1 na Supertaça.

JUNHO

Rescaldo de 2019

Foi neste mês que o Benfica oficializou à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) a proposta recebida por parte do Atlético de Madrid, que dava conta do interesse do clube espanhol nos préstimos do avançado que, mais à frente no ano, haveria de ganhar os troféus Golden Boy 2019 e ainda Jogador Revelação nos Globe Soccer Awards. A transferência por 126 milhões de euros seria oficializada no decorrer de julho.

JULHO

Rescaldo de 2019

A pré-época do Benfica voltou a passar pelos Estados Unidos da América e pela prestigiada International Champions Cup. Inseridos no Grupo A, juntamente com Chivas, Fiorentina e Milan, os encarnados venceram os seus jogos e conquistaram a prova. Foram o 1.º clube luso a consegui-lo! Os resultados? 3-0 ao Chivas, 1-2 à Fiorentina e 1-0 ao Milan. Mas não foi só dentro de campo que se viu a força do Benfica. De costa a costa nos Estados Unidos, a força do Clube foi notória, com forte presença de emigrantes portugueses em todas as iniciativas e treinos abertos protagonizados pelas águias.

  • 41 GOLOS NA PRÉ-TEMPORADA. Não só de ICC se fez a pré-época do Campeão Nacional. A estes três desafios juntaram-se outros seis onde o Benfica venceu e goleou. A exceção? Frente ao Anderlecht, no jogo de apresentação. No Estádio da Luz, os belgas venceram, por 1-2. Ainda assim, fica o registo de 41 golos marcados em toda a pré-época (média de 4,56 por desafio).
  • 4 NA EQUIPA IDEAL. A 5 de julho, a Liga Portugal deu o Kick Off de 2019/20 e revelou – entre outros – o onze ideal da temporada. O Benfica teve forte presença na equipa, com quatro nomes: Grimaldo, Rafa, João Félix e Seferovic. Bruno Lage foi eleito o treinador do ano.

AGOSTO

Ano de 2019 em revista

A nova época oficial abriu, como habitualmente, com a Supertaça. No Estádio Algarve, Benfica e Sporting mediram forças, com as águias a serem bastante superiores e a levarem a 7.ª Supertaça Cândido de Oliveira para as vitrinas do Museu Benfica – Cosme Damião.

  • 5-0 AO SPORTING. Foi este o resultado da Supertaça. Rafa começou a desenhar a goleada na 1.ª parte, mas foi no segundo tempo que teve o seu auge. Pizzi por duas vezes, Grimaldo e Chiquinho faturaram e fixaram a goleada na mão-cheia. Referir que este foi o resultado mais desnivelado de sempre do Clube na competição.
  • 50 GOLOS DE PIZZI. O médio do Benfica está a fazer uma época notável, com 19 golos apontados em 25 encontros (todas as provas). Na ronda inaugural da Liga NOS, os encarnados bateram o Paços de Ferreira por 5-0, com Pizzi a fazer dois golos. Este bis permitiu-lhe atingir a marca dos 50 tentos com o Manto Sagrado.

SETEMBRO

Ano de 2019 em revista

O mês nove de 2019 trouxe um pleno de triunfos em jogos da Liga NOS. As quatro vitórias foram o mote para o que tem acontecido na prova: só triunfos desde o 0-4 em Braga. No total são 11 jogos em que o Benfica só sabe ganhar.

OUTUBRO

Ano de 2019 em revista

No fim deste mês, o Benfica chegou à condição em que se encontra: líder da tabela classificativa da Liga NOS. Ao vencerem o Portimonense (4-0), as águias aproveitaram da melhor maneira o empate a uma bola entre o Marítimo e o FC Porto. No final da 9.ª jornada, os encarnados ficavam com 24 pontos e os portistas com 22.

  • 200 VITÓRIAS NA UEFA. Com duas Taças dos Campeões no palmarés, o Benfica é um histórico nas andanças das competições da UEFA. A 23 de outubro, os benfiquistas receberam o Lyon na 3.ª jornada da fase de grupos da Liga dos Campeões. O triunfo por 2-1 foi o 200 do Benfica na UEFA, personificado nos golos de Rafa e Pizzi. As duas centenas dividem-se em 113 na TCCE/Liga dos Campeões, 64 na Taça UEFA/Liga Europa, 21 na Taça das Taças e 2 na Taça das Cidades com Feiras.
  • 50 JOGOS DE GEDSON. O minuto 65 do jogo da Taça de Portugal com o Cova da Piedade será sempre especial para Gedson. Formado no Benfica Campus, o médio cumpriu, neste desafio, o jogo 50 de águia ao peito. "Longínqua" vai já a estreia com o Fenerbahçe a 7 de agosto de 2018. Para chegar à meia centena, o 83 realizou 24 partidas na Liga NOS, 10 na Liga dos Campeões, 6 na Liga Europa, 5 na Taça de Portugal e 5 na Taça da Liga.

NOVEMBRO

Ano de 2019 em revista

Formado no Benfica Campus e com a Mística no ADN, Rúben é a personificação do que é um “jogador à Benfica”. A 2 de novembro, diante do Rio Ave, o Benfica venceu, por 2-0. O jogo foi especial para o defesa-central por várias razões. Em primeiro lugar porque cumpriu aqui os 100 jogos ao serviço da equipa principal, em segundo lugar porque marcou o tento inaugural do jogo da 10.ª jornada da Liga NOS.

  • 250 JOGOS DE PIZZI. O pano deste mês caiu com o jogo 250 do 21 ao serviço do Benfica. Na Luz, frente ao Marítimo (12.ª jornada), o líder ganhou por 4-0 e o médio chegou ao número redondo, marcando ainda um golo. Vinícius, com um hat-trick, completou o resultado.

DEZEMBRO

Ano de 2019 em revista

O último mês do ano ficou marcado pela 15.ª vitória consecutiva do Benfica de Bruno Lage fora de portas para a Liga NOS. No dia 6, na deslocação ao Estádio do Bessa, os encarnados venceram por 1-4, fruto dos remates certeiros de Vinícius (2), Cervi e Gabriel. O caminho dos 15 triunfos arrancou em janeiro com o 0-2 ao Santa Clara. Neste hiato, o Benfica apontou 42 golos (2,8 por encontro), sendo que Pizzi (9 golos) foi o goleador.

  • PIZZI: 27 GOLOS E 26 ASSISTÊNCIAS. O superlativo ano do internacional português vê-se no número de golos e assistências. Ao alcance de poucos, os 27 tentos e 26 passes para golo aconteceram de janeiro a dezembro. O 27.º remate certeiro apareceu ante o SC Braga nos oitavos de final da Taça de Portugal (18 de dezembro), no início do triunfo que valeu o apuramento para os "quartos" da prova-rainha; a 26.ª assistência deu-se no 4-0 ao Famalicão, na 14.ª ronda da liga portuguesa (14 de dezembro).

  • 100 JOGOS DE SEFEROVIC. Chegou em 2017/18 e rapidamente mostrou ao que ia. Começou essa época com golos atrás de golos, mas o momento mais alto do ponta de lança foi na temporada transata, em que alcançou a Bola de Prata, com 23 golos. A 14 de dezembro de 2019, frente ao Famalicão, Seferovic atingiu outra marca redonda: 100 jogos com o Manto Sagrado vestido.
  • 8 JOVENS DA FORMAÇÃO LANÇADOS POR BRUNO LAGE. O técnico, de 43 anos, lançara no seu reinado Zlobin, Tomás Tavares, Nuno Tavares, Ferro, Florentino e David Tavares. Os seis jovens formados no Seixal trabalharam e tiveram a oportunidade de se mostrarem no grande palco. A aposta é real e contínua; é muito mais do que uma mudança de paradigma, é uma identidade do Clube, que veio para ficar. Antes de terminar 2019, a 21 de dezembro, com o V. Setúbal (2-2) no fecho da fase de grupos da Taça da Liga, Bruno Lage lançou Morato (titular) e Tiago Dantas (suplente utilizado). O defesa-central e o médio, respetivamente, foram as mais recentes estreias provenientes do Benfica Campus.
  • 94 PONTOS. Na Liga NOS, o Benfica, sob o comando de Bruno Lage, termina o ano de 2019 com perto de uma centena de pontos, fruto de 31 vitórias e um empate em 33 jogos. O aproveitamento é ainda mais impressionante: 94%.

Texto: Marco Rebelo

Fotos: SL Benfica

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar