Judo

16 abril 2021, 18h22

Telma Monteiro com a medalha de ouro

São 15 medalhas em 15 Europeus! Telma Monteiro, atleta do Benfica, conquistou o ouro na categoria -57 kg no Campeonato da Europa de Judo 2021, que começou nesta sexta-feira e decorre até domingo, 18 de abril, na Altice Arena, em Lisboa.

A judoca portuguesa estreou-se na segunda ronda, onde eliminou Sabrina Filzmoser, da Áustria, por "wazari". No combate dos quartos de final derrotou a belga Mina Libeer por "ippon", num minuto e treze segundos, e na meia-final levou a melhor frente a Nora Gjakova, do Kosovo, a número quatro do ranking mundial e a mais bem classificada de todas as participantes nesta competição.

No derradeiro combate, Telma Monteiro enfrentou a eslovena Kaja Kajzer e superiorizou-se no "golden score" (pontuou para "ippon" no prolongamento), sagrando-se campeã da Europa e arrecadando a sexta medalha de ouro de sempre nestes Campeonatos.

Num registo sensacional, a atleta do Benfica ganhou a sua 15.ª medalha nos 15 Europeus que disputou, somando seis de ouro (2021, 2015, 2012, 2009, 2007 e 2006), duas de prata (2020 e 2011) e sete de bronze (2019, 2018, 2014, 2013, 2010, 2005 e 2004).

Telma Monteiro

"Foi um dia perfeito"

Ainda "a quente", envolvida pelas emoções próprias de mais um inesquecível feito de uma carreira recheada de sucessos, Telma Monteiro (não susteve as lágrimas quando escutou "A Portuguesa" no lugar mais alto do pódio) comentou o seu desempenho e o respetivo desenlace de ouro no Campeonato da Europa de Judo 2021.

"É fantástico! É difícil encontrar palavras. A preparação foi muito dura. Magoei-me num ombro quando estava a preparar o Europeu e o apuramento olímpico. Tinha esta oportunidade de disputar o título em casa. Sabia que ia ser difícil, há que dar mérito às adversárias, porque são elas que me fazem mais forte. Foi um dia duro. Deixei tudo, costumo dizer que deixei a vida. Mas para alguém me ganhar tinha também de deixar a vida. Quando acordei, senti que ia fazer história. E quando meto uma coisa na cabeça só paro quando o consigo", afirmou a judoca.

"Há um mês que digo que vou ser campeã da Europa, mesmo com um ombro magoado. As pessoas que estão à minha volta ajudam-me sempre, nunca me deixam desistir. Mesmo antes de ganhar já sentia gratidão, e o que me deu força foi isso mesmo", realçou Telma Monteiro.

Sagrar-se campeã da Europa em Portugal teve um sabor "superespecial". "Era um sonho que estava adiado. Quando se é campeã Europa em casa, nas condições em que fui, com uma meia-final que teve um 'golden score' de quase sete minutos... Foi melhor assim do que se tivesse ganho tudo rápido. Foi um dia perfeito, em casa, o sexto título europeu, a 15.ª medalha, a mais medalhada de sempre em Campeonatos da Europa... Agora deixo o recorde para quem quiser bater", disse a judoca.

Outros resultados

O judoca encarnado Rodrigo Lopes (-60 kg) também esteve em ação no primeiro dia dos Europeus de Judo. Entrou bem na competição vencendo a ronda inaugural diante de Salih Yildiz, da Turquia, mas no combate seguinte foi eliminado, por "ippon", pelo búlgaro Yanislav Gerchev.

Os também benfiquistas Bárbara Timo (-70 kg) e Anri Egutidze (-81 kg) competem no sábado e Rochele Nunes (+78 kg) no domingo.

Texto: Márcia Dores
Fotos: União Europeia de Judo
Última atualização: 16 de abril de 2021

Patrocinador Benfica Olímpico


Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar