Futebol

25 novembro 2020, 16h14

Jardel

ANTEVISÃO

Jardel está consciente do poderio ofensivo do Rangers, adversário na 4.ª jornada do Grupo D da Liga Europa, que já marcou 31 golos em casa nesta época. O capitão do Benfica garante, no entanto, que a equipa vai entrar em campo "com muita ambição e vontade de vencer".

Antes da viagem para a Escócia, na conferência de Imprensa realizada no Benfica Campus, o camisola 33 falou ainda sobre as ausências para o encontro no Ibrox Stadium devido aos casos positivos de COVID-19 na formação encarnada, e garante que "quem for a jogo, dará conta do recado".

Jardel

"Queremos chegar lá e fazer um grande jogo"

Que Benfica podemos esperar para este jogo na Escócia, sabendo que o Rangers já assumiu que quer ser agressivo?

Muita ambição, muita vontade de vencer, mas sem perder a cabeça. Focados no que temos de fazer, esse é o grande segredo. A nossa mentalidade vai ser a mesma de sempre, tentando entrar muito fortes. Sabemos que vai ser um jogo difícil, mas estamos preparados. 

O Benfica sofreu três golos no primeiro jogo com o Rangers. O que falhou?

Ficámos reduzidos a 10 muito cedo [expulsão de Otamendi], o que dificultou a nossa tarefa perante um adversário com um ataque rápido. Trabalhámos bastante nesta semana para corrigir, o míster tem-nos mostrado muitas coisas.

O Rangers tem uma linha da frente muito rápida. Como é que se prepararam para as dificuldades que eles possam colocar à equipa do Benfica?

É verdade que têm jogadores rápidos na frente, mas não podemos preocupar-nos só com esses jogadores. O Rangers é uma equipa de qualidade e preparámo-nos bem esta semana. Trabalhámos bastante a parte defensiva e as ideias da equipa, num todo. Queremos chegar lá e fazer um grande jogo.

Jardel

"Quem entrar dará conta do recado"

Em 10 jogos em casa, o Rangers apontou 31 golos e sofreu apenas um. Como é que avalia todo este poderio?

Eles jogam juntos há muito tempo, o que facilita. O míster já nos passou a nossa missão para anularmos os pontos fortes deles e conseguirmos fazer os nossos golos, que é o importante. Estamos bem preparados e completamente focados neste jogo.

Em que medida é que o facto de o Benfica ter três jogadores infetados com COVID-19 [Darwin, Weigl e Taarabt] está a afetar a equipa?

Como já disse antes, não nos afeta só a nós, mas a todo o mundo. Quero deixar uma palavra ao Benfica, que nos tem dado toda a segurança para que funcionários e jogadores não venham a contrair a doença. Infelizmente temos três jogadores infetados. Claro que queríamos todos para este jogo, mas a nossa equipa é forte e tenho a certeza de que quem entrar dará conta do recado.

Texto: Filipa Fernandes Garcia

Fotos: Isabel Cutileiro / SL Benfica

Última atualização: 25 de novembro de 2020

Patrocinadores principais do Futebol


Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar