8 de março de 2020, 12h55

🎥 Henrique Pereira foi selo de qualidade para a liderança isolada!

Futebol

O Benfica derrotou Rio Ave na 4.ª jornada (2.ª fase) do Campeonato Nacional de Juniores.

RESUMO DO JOGO

A equipa de juniores do Benfica, liderada por Luís Araújo, venceu por 1-3 o Rio Ave, em jogo relativo à 4.ª jornada da 2.ª fase do Campeonato Nacional. As águias, agora líderes isoladas, contaram com a inspiração de Henrique Pereira (dois golos e uma assistência)!

Foi num relvado sintético em excelentes condições que os primeiros classificados da 2.ª fase (apuramento de campeão) do Campeonato Nacional de Juniores esboçaram as primeiras tentativas de aproximação às áreas contrárias. 

Depois de uma primeira ameaça de Paulo Bernardo, as águias chegaram mesmo ao golo por intermédio de Tiago Gouveia (15'). Henrique Pereira deambulou pelo flanco esquerdo, desferiu um grande cruzamento e Tiago Gouveia, ao segundo poste, rematou para o fundo da baliza sem deixar o esférico tocar no chão (0-1). Um autêntico golaço! 

GOLO: 0-1

Contra a corrente de jogo, isto porque era o Benfica quem dominava, os vila-condenses chegaram à igualdade (1-1), na sequência de uma bola parada aos 17'. Tomás Martins antecipou-se a Samuel Soares e encostou para o fundo das redes encarnadas. 

GOLO: 1-1

Após o golo dos rioavistas (um dos nomes pelos quais são conhecidos) o desafio tornou-se ainda mais aberto e rápido. Aos 34' voltou a gritar-se golo nas bancadas, mas o lance foi invalidado por alegada falta de Henrique Pereira sobre o guarda-redes do Rio Ave. 

Nos minutos finais da 1.ª parte, os encarnados tiveram uma clamorosa oportunidade para voltar à dianteira do marcador. Paulo Bernardo fez um passe teleguiado para Henrique Pereira, o extremo benfiquista recebeu e atrasou para o lateral-esquerdo. Rafael Rodrigues centrou com conta, peso e medida para a área e o central adversário tentou despachar o lance. O corte não foi efetuado nas melhores condições e a bola sobrou para Martim Neto que, no sítio certo, disparou, contudo, o esférico acabou por passar perto do poste esquerdo. Ao intervalo: 1-1.

RESUMO DA 1.ª PARTE

Os comandados de Luís Araújo entraram na 2.ª parte à procura do golo da vantagem. As linhas encarnadas estavam bastante subidas, a pressão era constante e o Rio Ave não conseguia sair no contragolpe. Faltava um maior esclarecimento na zona de finalização.

O esclarecimento surgiu aos 56' pelo pé direito de Henrique Pereira! (1-2). Henrique Araújo tentou penetrar pela defensiva contrária, o esférico sobrou para o n.º 11 que, perentório, atirou um remate bastante bem colocado para o interior da baliza. Um disparo de qualidade e com "selo" de golo! 

GOLO: 1-2

Três minutos depois (59'), o treinador das águias decidiu refrescar a zona nevrálgica do terreno, colocando Francisco Saldanha no lugar de Martim Neto.

O ritmo de jogo foi diminuindo, contudo, o controlo das ocorrências nunca saiu da mão do conjunto encarnado. Quase sempre a jogar no meio-campo ofensivo, o clube da Luz ia procurando a melhor oportunidade para chegar ao golo. 

Aos 77', Henrique Pereira voltou a fazer magia na área contrária. O camisola 11 recebeu a bola, fintou dois adversários, puxou a culatra atrás e não perdoou (1-3). Novo tiro sem hipótese de defesa!

GOLO: 1-3

Depois da entrada de Diogo Nascimento para o lugar de Renato Matos, que saiu lesionado, Luís Araújo voltou a mexer no xadrez do Benfica. Rajmund Molnár e Alexandre Penetra entraram para os lugares de Henrique Araújo e Tomás Araújo.

Os vila-condenses tentaram, de uma forma mais direta, chegar a um golo que ainda pudesse dar esperanças, mas as tentativas não surtiram efeito. Samuel Soares mostrava-se atento na baliza e coordenava a linha defensiva encarnada da melhor forma. Resultado final: 1-3.

Classificação: 1.º Benfica, 12 pontos; 2.º Rio Ave, 9 pontos; 3.º SC Braga, 8 pontos.

No jogo da próxima jornada (5.ª) da fase de apuramento de campeão, que se irá disputar no dia 14 de março, às 15h00, o Glorioso desloca-se ao terreno do Estoril Praia.

Rio Ave-Benfica, 1-3

FICHA  
Local Campo de Treinos n.º 1, Estádio do Rio Ave
Onze do Benfica Samuel Soares, Renato Matos, Tomás Araújo, Adrian Bajrami, Rafael Rodrigues, Rafael Brito, Martim Neto, Paulo Bernardo, Tiago Gouveia, Henrique Pereira e Henrique Araújo
Ao intervalo 1-1
Marcadores do Benfica Tiago Gouveia (15') e Henrique Pereira (56' e 77')
Marcha do marcador 0-1, 1-1, 1-2 e 1-3

Texto: Diogo Nascimento

Fotos: FPF

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar