8 de fevereiro de 2020, 16h11

Primeira fase da Liga Revelação fechada com triunfo

Futebol

Os Sub-23 do Benfica venceram, fora, o Leixões e terminam no topo da classificação com os mesmos 61 pontos que o Rio Ave.

RESUMO DO JOGO

A equipa Sub-23 do Benfica foi, este sábado, ao Estádio do Laranjal disputar com o Leixões a 30.ª e última jornada da primeira fase da Liga Revelação. Os encarnados venceram por 1-2, fecham com 61 pontos e terminam como um dos líderes da tabela classificativa.

Num relvado algo pesado, Leixões e Benfica entraram com disponibilidade, dando ritmo alto à partida. Os lances de perigo iam-se somando junto às áreas e o tento inaugural não tardou. Aos 16’, de cabeça, após um livre indireto, Ricardo Teixeira cabeceou para o 1-0.

A perder, os comandados por Luís Castro foram atrás do golo e o mesmo apareceu aos 22’. Luís Lopes cabeceou para o 1-1. A partir deste momento, mais Benfica no jogo, e Jair Tavares, com um belo trabalho, rematou à entrada da área à barra da baliza leixonense.

Antes do intervalo, aos 31’, Pedro Ganchas consumou a reviravolta. O apito para o descanso chegou com 1-2 no marcador.

Na segunda parte, o jogo foi mais musculado, com muita luta a meio-campo e menos oportunidades de golo. Ainda assim, os Sub-23 encarnados tinham maior percentagem de posse de bola e pressionavam muito a equipa do Leixões, não a deixando sair a jogar com o esférico controlado.

Até final, o resultado não mais se alterou. No Estádio do Laranjal, o Benfica venceu o Leixões, por 1-2.

Os Sub-23 das águias terminam a primeira fase com 61 pontos, os mesmos que o Rio Ave. No play-off de Apuramento de Campeão, os seis primeiros classificados – Rio Ave, Benfica, Estoril, Sporting, CD Aves e SC Braga – vão arrancar com metade dos pontos obtidos na fase inicial da prova.

Leixões-Benfica, 1-2

FICHA  
Local Estádio do Laranjal
Onze do Benfica Leo Kokubo, Tomás Domingos, Miguel Nóbrega, Pedro Ganchas, Elías Pereyra, Henrique Jocu, Vukotic, Ronaldo Camará, Samuel Pedro, Jair Tavares e Luís Lopes
Suplentes Carlos Santos, Fábio Baptista, Gonçalo Loureiro, Armalas, Tomás Azevedo, Diogo Capitão, Ricardo Araújo, Sarmiento, Sérgio Andrade e João Borges
Ao intervalo 1-2
Golos do Benfica Luís Lopes (22') e Pedro Ganchas (31')
Marcha do marcador 1-0, 1-1 e 1-2

Texto: Marco Rebelo

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar