Futebol feminino

07 dezembro 2020, 18h01

O Benfica, estreante na Liga dos Campeões de futebol feminino, vai defrontar o Chelsea – atual sétimo classificado no ranking da UEFA – nos 16 avos de final da competição. A semana de preparativos arrancou com testes à COVID-19 e um apertado cumprimento das normas de segurança.

A 1.ª mão dos 16 avos de final da Liga dos Campeões feminina joga-se já nesta quarta-feira (dia 9 de dezembro, às 15h00), e no SL Benfica a semana começou com a realização de testes de despiste à COVID-19 a todo o grupo de trabalho e staff envolvido na organização do jogo com as inglesas do Chelsea FC.

Troféu Liga dos Campeões Futebol Feminino

Na contagem decrescente para o duelo histórico, a equipa prepara-se com treinos diários (segunda e terça-feira) no Benfica Campus, palco do encontro e onde será ainda feita a antevisão aberta à Comunicação Social após o treino desta terça-feira, sendo autorizada a recolha de imagens nos últimos 15 minutos da sessão de trabalho. Depois deste apronto, a equipa comandada por Luís Andrade entra em estágio numa unidade hoteleira da Margem Sul do Tejo.

O caminho até aos 16 avos… 

O Benfica foi indicado para a estreia na competição pela Federação Portuguesa de Futebol, depois de uma época 2019/20 onde liderava a Liga BPI quando se deu o cancelamento da mesma devido à pandemia de COVID-19.

Debutante, a formação liderada por Luís Andrade dava, a 4 de novembro de 2020, o primeiro passo deste percurso, na ronda inicial de qualificação. E fazia-se história em Salonica!

RESUMO: PAOK-BENFICA, 1-3

O Benfica venceu, no Makedonikos Stadium, o PAOK por 1-3 – com golos de Ana Vitória (3'), Cloé Lacasse (44') e Catarina Amado (61'). Primeira vitória de sempre na competição e apuramento para a segunda ronda de qualificação da Liga dos Campeões. 

Duas semanas depois (18 de novembro), uma reviravolta histórica em Bruxelas abria a porta dos 16 avos de final da Liga dos Campeões...

RESUMO: ANDERLECHT-BENFICA, 1-2

Nessa quarta-feira, as encarnadas foram a Bruxelas bater o favorito Anderlecht (1-2) e continuar a fazer história na maior competição europeia a nível de clubes.

As comandadas de Luís Andrade ainda estiveram atrás da marcha do marcador, isto depois de uma primeira parte em que o nulo prevaleceu. No entanto, conseguiriam dar a volta ao resultado (golos de Nycole, aos 62' e aos 78') e garantir presença nos 16 avos de final da prova, que já vai contar com as 22 equipas com melhor coeficiente da UEFA.

O Benfica passou a ocupar o 94.º posto do ranking após a vitória em Salonica, e o triunfo na Bélgica catapultou as encarnadas para uma subida de 26 lugares. Isto quer dizer que atualmente ocupam a 68.ª posição do ranking da UEFA.

Na próxima semana (dia 16 de dezembro), recorde-se, as encarnadas viajam até ao Estádio Kingsmeadow, Inglaterra, para disputarem, a partir das 19h00, o jogo da 2.ª mão.

Texto: Filipa Fernandes Garcia

Fotos: Arquivo / SL Benfica

Última atualização: 7 de dezembro de 2020

Patrocinadores Futebol Feminino


Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar