Clube

09 abril 2021, 13h35

Manuel Ramalho Eanes, administrador executivo da NOS, e Rui Costa, vice-presidente do Sport Lisboa e Benfica

O Sport Lisboa e Benfica e a NOS apresentaram hoje o Estádio do Sport Lisboa e Benfica como primeiro estádio 5G em Portugal.

Líder no caminho para a quinta geração de comunicações móveis em Portugal, a NOS desenvolveu um ambicioso plano de cobertura 5G para o Estádio, que irá permitir aos adeptos e a toda a estrutura colaborativa do Clube tirarem partido das características mais disruptivas desta nova tecnologia.

O 5G, a nova revolução tecnológica, vai permitir aos mais de 65 mil adeptos que o Estádio do Sport Lisboa e Benfica comporta, uma experiência de acesso à internet móvel em média 10 vezes mais rápida, com velocidades superiores a 1 Gbps. Isto significa downloads e uploads de fotografias ou vídeos de forma quase instantânea, ou videochamadas sem qualquer interrupção, com o Estádio na sua máxima capacidade.

Também a capacidade da rede será maior, sendo possível processar um volume muito maior de dados dentro do Estádio. Antes da pandemia, com a presença de público, a média de volume de dados por jogo ultrapassava 1 Terabyte, sendo expectável que com o 5G este número duplique ou triplique, dependendo da adesão das pessoas à tecnologia. Ao dotar o Estádio do Sport Lisboa e Benfica com tecnologia 5G, a NOS está, assim, a preparar-se para dar resposta a este aumento exponencial de tráfego que se espera para o futuro.

O 5G vai transformar radicalmente a experiência de quem assiste aos jogos do Benfica, através do acesso a conteúdos de forma totalmente imersiva, graças à combinação do 5G com tecnologias como realidade virtual ou aumentada. Acesso a estatísticas do jogo ou dos jogadores em tempo real, possibilidade de escolher o ângulo a partir do qual se quer ver o jogo, ativando em tempo real uma das muitas câmaras que estão a ser utilizadas na emissão, ou possibilidade de fazer streaming de vídeo em direto, em alta qualidade e definição, são algumas das inúmeras experiências que os amantes de futebol poderão viver no primeiro estádio 5G.

Manuel Ramalho Eanes, administrador executivo da NOS

Manuel Ramalho Eanes, administrador executivo da NOS, declarou: "Este é um marco tecnológico de enorme relevância para a NOS, quer pela construção do nosso caminho de liderança no 5G, quer pela transformação do Estádio do Sport Lisboa e Benfica numa arena desportiva altamente digital e inteligente, única em Portugal. Quando o 5G for uma realidade, queremos ser os primeiros a entregá-lo às pessoas e às empresas, e sendo o futebol um território natural para a tecnologia se desenvolver, faz todo o sentido criar, desde já, todas as condições para que isso aconteça."

"A NOS é parceira tecnológica do Benfica há sete anos, temos uma relação muito boa, partilhamos o mesmo ADN de pioneirismo e inovação. Com a cobertura 5G, a experiência vai ficar mais rica, vamos poder fazer download e partilha de informação instantaneamente sem falhas, com muito maior robustez. Temos desde logo muito mais capacidade para todos os adeptos poderem estar a interagir, ao mesmo tempo, no intervalo ou durante o jogo", destacou o administrador executivo da NOS aos microfones da BTV.

Rui Costa, vice-presidente do Sport Lisboa e Benfica, afirmou: "O Sport Lisboa e Benfica é um Clube onde a inovação está no centro da sua estratégia. Trata-se de um projeto transformador. Sermos o primeiro estádio 5G em Portugal é motivo de orgulho. Esta tecnologia irá aproximar ainda mais o Benfica dos seus Sócios, adeptos e simpatizantes. Significa uma experiência melhorada neste Estádio, para todos os nossos adeptos e para o Benfica, como organização."

Rui Costa, vice-presidente do Sport Lisboa e Benfica

"Que os nossos adeptos possam voltar o quanto antes, bem precisamos deles. Este Estádio (e os outros onde jogamos), sem os nossos adeptos, perde tanto... É até difícil quantificar o que o Clube perde com essa ausência. Temos a esperança de que o regresso possa estar para breve. Ao mesmo tempo, temos a felicidade de poder dizer que, quando puderem voltar ao Estádio, vão encontrar uma ferramenta que lhes vai dar muito mais do jogo", acrescentou Rui Costa, à BTV.

"É mais uma inovação, mais uma área onde somos pioneiros no nosso país e estamos muito orgulhosos disso. Nesta parceria com a NOS, estamos satisfeitos com mais esta ferramenta que vai dar ao adepto muito mais condições para perceber mais do jogo e saber mais do que se está a passar dentro do campo. Teríamos de ser nós os primeiros em Portugal", valorizou o vice-presidente.

Para além da enorme revolução em termos de experiência para os adeptos, a rede 5G da NOS irá ter impacto direto no funcionamento do Benfica, permitindo otimizar a comunicação entre equipas técnicas, medir de forma precisa a performance dos jogadores e aceder a estatísticas e análises táticas em tempo real. Ao mesmo tempo, beneficiará também todos os serviços relacionadas com o normal funcionamento do Clube, como emissões televisivas feitas a partir do Estádio ou serviços de comércio e restauração.

A cobertura 5G do Estádio da Luz é assegurada através de um sistema de antenas 5G em cada uma das palas do Estádio, que garante a cobertura plena das bancadas, sendo complementada por um sistema de células 5G para cobertura de zonas estratégicas do Estádio, como Centro de Imprensa, Camarote Presidencial ou Camarote NOS.

O projeto tecnológico envolveu uma equipa de mais de 20 profissionais, num trabalho desenvolvido ao longo dos últimos 6 meses. A sinergia entre a NOS e o Benfica abre caminho a uma era de grande ambição e diferenciação no futebol, com o 5G enquanto mobilizador de uma experiência de entretenimento nunca antes vivida.

Fotos: Isabel Cutileiro / SL Benfica
Última atualização: 12 de abril de 2021

Patrocinadores principais do Futebol


Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar