Futebol

23 junho 2020, 22h38

Carlos Vinícius

Sport Lisboa e Benfica e Santa Clara subiram ao relvado da Luz para disputar a 28.ª jornada da Liga NOS. Jogo de emoções, com reviravoltas e os açorianos a vencerem, por 3-4.

"É um resultado amargo. Acredito que estamos a passar por uma fase menos boa, mas o que nos resta é trabalhar, ainda há muito campeonato pela frente, é trabalhar, pensar já no próximo adversário e dar o mais rápido possível a vitória aos nossos adeptos", explicou, à BTV, Carlos Vinícius logo após o apito final.

As bancadas da Catedral estiveram vazias, cumprindo todas as regulamentações impostas face à COVID-19, um fator que também jogou… e de que maneira!

"Não é só neste jogo. Os nossos adeptos ajudam-nos muito, muito mesmo, e sentimos muito a falta deles. Mas isso não é desculpa. Vamos dar o nosso máximo, ainda há muito campeonato pela frente e queremos dar alegrias a todos os que estão em casa", reiterou o camisola 95.

Vinicius

Vinícius regressou aos golos, bisou (foi a 6.ª vez que marcou dois golos num jogo pelo Benfica), aumentou para 18 os tentos somados na prova, o que lhe confere e reforça o estatuto de melhor marcador da mesma. Olhando em frente e após o desaire...

"Não há nada a dizer! É trabalhar, já amanhã, e dar tudo, porque os nossos adeptos merecem", concluiu.

Texto: Sónia Antunes

Fotos: Tânia Paulo / SL Benfica

Última atualização: 10 de julho de 2020

Patrocinadores principais do Futebol


Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar