Hóquei em Patins

04 novembro 2020, 21h36

Festejos

RESUMO DO JOGO

A equipa de hóquei em patins do Benfica derrotou nesta quarta-feira, no Pavilhão Fidelidade, o HC Tigres por 5-1, na 7.ª jornada do Campeonato Nacional. "Dançou-se" o tango ao ritmo de um hat-trick do argentino Ordoñez.

As águias estiveram dominantes desde o primeiro minuto, ameaçaram, com vários ataques à baliza do conjunto de Almeirim. Aos 7', o marcador foi inaugurado (1-0). Bom trabalho de Valter Neves e remate cruzado, sem hipóteses para Pedro Santos.

O Benfica continuava a carregar e, aos 11', surgiu o 2-0. Trabalho individual sublime de Ordoñez, a tirar dois adversários do caminho e a rematar de pronto para o fundo das redes. Mesmo a vencerem por dois tentos de diferença, os encarnados continuavam de olhos postos na baliza do HC Tigres. Já os ribatejanos, em ataques mais rápidos, sempre que podiam, tentavam alvejar e surpreender a baliza defendida por Pedro Henriques

Benfica-HC Tigres

Aos 20', o HC Tigres teve soberana oportunidade e não desperdiçou. Num livre direto, João Maló, trabalhou bem sobre Pedro Henriques, levantou a bola a meia altura e fez o 2-1. O golo trouxe outro alento à turma de Almeirim, que cresceu na pista e teve, de seguida, várias oportunidades para chegar ao empate.

Não marcou o HC Tigres, marcou o Benfica. Trabalho de Miguel Vieira travado em falta dentro da área por Filipe Bernardino. Grande penalidade para as águias, com Edu Lamas a fazer o 3-1 (23'). Bola ao centro, recomeço e... novo livre direto para o HC Tigres. Desta feita, João Maló não conseguiu desfeitear Pedro Henriques. No Pavilhão Fidelidade, o intervalo chegou com o Benfica na frente do resultado, por 3-1.

A etapa complementar começou com o 4-1, aos 26'. Ordoñez, com um remate cruzado, a bater Igor Alves, que entrou para a segunda parte, e a aumentar a vantagem benfiquista. Ao contrário do sucedido na primeira parte em que o HC Tigres soube reagir aos tentos encarnados, no reinício viu-se uma equipa da casa muito mais forte e mais próximo do quinto tento.

Benfica-HC Tigres

Aos 39', num momento de pura magia, Ordoñez viu o seu tiro bater na barra; na resposta, o HC Tigres, de livre direto, através de Filipe Bernardino também fez a bola bater no poste da baliza das águias. No seguimento do lance, grande penalidade para os de Almeirim, mas Filipe Bernardino atirou ao lado.

Aos 41', foi Miguel Feio a desperdiçar o livre direto para os azuis e brancos. Pedro Henriques esteve gigante na baliza. Volvido um minuto, aos 42', Sergi Aragonès foi derrubado e o Benfica teve direito a livre direto, superiormente marcado por Ordoñez. Era o 5-1 e o hat-trick do argentino. Aos 44', poderia ter surgido o 6-1, mas Edu Lamas, desta vez, através de uma grande penalidade, atirou ao lado.

Este triunfo permite ao Benfica chegar aos 13 pontos na classificação antes de medir forças, fora de portas, com a Oliveirense.

Benfica-HC Tigres

DECLARAÇÕES

Alejandro Domínguez (treinador do Benfica): "Nenhum jogo é simples, e encontrar a chave que abre o caminho da vitória por vezes não é fácil. Defrontámos uma equipa com um bloco muito baixo... Mas estava bem estudado, treinamos sempre com pressão alta, para abrir caminhos e chegar à baliza."

Benfica-HC Tigres, 5-1

FICHA  
Local Pavilhão Fidelidade
Cinco inicial do Benfica Pedro Henriques, Valter Neves, Edu Lamas, Ordoñez e Gonçalo Pinto
Suplentes Marco Barros, Diogo Rafael, Sergi Aragonès, Miguel Vieira e Danilo Rampulla
Resultado ao intervalo 3-1 
Marcadores do Benfica Valter Neves (7'), Ordoñez (11', 26' e 42'), Edu Lamas (23') 

Texto: Marco Rebelo

Fotos: João Paulo Trindade / SL Benfica

Última atualização: 4 de novembro de 2020

Patrocinadores Hóquei


Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar