16 de abril de 2020, 16h13

Di María: "O Benfica deu-me tudo"

Futebol

Palavras do jogador argentino numa entrevista concedida à UEFA.

Ángel Di María, antigo jogador do Benfica, concedeu uma entrevista ao site oficial da UEFA onde se mostrou feliz pelo rumo que a sua carreira levou, sem nunca esquecer as origens e o Clube que, como diz, lhe deu tudo.

"O Benfica foi muito importante para mim e para a minha família. Vir para a Europa foi um salto muito grande, e o Benfica, que é um clube tão grande, deu-me tudo. É como se fosse a minha primeira casa, permitiu-me ganhar e tornar-me no jogador que sou hoje em dia", referiu Di María na entrevista que a UEFA recuperou no dia 15 de abril.

Di María completou três épocas de águia ao peito, de 2007/08 a 2009/10. Três temporadas com muita magia nos relvados, e rapidamente vários tubarões do futebol europeu mostraram interesse na contratação do jogador.

O extremo, que envergava a camisola n.º 20, realizou 124 jogos e marcou 15 golos, contudo, há um que ainda hoje corre o mundo e não sai da memória do jogador e da Família Benfiquista. Decorria o dia 17 de dezembro de 2009, o Benfica recebia o AEK Atenas, em jogo da fase de grupos da Liga Europa. As águias venceram o encontro por 2-1, mas o momento da noite ficou guardado para o minuto 73. Foi de letra, sim, senhor!

Di Maria Ex-Benfica Entrevista UEFA

"Creio que só marquei um único golo de rabona [letra] e, francamente, não é nada fácil. Foi uma sensação muito boa porque estávamos a jogar contra uma grande equipa e consegui fazer este golo quando envergava a camisola do Benfica, a minha primeira equipa europeia", relembrou.

O sucesso desportivo do Clube da Luz na época 2009/10 deu ainda mais visibilidade a Di María e catapultou-o para aventuras noutros campeonatos. O Benfica sagrou-se Campeão Nacionalo esquerdino mudou-se para a capital espanhola para representar o Real Madrid. Quatro épocas ao serviço dos merengues que culminaram na conquista de uma Liga dos Campeões.

Di Maria Ex-Benfica Entrevista UEFA

O agora atleta de 32 anos teve uma curta passagem pela Liga Inglesa. Representou o Manchester United durante uma época (2014/15) e depois disso singrou num novo desafio. Di María é um dos principais pilares do PSG, e já conta com 217 jogos pelos parisienses e 81 golos marcados.

O Benfica colocou Di María na alta-roda do futebol europeu, mas não só. As grandes exibições de águia ao peito também lhe abriram a porta da Seleção A da Argentina. O atleta, natural de Rosário, estreou-se na seleção alviceleste a 6 de setembro de 2008, num jogo diante do Paraguai, referente à fase de qualificação para o Campeonato do Mundo de 2010.

Texto: Diogo Nascimento

Fotos: Arquivo / SL Benfica

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar