26 de setembro de 2020, 17h39

🎥 Benfica arrasador vence FC Porto no arranque do Campeonato

Hóquei em Patins

Águias não deram hipóteses (7-3) no clássico da 1.ª jornada.

RESUMO DO JOGO

O Benfica recebeu, goleou, venceu e convenceu, este sábado, no Pavilhão Fidelidade, o FC Porto na 1.ª jornada do Campeonato Nacional de hóquei em patins. Os números falam por si: triunfo por 7-3!

Começo muito interessante de jogo, com sinal mais do Benfica, com Nicolía, Diogo Rafael e Valter Neves a tirarem desde muito cedo as medidas da baliza à guarda de Xavier Malián. Mais bola para as águias, fruto da pressão imediata na fase de saída dos azuis e brancos, mais construção e mais oportunidades para os comandados de Alejandro Domínguez.

Minuto 8 e golo do Benfica! Jogada de insistência, com Nicolía, de bandeja, a servir o capitão Valter Neves para um remate indefensável a meia altura.

GOLO: 1-0

Em vantagem, as águias continuaram a carregar e estiveram muito perto de dilatar, perante um FC Porto que tentava reagir, mas tinha em Pedro Henriques uma autêntica muralha. Que o diga Gonçalo Alves!

A meio da primeira parte as duas formações tinham encaixado e a partida pautava-se pelo equilíbrio. Jogo muito tático!

A seis minutos do intervalo, mais um golo para as águias! Jogada de Diogo Rafael, com Gonçalo Pinto a surgir muito oportuno e a desviar para o 2-0.

GOLO: 2-0

No minuto seguinte, mais um... e tirado a papel químico no que toca aos intervenientes! Grande jogada de Diogo Rafael, a "arrastar" consigo a defensiva adversária, libertando Gonçalo Pinto para mais um remate sem hipóteses para o guardião espanhol. Bis para o avançado de 23 anos.

GOLO: 3-0

Do outro lado, Pedro Henriques continuava a ser determinante... e os ferros também. Contudo, em cima do intervalo, o FC Porto chegou mesmo ao golo, através de um enorme disparo de Xavier Barroso (3-1).

GOLO: 3-1

Ainda se festejava no banco da formação de Guillem Cabestany e, num lance algo confuso, mas eficaz como se quer, Lucas Ordoñez, na recarga a um primeiro remate de Nicolía, faz o 4-1 com que se atingiu o intervalo.

GOLO: 4-1

Primeira parte com entrada muito positiva do Benfica, o FC Porto equilibrou, mas as águias foram mais equipa.

RESUMO DA 1.ª PARTE

Reatar e muito Benfica em quadra, com as águias a cedo quererem mostrar que a vantagem conquistada nos primeiros 25 minutos era para manter e, se possível, dilatar... 

E se assim o pensaram, melhor o fizeram! Minuto 27', e Nicolía, depois de um passe açucarado do compatriota Ordoñez,a assinar a mão-cheia de golos no Pavilhão Fidelidade.

GOLO: 5-1

O Benfica controlava, geria em qualidade e aos 36', momento mágico na Luz, com um golo monumental! Isolado, Lucas Ordoñez (até parece fácil!) fez o que quis com a redondinha e rematou para o 6-1

GOLO: 6-1

 O Benfica continuava a dominar e, depois de o FC Porto ter atingido a 10 falta, Nicolía foi para linha e, na cobrança do respetivo livre, rematou forte e colocado para o 7-1.

GOLO: 7-1

Com ainda alguns minutos para jogar, o FC Porto não desistiu, e marcou por mais duas vezes. Primeiro foi Gonçalo Alves, num bom lance individual, a reduzir para 7-2.

GOLO: 7-2

No lance seguinte, novo golo do FC Porto, com Xavier Barroso, após assistência de Reinaldo Garcia, a rematar para o 7-3.

GOLO: 7-3

Até ao final, apesar de mais uma mão-cheia de oportunidades, o resultado não se alterou. Triunfo justo, por números expressivos, da melhor equipa em quadra: 7-3.

Na próxima jornada, a 2.ª, o Benfica viaja até ao recinto da Juventude de Viana.

DECLARAÇÕES

SL Benfica-FC Porto Hóquei em Patins

Alejandro Domínguez (treinador do Benfica): "Foi a nossa primeira vitória, o primeiro passo,  apenas isso, num clássico, num jogo sempre importante por tudo aquilo que representa e por estarem em quadra dois candidatos. Não quero desvalorizar a nossa vitória, foi importante, mas é apenas o começo, apenas o primeiro passo dos muitos que temos pela frente."

SL Benfica-FC Porto Hóquei em Patins

Benfica-FC Porto, 7-3

FICHA  
Local Pavilhão Fidelidade
Cinco inicial do Benfica  Pedro Henriques, Valter Neves (cap.), Diogo Rafael, Carlos Nicolía e  Lucas Ordoñez
Suplentes Edu Lamas, Sergi Aragonès, Gonçalo Pinto, Danilo Rampulla e Marco Barros
Resultado ao intervalo  4-1
Marcadores do Benfica  Valter Neves (8'), Gonçalo Pinto (18' e 19'), Lucas Ordoñez (23' e 36'), Nicolía (27' e 42')

Texto: Sónia Antunes

Fotos: Cátia Luís / SL Benfica 

 

PATROCINADORES MODALIDADES


Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar