Futebol

08 março 2021, 23h02

Seferovic (dois golos) no centro dos festejos

RESUMO DO JOGO

Com três golos marcados na segunda metade do jogo, o Benfica impôs-se em casa do Belenenses SAD na 22.ª jornada da Liga NOS, no Estádio de Honra do Centro Desportivo Nacional do Jamor. Pelo terceiro desafio seguido no Campeonato a equipa manteve as suas redes intocáveis (0-3).

Tendo por diante um Belenenses SAD de expectativa e contra-ataque, plantado sobre a sua zona defensiva, mas interessado na exploração rápida do erro contrário, o Benfica tardou um pouco a encontrar linhas para costurar as melhores ofensivas na noite desta segunda-feira. Ainda assim, na primeira vez que rasgou a linha recuada azul, a equipa benfiquista desfrutou de uma ótima oportunidade para marcar. Grimaldo, ao minuto 25, entendeu-se com Pizzi e deixou o internacional português cara a cara com o Kritciuk. O guarda-redes foi lesto a reduzir o ângulo e parou o remate do camisola 21 das águias.

Pizzi

O jogo agitava-se, despertava... e o Benfica construiu outra hipótese para animar o marcador: Rafa, aos 25', cruzou da direita e Seferovic cabeceou por cima da barra. Volvidos três minutos, Everton apostou num remate de zona exterior, mas Kritciuk mergulhou e não se deixou ultrapassar.

Rápido e objetivo quando conquistava a posse de bola, o Belenenses SAD incomodou um par de vezes o guarda-redes Helton e a defensiva encarnada composta por Diogo Gonçalves, Lucas Veríssimo, Otamendi e Grimaldo. O lance mais ameaçador aconteceu ao minuto 36, quando Varela, pela zona central, conseguiu espaço para visar a baliza das águias. O remate foi executado já no interior da área, próximo da marca de penálti, mas Helton foi muralha e sacudiu a bola.

Waldschmidt

O intervalo aproximava-se e o Benfica reaqueceu a partida. Numa saída veloz, Waldschmidt conduziu a jogada e, perto da área azul, fez um passe a desmarcar Seferovic. Mais uma vez, Kritciuk antecipou a intenção e mergulhou aos pés do internacional suíço, impedindo que o Glorioso se adiantasse no resultado.

O Benfica elevou a velocidade da circulação de bola e a intensidade da pressão no arranque do segundo tempo. A linha azul, com cinco defesas à frente do guarda-redes, aguentava os ataques das águias, Jorge Jesus estava pronto para mexer no xadrez encarnado... até que Seferovic desenhou a primeira ação que cortou como um canivete. Movimentando-se no momento exato para escapar ao fora de jogo e bater os defensores na área, o camisola 14 atacou a bola cruzada por Grimaldo na esquerda e, aos 55', finalizou de primeira com o pé canhoto sobre a zona do primeiro poste (0-1).

Seferovic

O Belenenses SAD ainda estava atordoado quando o Benfica desenvolveu a jogada que produziu o 0-2. Ao minuto 58, Seferovic, outra vez muito astuto na forma como se posicionou para arrancar no instante certo, acelerou para corresponder ao passe de desmarcação de Diogo Gonçalves e, já dentro da área, voltou a usar o pé esquerdo para desfeitear Kritciuk. Melhor marcador dos encarnados na Liga NOS 2020/21, Seferovic tem agora 11 golos nesta edição da prova.

As bolas entraram na baliza, as dificuldades que o Benfica encontrara (perante a 3.ª melhor defesa da Liga) para elaborar e furar no último terço do terreno de jogo desvaneceram-se. O 0-3 esteve para nascer ao minuto 61, no culminar de um raide de Rafa. Porém, o guardião Kritciuk conseguiu estacar a tentativa do camisola 27. Na segunda vaga, Everton disparou sobre a barra. Logo a seguir, o brasileiro foi rendido pelo compatriota Pedrinho, e também Pizzi saiu para a entrada de Taarabt (62').

Lucas Veríssimo

O Benfica continuava a apontar ao golo e o 0-3 materializou-se aos 65'. No seguimento de um canto curto na esquerda, Grimaldo centrou, Kritciuk falhou e Lucas Veríssimo encostou para as redes. O central brasileiro estreou-se a faturar com o Manto Sagrado, enquanto Grimaldo assinou a sexta assistência neste Campeonato.

Jorge Jesus foi refrescando a equipa (Chiquinho rendeu Waldschmidt aos 68'; Gilberto e Jardel substituíram Diogo Gonçalves e Rafa aos 84'), e o coletivo continuou a dar uma boa resposta no relvado, contra um Belenenses SAD que nunca se entregou e ainda deu trabalho à linha mais recuada do Benfica e ao guarda-redes Helton, que aos 90' negou o golo a Cassierra e manteve a sua baliza a zeros pelo terceiro jogo seguido no Campeonato.

Já no sábado, às 18h00, o Benfica volta a competir na Liga NOS, recebendo o Boavista no Estádio da Luz na 23.ª jornada.

-25% Camisolas Adidas e Réplicas Mulher

Texto: João Sanches
Fotos: Isabel Cutileiro / SL Benfica
Última atualização: 9 de março de 2021

Patrocinadores principais do Futebol


Relacionadas

Futebol feminino

Mais do que 90 minutos: atrás de um sonho!

Tal como o sonho comanda a vida, a equipa feminina de futebol do Sport Lisboa e Benfica ainda luta pela passagem aos quartos de final da Liga dos Campeões, mesmo que o próximo adversário na 5.ª jornada do grupo D seja o Lyon, líder do ranking europeu de clubes, nesta quinta-feira, 9 de dezembro, às 20h00, no Benfica Campus. Os bastidores das rotinas e os passos mais recentes da inédita caminhada europeia, no jogo frente ao BK Häcken, estão na reportagem a emitir pela BTV nesta terça-feira, 7 de dezembro, às 22h30.

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar