8 de setembro de 2020, 19h29

🎥 Benfica ultrapassa Fonte do Bastardo em jogo de apresentação

Voleibol

A competição oficial arranca com a AA São Mamede, no 1.º jogo da Supertaça. 

RESUMO DO JOGO

A versão 2020/21 da equipa de voleibol do Sport Lisboa e Benfica apresentou-se, esta terça-feira, diante da Fonte do Bastardo. Num Pavilhão n.º 2 da Luz despedido de público, os comandados por Marcel Matz triunfaram, por 3-0.

Frente a um adversário de elevada valência, a turma da Luz aproveitou para preparar o arranque da Supertaça, agendada para o dia 11 de setembro, frente à AA Sao Mamede, em Gondomar.

O jogo começou equilibrado, com ambas as equipas, fruto de se estar em fase de pré-época, a cometerem vários erros na ação de serviço. Em contraponto, o bloco de ambos os emblemas mostrou estar já bastante afinado. O resultado manteve-se equilibrado até aos 13 pontos, altura em que, a maior eficácia das águias no ataque junto à rede, nomeadamente na zona 4, fez a diferença. O 1.º set fechou com 25-18 para os da casa. 

RESUMO DO 1.º SET

Mais eficaz no serviço e com um ataque poderoso, nomeadamente na zona 2 (oposto), o Benfica rapidamente cavou larga distância pontual no 2.º set. O forte remate de Hugo Gaspar e uma defesa baixa da Fonte do Bastardo incapaz de parar as águias fizeram o resto. A meio do parcial, o treinador Marcel Matz fez várias substituições, mas o triunfo já não fugiu ao Benfica: 25-20.

RESUMO DO 2.º SET

A perder por 2-0, a Fonte do Bastardo, através de algumas alterações na equipa operadas pelo técnico João Coelho, entrou melhor no 3.º set, e esteve em vantagem até aos 13 pontos. O Benfica, carregado por Peter, recuperou, muito por culpa dos ataques do austríaco na zona central da rede e do serviço. Melhores nas receções e na distribuição, os encarnados somaram os pontos no ataque, principalmente nas zonas 2 e 4, para fechar o set em 25-20.

RESUMO DO 3.º SET

DECLARAÇÕES

Marcel Matz (treinador do Benfica): "Na realidade em que estamos, qualquer tipo de teste e de nível são muito importantes. [Fonte do Bastardo] É uma das equipas que pode chegar ao play-off do campeonato, mas ainda não tem a equipa completa. Foi um bom teste, foi o jogo de apresentação, dentro do formato normal e foi importante para os jogadores. Vencemos, mas ainda temos muito para melhorar."

Marcel Matz Benfica Voleibol

Honoré (jogador do Benfica): "Estou feliz pela vitória. Mostrámos o nosso nível. O objetivo é preparar a Supertaça, perante um adversário que vai forçar o Benfica a mostrar o melhor rendimento na quadra. Já nos conhecemos há muito tempo e não foi difícil chegar ao nosso nível. Só temos de treinar para ficarmos ainda ais fortes."

João Coelho (treinador da Fonte do Bastardo): "É obrigatório termos momentos de preparação antes dos jogos a doer. Não nos é possível fazê-los de forma mais antecipada. Do outro lado estava uma equipa muito competente. São momentos que temos de passar, crescer e preparar da melhor forma o jogo de sexta-feira. Sendo o primeiro jogo da época, é de vital importância competirmos e ultrapassarmos as dificuldades em competição."

Caíque Silva (jogador da Fonte do Bastardo): "Foi o nosso primeiro jogo, porque, infelizmente, temos dificuldades em encontrar adversários para jogar nos Açores. Demos uma boa réplica, mas ainda temos muito para trabalhar. Estamos preparados para chegar o mais longe no campeonato e nas restantes competições."

Benfica-Fonte do Bastardo, 3-0

FICHA  
Local Pavilhão n.º 2 da Luz
Formação inicial Rapha, André Lopes, Peter, Hugo Gaspar, Honoré, Tiago Violas e Ivo Casas (L)
Suplentes  Bernardo Silva (L), Francisco Leitão, Eduardo Brito, Afonso Guerreiro, Theo Lopes, Miguel Sinfrónio, Zelão, Japa, Nuno Pinheiro e Nuno Marques
1.º set 25-18
2.º set 25-20
3.º set 25-20

Texto: Marco Rebelo

Fotos: João Paulo Trindade / SL Benfica

PATROCINADORES MODALIDADES


Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar