27 de setembro de 2020, 13h13

🎥 Vento atrapalhou num jogo resolvido ao cair do pano

Futebol

O Benfica B perdeu com o CD Mafra (2-1) na 4.ª ronda da II Liga (Liga Pro). Um desafio que se disputou no Parque Desportivo Municipal de Mafra.

RESUMO DO JOGO

A equipa B do Benfica deslocou-se este domingo ao terreno do CD Mafra, mas foi a equipa da casa quem sorriu no final da partida (2-1). Na 4.ª jornada da II Liga, Morato adiantou as águias, contudo, os comandados de Renato Paiva não conseguiram colocar em prática o seu jogo...

Devido a alguns casos de COVID-19 registados na equipa do CD Mafra, o Benfica B disponibilizou-se para adiar a partida deste domingo. Apesar da flexibilidade apresentada pelo Clube da Luz, a Liga Portugal aplicou o protocolo que existe entre si e a Direção-Geral da Saúde, mantendo o encontro para o dia acordado.

Foi a favor do vento e com uma pressão constante sobre os adversários que as águias começaram o desafio em Mafra. O conjunto liderado por Renato Paiva – rápido à flor do relvado – esteve muito perto de inaugurar o marcador aos 3'. Gonçalo Ramos, que está de pé quente neste início de temporada, teve uma soberana oportunidade. O número 88, solto de marcação, ultrapassou o guarda-redes adversário e atirou ao poste esquerdo.

Os encarnados ameaçaram e chegaram mesmo ao golo aos 7'. Tiago Dantas bateu o pontapé de canto do lado direito, Gonçalo Ramos fez-se ao lance e a bola acabou por sobrar para Morato. O defesa-central antecipou-se ao guardião do CD Mafra e cabeceou para o fundo das redes adversárias (0-1).

GOLO: 0-1

Os da casa não se mostraram rogados e aos 12' quase empataram. Uma jogada rápida pelo flanco esquerdo que apanhou a defesa do Benfica B em contrapé. Abel Camará, solto de marcação, atirou de primeira, todavia, o esférico passou ao lado da baliza de Fábio Duarte – o capitão das águias nesta partida.

Os benfiquistas, bem posicionados ao longo do terreno, iam controlando as movimentações e davam mais espaço para que o CD Mafra pudesse assumir a batuta da partida. Era através de lances de bola parada que os visitados tentavam surpreender.

Aos 31' foi o momento de Fábio Duarte brilhar com uma monumental defesa! Após um pontapé de canto, Cuca puxou a culatra atrás, rematou com todo o vigor, mas a bola – que levava o selo de golo – encontrou a forte oposição do guardião. E este teve nova intervenção fulcral, três minutos depois (34'), evitando o golo de Okitokandjo.

O Benfica B não estava a conseguir implementar o seu jogo rendilhado. As bolas longas sucediam-se, contudo, por vezes devido à força do vento, as trajetórias não eram as mais corretas. Aos 44' foi o CD Mafra que faturou. Nuno Campos, junto à linha lateral, centrou para o segundo poste e Andrezinho, sem oposição, cabeceou para as redes encarnadas (1-1).

GOLO: 1-1

Sem tempo para mais lances de perigo, o árbitro decidiu colocar término à 1.ª parte do desafio. Ao intervalo: 1-1.

RESUMO DA 1.ª PARTE

Tal como aconteceu no primeiro tempo, o Benfica B começou a pressionar os adversários desde a sua primeira fase de construção. A movimentação era clara, Tiago Dantas "incomodava" a saída de bola do defesa-central e Paulo Bernardo tentava antecipar-se ao médio-defensivo do CD Mafra, caso fosse esse o destino do esférico.

Aos 58', Gonçalo Ramos voltou a atirar ao poste esquerdo – situação que já tinha acontecido durante o primeiro tempo. Tiago Dantas fez um cruzamento excecional, mas o cabeceamento do número 88 não levou o destino mais desejado. Faltou sorte!

Renato Paiva decidiu refrescar a sua equipa, aos 62', mexendo em duas peças. Jair Tavares e Vukotic entraram para os lugares de Paulo Bernardo e Luís Lopes. Aos 65' ficou uma falta por marcar. Frimpong isolou Gonçalo Ramos. O avançado cavalgou alguns metros, foi rasteirado à entrada da grande área, mas o árbitro decidiu não apitar.

Nesta fase o CD Mafra apostava mais nos contra-ataques e aos 68' teve mesmo uma das melhores chances – se não a melhor – para marcar. Rodrigo Martins, presente no sítio certo, sem guarda-redes pela frente e dentro da pequena área, atirou por cima da barra. O minuto 73 ficou marcado por mais uma alteração efetuada pelo treinador do Benfica B. Tiago Araújo rendeu Ronaldo Camará.

O ritmo do desafio abrandou, as oportunidades de finalização não estavam a ocorrer com tanta frequência e o jogo direto era uma das soluções encontradas. Aos 80' nova mexida nas águias. Daniel dos Anjos e Diogo Mendes entraram para os lugares de Tiago Dantas e Rafael Brito

Nos minutos finais o jogo ficou partido no meio-campo. Havia muita vontade, mas pouca cabeça para procurar as melhores soluções. Aos 90'+1'Diogo Mendes entrou com tudo dentro da grande área e derrubou Okitokandjo. O árbitro não teve dúvidas. Apontou para a marca de grande penalidade e admoestou o jogador do Benfica B com o cartão amarelo. Okitokandjo encarregou-se de bater o castigo máximo e não perdoou.

GOLO: 2-1

Bola para um lado e guarda-redes para o outro. O Benfica B tentou, mas o CD Mafra conquistou a vitória ao cair do pano. Resultado final: 2-1. O Benfica B mantém-se com seis pontos conquistados e na próxima jornada (5.ª), aprazada para o dia 4 de outubro, às 11h15, recebe o Estoril Praia no Benfica Campus.

DECLARAÇÕES

Renato Paiva (treinador do Benfica B): "Jogámos dez minutos da primeira parte, criámos duas oportunidades e fizemos um golo. A partir daí abdicámos do jogo. A favor do vento não conseguimos articular o nosso jogo e estávamos a libertar a bola muito rapidamente, mesmo quando a pressão do CD Mafra não era tão forte. Para a nossa equipa estes números de posse de bola não são normais. Quando não se tem bola e se insiste em jogar longo só porque se está a favor do vento, não é normal. Falei com os jogadores ao intervalo porque não estava a perceber esta forma de atuar. Havia, sim, estratégias para procurar alguns lances na profundidade, mas não era sempre. Não foi o que definimos. Na segunda parte apresentámo-nos melhor, acertámos posicionamentos, ligámos mais o jogo e voltamos a ter oportunidades para fazer o 1-2."

(...)

"Queria ter jogado contra a equipa toda do Mafra [ausências devido à COVID-19 e possível adiamento do jogo]. Não gosto de fazer aos outros aquilo que não gosto que me façam a mim. Se tivéssemos este problema, gostaria obviamente que o CD Mafra tivesse a mesma postura. Esta tem de ser a maneira de estar. Fomos claros ao mostrar-nos disponíveis para não jogar, tendo em conta que o adversário estava fragilizado. Nestes casos a saúde de todos tem de vir em primeiro lugar."

Tiago Dantas (médio do Benfica B): "Não fomos hoje a equipa que fomos nos primeiros três jogos. Isso custou-nos o resultado, apesar das boas oportunidades que tivemos. Não conseguimos colocar em prática o nosso futebol e sofremos os dois golos nos finais das respetivas partes. Que isto sirva também de aprendizagem, porque a época é longa e temos muitos jogos para melhorar. Temos de atuar onde o treinador nos diz para jogar e fazer o nosso melhor. Dei o meu máximo, seja a jogar por fora ou por dentro, mas temos de fazer mais enquanto grupo. Se queremos andar na parte de cima da tabela temos de conseguir fazer sempre o nosso jogo. Estamos a construir uma excelente equipa, já nos conhecemos todos muito bem e temos de treinar bastante. O reflexo desse trabalho irá ver-se semana após semana."

CD Mafra-Benfica B, 2-1

FICHA  
Local Estádio do Parque Desportivo Municipal de Mafra
Onze do Benfica B Fábio Duarte, Tomás Tavares, Pedro Ganchas, Morato, Frimpong, Rafael Brito (80'), Paulo Bernardo (62'), Ronaldo Camará (73'), Tiago Dantas (80'), Luís Lopes (62') e Gonçalo Ramos 
Suplentes Carlos Santos, Jair Tavares (62'), Fábio Baptista, Tomás Araújo, Tiago Araújo (73'), Daniel dos Anjos (80'), Illija Vukotic (62'), João Ferreira e Diogo Mendes (80')
Ao intervalo 1-1
Marcadores Morato (7')
Boletim clínico Pedro Álvaro (lesão muscular na coxa direita); Tiago Gouveia (lesão muscular na coxa direita); Umaro Embaló (lesão muscular na coxa esquerda); Sandro Cruz (lesão muscular na coxa direita); Kevin Csoboth (tendinopatia do rotuliano direito) e Diogo Capitão (status pós-cirúrgico ligamentoplastia do cruzado anterior no joelho esquerdo)

Texto: Diogo Nascimento

Fotos: SL Benfica

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar